Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Para um 2013 em grande!

Segunda-feira, 31.12.12

 

Fotografia de Sebastião Salgado - "Alaska"

 

Dando voz ao tão conhecido pessimismo, queixismo, lamurismo e tristismo  (é para rimar, deixem lá isso, se o Saramago e o Lobo Antunes também inventaram palavras não serei menos do que eles) tão tipicamente lusitanos, não há voz que não trauteie ao vento o top mais do próximo ano: o horror, a miséria, o buraco sem fundo, o fim do mundo sem retorno, um par de calças velhas e bolsos rotos, os pratos rapados até lascar a loiça. O ano do nosso Senhor de 2013 só existe para que acabe depressa e para que o apaguemos da nossa memória.

 

Se me permitem, quero que as vozes da desgraça se fecundem bem fecundadinhas. Há sempre um caminho, há sempre uma luz, a mais arrepiante crise é uma preciosa oportunidade para arrepiar caminho, um empurrão para despertarmos o engenho que melhor se dá a conhecer em tempos de necessidade. Procuremos o caminho, penetremos nas montanhas dos nossos medos e desvendemos o riacho que nos há-de matar a sede de esperança.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:18

Muda o ano mas não vira o disco

Domingo, 30.12.12

 

 

Meus amigos, antes de irmos para o reveillon e antes de desejar condignamente um 2013 do carago para todas as minhas amigas e amigos (sim, incluindo no pacote os vermelhuscos), considero importante partilhar com o mundo um grito desesperado que ouvi ali para os lados de Moreira de Cónegos: “Mete a bola na área que o Cosme resolve”! Felizmente, o amigo Cosme foi persistente e permitiu um final de 2012 mais descansado a toda a nação vermelhusca – não foi à primeira, foi à segunda! Ah ganda Cosme!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:57

Rio Ave 3 - Sporting 0 (e a culpa sempre solteira)

Sábado, 29.12.12

 

 

Ponto prévio – provavelmente mesmo que o Eric Dier não tivesse sido expulso perderíamos o jogo, tal a falta de qualidade, de confiança e de ambição demonstrada pela equipa. Não obstante, é necessário perceber que uma falta como a que o Eric cometeu nunca daria expulsão se cometida por um jogador do Benfica e do Porto. Os árbitros e as instituições perderam-nos o respeito, pelo que de nada servirá recuperar o futebol do Sporting se o nosso estatuto continuar a ser desrespeitado por quem manda no futebol e nos árbitros.

 

Quanto ao jogo…meu Deus, que dizer? Que caso não existisse Patrício teríamos levado 6 ou 7, que o Ricardo Esgaio é uma óptima aposta que como outros jovens irá ser queimado na fogueira deste grupo desmembrado e sobre brasas, que é por termos comprado ao desbarato jogadores sem carácter como Elias (está infeliz porque não ganha títulos, e o que fez esse filho da mãe para ganhar títulos???) que chegámos aqui. E que passos deu esta direcção para resolver isto? Contratou um treinador para o treinador o que só tem a vantagem de diluir responsabilidades (vantagem para aqueles que deveriam ser escrutinados, claro está). Estes pulhas, estes betinhos impreparados deram cabo do clube. O resto é conversa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:15

Violent Femmes, memórias de Macau e um brinde aos confrades do oriente

Sábado, 29.12.12

 

Nunca fui, mesmo em adolescente, do género groupie ou fanático de concertos ao vivo. Sempre achei que a qualidade da música melhor se manifestava e sentia num bom sistema de som, na calma de um qualquer ambiente que me inspirasse. Como em tudo na vida, há excepções que confirmam que não somos seres de fiar, que os nossos hábitos quebram sempre perante circunstâncias inesperadas. A mim, bastava-me ouvir os primeiros acordes de uma qualquer música dos Violent Femmes que os olhos se me vidravam, os músculos retesavam e tinha que dar à perna, ao capacete, aos braços, o diabo a sete. Inesquecível o concerto que estes rapazes deram em Coimbra em noite de queima das fitas, a alucinação colectiva que tomou conta de um pavilhão cujo nome a memória apagou, num ano que já lá vai e que também se esfumou no tempo.

 

Felizmente, não se apagaram as recordações dessa noite épica, fraternalmente partilhada com a minha loira açoriana e a minha louca criança conimbricense (vocês sabem quem são). Essa noite ficou na memória para todo o sempre, muitas outras se seguiram partilhadas com estes e outros confrades que as raízes do nobre território de Macau uniram, muitas outras noites se seguirão, por mais anos que passem, por mais que as distâncias nos vão dificultando a vida. Este post é para nós, rapazes, para a nossa memória futura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:22

Guantanamo e a prima do mestre de obras

Sexta-feira, 28.12.12

 

Paolo Pellegrin, Guantanamo 2006

 

Não me enquadro nos paladinos que defendem a liberdade acima de tudo, mesmo da própria vida humana, quando o excesso de alforria se exerce esquecendo os valores primordiais que deveria respeitar. Defendo mesmo que quem abusa das asas que a democracia e uma sociedade aberta lhes concede deve pagar – e bem – com a privação da mesma, caso se torne um perigo para a comunidade que lhe deu a beber tão valioso néctar (nos tempos modernos chamam-lhe red bull).

 

Mas não se confunda a obra-prima do mestre com a prima do mestre-de-obras. Em nome da segurança e da defesa da sociedade o poder não pode estabelecer regras sem controlo de outros poderes, em nome do nosso medo não se pode eleger a discricionariedade como lei. Prender suspeitos sem provas não cabe numa sociedade democrática, esconder isso do mundo é fechar as portas da democracia. Torturar gente com ou sem provas é próprio de uma sociedade selvaticamente livre. Creio que não é essa liberdade que pretendemos defender.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:41

"Bitches brew" - Miles Davis

Quinta-feira, 27.12.12
 

"What we did on «Bitches Brew» you couldn´t ever write down for an orchestra to play. That´s why I didn´t write it all out." - Miles Davis

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por bolaseletras às 22:38

Se podes olhar vê - A mancha de óleo na curva que se segue

Quarta-feira, 26.12.12

 

 

Podemos olhar e ver uma mulher estranha e misteriosamente sensual. Podemos ir mais ao fundo de nós e do que conhecemos da nossa história com as mulheres e cheirar o perigo, antecipar o óleo na estrada, ver em todas as tonalidades que a visão permite e descobrir a mulher fatal, mais uma mulher fatal que se atravessa no nosso caminho desrespeitando o sinal vermelho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:55

Mr. Statistic - BLEM BLEM BLEM!

Terça-feira, 25.12.12

 

 

Agora que se foi a tradicional época da harmonia (verdadeira ou tirada a ferros, para o caso pouco importa), agora que expiraram os dias de sorrisos genuinamente cândidos ou artificialmente brilhantes, voltam à estrada os comportamentos simiescos de homens que só em fantasias natalícias sabem viver em paz. Volta a guerra nas estradas, a voracidade em devorar quilómetros, regressa o olho por olho dente por dente que parece ser a lei dos asfaltos lusitanos, a regra de ouro do alcatrão manchado de sangue de sul a norte do país.

 

A fotografia que ilustra este post data de 1952 e mostra-nos dois polícias de Los Angeles com um esqueleto denominado “Mr. Statistic”. O que foi isto? Foi uma tentativa – de bom ou mau gosto pouco interessa – de avisar os condutores acerca das fatalidades estradais. Por mais patética que esta imagem pareça pelo menos alguém tentou, pelo menos alguém não temeu o ridículo para alertar os cidadãos para a atrasadice mental que é andarem a matar-se nas estradas. Não há umas campainhas que toquem aí pelas doutas cabecinhas de alguns Ministérios, Direções-Gerais, Institutos, Fundações e Associações relacionadas com esta história de evitar mortes estúpidas nas estradas do nosso país? BLEM BLEM BLEM!!!, oiçam a merda das campainhas!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:08

Ainda há tradições natalícias que urge manter

Domingo, 23.12.12

 

Grace Bradley, Natal de 1930

 

Penny Edwards, Natal de 1940

 

 Rita Hayworth, Natal de 1940

 

 Julie Christie, Natal de 1960 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:55

Depois queixem-se

Domingo, 23.12.12

  

 

A azáfama ali pelos lados da cozinha e a força da imagem acima inspiraram-me o texto que se segue. O apocalipse pode estar muito mais perto do que julgamos.

 

Um dia a vingança chegará. Não será fria, porque elas são quentes e a sua raiva arde como labaredas incandescentes, não será através de uma facada nas costas porque elas adoram olhar-nos nos olhos até que baixemos a face envergonhada. Vingar-se-ão da louça suja, das pingas no santificado rebordo da tampa da sanita, da merda da tampa da sanita levantada (se fica levantada é porque fica, se não é porque a conspurcamos com o descontrolado pingo), das horas que passamos religiosamente a aquecer a bendita tampa da sanita enquanto elas passam a ferro, lavam a louça, fazem e desfazem camas, cozinham que nem moiras, etc. e tal e o diabo a sete. Um dia a vingança chegará e nunca mais sentiremos o conforto da leitura no trono. Depois queixem-se que a malta lê pouco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:16


Pág. 1/4





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

pesquisar

Pesquisar no Blog