Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Por terras do Instagram - Bárbara Fialho

Domingo, 29.06.14

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:13

Estranhas epifanias por entre estilhaços de hambúrgueres

Sexta-feira, 27.06.14

 

Não sei se a modernidade nos encaminha no sentido da felicidade, se todo este interminável trajecto da evolução do homem nos conduzirá a um patamar superior ou a um lugar estranho, onde depois de entrarmos já não poderemos recuar, sob pena de cairmos num qualquer abismo. No outro dia, almoçando sozinho e descansado como gosto, procurando assim uma pausa no turbilhão dos telefonemas, das reuniões intermináveis, das infinitas conversas improfícuas, escutei atentamente a galhofa que decorria numa mesa perto de mim. Três rapazolas bem engravatados e, pensam eles, maravilhosamente penteados, discorriam sobre um amigo que revelara recentemente a sua preferência por seres humanos com cromossomas semelhantes. Dois deles alarvavam felizes com a eliminação definitiva de um possível predador das suas femininas presas, enquanto ao mesmo tempo batiam no peito e afirmavam em alta voz que nada tinham contra a opção do amigo, que para eles se mantinha tudo na mesma.

 

O outro homem, mais discreto e provavelmente pensativo (podia também, aquela calma, revelar apenas uma esforçada tentativa de não desmaiar de asco) abanava a cabeça lentamente, tão lentamente que não consegui perceber se aquele menear preguiçoso de pescoço se inclinava para a concordância ou para o repúdio. Por fim, como que nascendo para uma crescente epifania, os lábios do terceiro homem moveram-se firmes e certeiros, proferindo uma verdade demasiado crua e evidente para o clima de tolerância que pairava naquela mesa: “Eu também vou continuar a gostar do João e a vê-lo hoje como via ontem, nada mudará. Mas há algo que não nos podemos esquecer: se todos nós optarmos por esse caminho daqui a 100 anos apenas restarão neste restaurante estes hambúrgueres gordurosos, estas mesas todas iguais, estes vidros que então serão imundos porque, tal como mais ninguém comerá os hambúrgueres, também mais ninguém existirá para passar um pano na imundície das janelas”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:45

Portugal 2 - Gana 1, antes do voo de regresso

Quinta-feira, 26.06.14

 

O dever ter-me chamado e a falta de vontade de me desiludir novamente não me deixaram ver o jogo de hoje. As leituras e visualizações póstumas deram-me um belo resumo: jogámos um pouco melhor, o meio campo voltou a carburar (ai William, William), as falhas voltaram a acontecer (ai Moutinho, Moutinho) e CR7, apesar de marcar, não conseguiu ser o nosso salvador, ainda com a confiança abalada pelo joelho e pelo excessivo peso que a nação e a equipa lhe depositam sobre os ombros.

 

Infelizmente, os sinais dados por todos não me faziam crer num milagre, a 26 de junho, por terras de Brasília. O ar nada efusivo de Paulo Bento depois daquele segundo golo contra os americanos, as declarações dos jogadores depois do jogo dando a entender que afinal há milagres impossíveis, as múltiplas declarações de responsáveis técnicos e dirigentes sobre lesões, demissões, renovações de confiança e o diabo a sete, fizeram-me perceber que, infelizmente, havia preocupações bem mais prementes do que gizar uma estratégia táctico-motivacional para espetar 4 batatas ao Gana. Não rapazes, não vos dou os parabéns. Não Paulo, tudo isto não pode ser visto assim com tanta tranquilidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:22

Um dia os domingos serão ainda mais tristes

Quarta-feira, 25.06.14

 

Dinheiro, guita, pilim, carcanhol, cascalho, verdinhas, muitas verdinhas, paletes de dinheiro. Em última instância tudo o dinheiro comanda. Se num boteco nos oferecem um pires de tremoços é na esperança que estes puxem por mais uma imperial. As coisas da bola, por mexerem com as paixões mais irracionais que habitam a nossa irracionalidade, brilham como ouro porque há milhões a pagar bilhetes, a comprar camisolas do Messe e do CR7, a contratar um canal pay per view para ver tanta vedeta, todos os jogos, cada vez mais jogos, até que um dia a irracionalidade da paixão e a racionalidade da ganância que se alimentam da magia da bola matam de vez a galinha dos ovos de ouro. Nesse dia não adianta queixarem-se que os domingos seguintes serão efectivamente tristes tristes tristes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:01

Por terras do Instagram - Jason Peterson

Terça-feira, 24.06.14

 

 

 

http://instagram.com/jasonmpeterson

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:18

Portugal 2 - USA 2

Segunda-feira, 23.06.14

 

António Oliveira, ex- extraordinário jogador, ex- falhado seleccionador nacional, perorava ontem na SIC, antes do jogo decisivo da turma das quinas, sobre dois temas. O primeiro, os podres e as vergonhas da Federação Portuguesa de Futebol (ah, os vampiros e abutres, ávidos de sangue), outro sobre o que se iria passar daí a uns minutos por Manaus. Dizia ele, como óbvio conhecedor da coisa, que os jogadores portugueses se agigantam sempre nas dificuldades e desta vez o iriam novamente fazer, só não transpondo o cabo das tormentas se não o conseguissem, porque sangue, suor e lágrimas não iriam faltar. É verdade, os rapazes deram tudo o que tinham, mesmo presos por arames, mesmo com o nosso Cristiano ainda desconfiado das reais capacidades físicas da máquina que tem dentro de si, mesmo com gente fora de posição por falta de opções. No fundo, apesar da minha fezada me fazer dizer o contrário, sempre desconfiei que, como bem disse CR7, há demasiadas selecções no mundial bem mais apetrechadas e preparadas do que a nossa. 

 

E quanto às culpas de Paulo Bento, esse homem sério e teimoso que meio mundo procurará agora sacrificar no altar da justiça popular, aponto-lhe uma, apenas uma, porque é só essa que consigo vislumbrar a olho nu: não ter apostado desde o primeiro minuto num jogador excepcional como William Carvalho, moço que se impôs sem demoras numa equipa com bem mais problemas do que a nossa selecção, rapaz namorado por tudo o que é tubarão no universo dos clubes com dinheiro para dar e vender, jogador que em meia hora provou ser essencial para cobrir espaços, distribuir jogo, recuperar bolas e ver um pouco mais além do que os esforçados mas cansados rapazes que o Paulo insistiu em que o nosso meio campo assentasse. Foi esse o pecado original de Paulo Bento, tudo o resto são especulações de gente que mais facilmente encontra problemas do que reconhece os méritos (sim, já ninguém se lembra do estado desta equipa antes de Paulo Bento pegar nela). Agora, falta deixar tudo em campo para procurar o quase impossível milagre. Podem não ganhar, mas honrem a camisola e a bandeira, rapazes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:10

MARCHAR MARCHAR PORTUGAL!

Sábado, 21.06.14

 

Contra o calor, a humidade, os velhos do Restelo e as mialgias marchar marchar! Contra o medo de falhar, dos Kataklinsmans, do destino marchar marchar! Contra as bocas da reacção, a descrença e inveja tristemente lusitanas marchar marchar! Contra os que vos apelidam de vedetas alheias a sacrifícios e amigos da poupança de esforços, contra os que anseiam por vos ver falhar marchar marchar! Pela alegria de um povo e pela glória de Portugal marchar marchar! Eu acredito, acreditemos todos juntos, rapazes! Força Portugal!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:34

Por terras do Instagram - Alana Campos

Sábado, 21.06.14

 

 

http://i.instagram.com/alanacamposs/

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 15:02

Andrea Pirlo, o inimitável passador

Sexta-feira, 20.06.14

 

Talvez Zidane, talvez os seus pés, aquelas delicadas almofadas que pareciam aconchegar a cabecinha de um bebé quando amorteciam a bola, talvez Zidane tenha sido dos mais cools jogadores de futebol. Quando refiro cool quero referir-me a um nível de elegância superlativo, a uma nobre arte um patamar acima do belo jogo. Noutro nível, numa galáxia distante em que o futebol é visto como a arte suprema, paira Andrea Pirlo, a inimitável personificação da graciosidade no tratamento da redondinha, a eterna sensação de que antes de começar a gatinhar e a andar Pirlo preferiu passar bolas, passar bolas, passar bolas. Depois, lá se ergueu e continuou a passar bolas a passar bolas. As dúvidas que nos conduzem por entre as tibiezas da vida são um mistério no jogo de Pirlo, nunca a incerteza lhe turvou o espírito. Antes da bola lhe beijar os pés já Pirlo desenhou esquadrias de trajectórias impossíveis para o comum dos mortais, complexidades que para Andrea mais não são que rabiscos de crianças, milagres divinos que para ele correspondem a um mero bocejo antes da derradeira assistência para golo, aquela que desejamos nunca seja a última. Quando Pirlo arrumar as chuteiras mágicas, será esse o dia em que o futebol iniciará a sua longa travessia do deserto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:04

Longa se torna a espera

Quinta-feira, 19.06.14

 

Mecanicamente, percorremos os mesmos caminhos. Acríticos, de olhos vidrados numa meta raramente recheada de ambição, apenas um ponto de chegada que justifique a longa marcha. Os obstáculos são vistos como naturais engulhos, como penas pré-determinadas que temos que suportar sem demasiados queixumes, quanto muito um pouco vincado trejeito de irritação, um sacudir de ombros perante a inevitabilidade do sofrimento que se diluirá na já habitual incapacidade para a revolta, para marcar a diferença. No fim, juntamo-nos no jardim da idílica eternidade, envergando fatos de cores indiferenciadas e contemplamos o caminho percorrido. Queremos sorrir mas não nos sai, como se soubéssemos que tudo aquilo foi uma forma de ocupar o tempo, de não nos desviarmos dos rumos traçados, de contermos os nossos impulsos na redoma da terrena existência.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:18


Pág. 1/3





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

pesquisar

Pesquisar no Blog