Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A tomada de posse aqui na tasca

Sexta-feira, 30.10.15

 

Sara Sampaio - Ministra dos Assuntos Religiosos e Inexplicáveis  

1_Sara Sampaio_Ministra dos Assuntos Religiosos e

 

Amber Valletta - Ministra da Igualdade e do Equilíbrio

2_Amber valletta_Minista da Igualdade e do Equilí

 

   Magdalena Frackowiak - Ministra dos Assuntos Paralevantares

3_Magdalena Frackowiak_Ministra dos Assuntos Paral

 

Naomi Campbell - Ministra dos Vícios a Exterminar

4_Naomi Campbell_Ministra dos Vícios a Exterminar

 

  Gillian Anderson - Ministra dos Assuntos Secretos e das Escutas à Lagardère

5_Gillian Andreson_Ministra dos Assuntos Secretos

 

  Sofia Vergara - Ministra dos Assuntos Domésticos

 

6_Sofia Vergara_Ministra dos Assuntos Domésticos.

 

Helena Coelho - Ministra da Laranja Algarvia

7_Helena Coelho_Ministra da Laranja Algarvia.jpg 

Miranda Kerr - Ministra do que ela quiser

8_Miranda Kerr_Ministra do que ela quiser.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:51

A ilha

Quinta-feira, 29.10.15

  

love.jpg

 

Há por aí demasiada gente a queixar-se dos maus tratos do amor como se o amor tivesse culpa do mau uso que dele fazem. O amor é uma possibilidade, uma ilha desabitada que aguarda que um par de náufragos a habitem e nela construam uma nova vida. Impõe regras de sobrevivência, pois claro, mas nada do que nos dá prazer na vida é oferecido de mão beijada. Se os novos inquilinos não sabem manter a ilha em ordem a culpa não é da ilha, é deles que nunca deviam ter deixado de ser náufragos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:37

Índia - Síntese fotográfica

Quarta-feira, 28.10.15

  

India1.jpg

 

De novo o Instagram a abrir janelas para o mundo, para um melhor entendimento do que nos é distante e desconhecido. Mais que mil palavras as imagens encerram uma torrente de significados e vivências, expõem sem filtros ou artifícios o que de facto é, o que inequivocamente existe e como existe. A Índia, esse gigante de mil caras, a revelar-se pelas lentes de Steve McCurry (http://stevemccurry.com/). A metrópole sem princípio nem fim, assente na eterna poeira do trânsito e da sobrelotação de almas e de credos, os credos e a beleza dos seus símbolos, a devoção levada ao extremo, até à fronteira que separa o humano do divino. Tudo isto é-nos estranho e distante mas já não o é o olhar de esperança de uma criança. É por isso que a Índia somos também todos nós.

 

India2.jpg

India3.jpg

India4.jpg

India6.jpg

India7.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:18

Café da manhã - Inspiremo-nos

Terça-feira, 27.10.15

 

6.jpg

 

Acordar com um sorriso e um bom café é tão importante, nunca desprezemos toda a energia positiva com que esses dois raios de sol incendeiam os nossos dias. Acordar com a esperança quase certeza de que conseguiremos ser para quem gostamos o que desejam que sejamos, provar isso a nós mesmos. Aquele café naquele cantinho especial, rechear a carteira de provas de que gostar é tão simples e puro como o calor do sol. Matar saudades do teu sorriso, rir do que já fomos e das certezas impregnadas de auspiciosas dúvidas do que seremos amanhã. Se correr mal não será morte de homem, seremos apenas nós a ser perfeitamente humanos, em todas as nossas imperfeições. A inspiração matinal merece viver. Deixemo-nos inspirar pelo espreitar do sol e pela frescura da chuva, não arranjemos desculpas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:36

Benfica 0 - Sporting 3

Domingo, 25.10.15

IMG_20151025_204403.jpg

Não sou propriamente o tipo com mais fairplay do mundo, mas também não sou nenhum galináceo que não sabe perder e ainda menos ganhar. Hoje o Sporting foi uma equipa inteligente, adulta e controlada que soube ser eficaz no início, aproveitar os nervos que essa eficácia provocou no Benfica e, navegando na onda, dominar o jogo e espetar 3 ferros sem espinhas nas costas de um touro manso. Em suma, para quem segundo o Xor Vitória tinha apenas 11 jogadores que duvidava constituíssem uma equipa não estivemos nada mal. Embalados pela classe de João Mário e pela capacidade de equilibrar a equipa de William Carvalho pegámos no martelo pneumático Slimani e só parámos quando descobrimos 3 jazidas de petróleo na baliza de Júlio César. O Benfica? O lance mais perigoso que criou foi um remate de Luisão à sua própria baliza. Tenham juízo e metam a arrogância no bolso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:31

Negro e cinzento

Sexta-feira, 23.10.15

 

Horacio Coppola Argentina 1906 2012 Calle Californ

Estou sem tempo, imaginação e pachorra para escrever textos interessantes, divertidos e absurdamente pertinentes. O estado da nação deprime-me, os nossos queridos políticos esvaziam-me a verve, a distância para o Verão também não está a facilitar as coisas. Vêm aí dois derbies e o Bruno, por mais razão que tenha mexe-me com os nervos devido à péssima forma de expressar essa razão. Isso afasta-me um pouco da temática desportiva, pois quando a coisa começa a entrar pelos pantanosos terrenos do ódio e da guerrilha permanente não me sinto propriamente atraído para a causa. Não quer isto dizer que os vermelhuscos não comprem fruta da época a rodos para distribuir por sabemos nós quem muito bem, quer apenas isto dizer que eu prefiro cheirar a bola a rolar na relva do que outras linhas brancas que não as que delimitam o afamado rectângulo de jogo. O panorama é negro e cinzento e negro e cinzento só gosto de fotografias fantásticas como esta de Horacio Copolla, fotógrafo argentino, no ano de 1931, em que tudo era fotografado a preto e cinzento e mesmo assim não deixava de ser belo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 16:24

Café da manhã - Da ténue fronteira que separa o amor do ódio

Quinta-feira, 22.10.15

 

amor conjugal.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:20

Anna Andres, Miss Ukraine Universe 2014 (e não há guerra real ou eleitoral que abafe isto)

Quarta-feira, 21.10.15

 

1.jpg

2.jpg

3.jpg

4.jpg

5.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:31

Desabafos sobre um país à beira mar sufocado

Terça-feira, 20.10.15

 

z_AR.jpg

 

É nula a vontade de escrever sobre o triste estado da nação, os incompreensíveis desmandos da política nacional, sobre a incapacidade de quem nos representa acordar e delinear um caminho decente para o que resta deste cantinho à beira mar sufocado. Não tenho vontade mas tenho raiva, pelo que lá vou dedilhando os caracteres da revolta. Este país tarda em querer, por si, com a força, a vontade e a sabedoria das suas gentes e das suas supostas elites, caminhar rumo à felicidade e a um mínimo conforto das suas gentes. Reparem, não falo em prosperidade, em contos de fadas de que somos incríveis e que podemos ser produtivos como os nórdicos, fanáticos pelo trabalho como os japonses ou inventivos como uma turma de geeks indianos que criam startups como o Eusébio cuspia cascas de tremoços. Falo em termos uma vida razoavelmente feliz e fisicamente confortável, em podermos legar aos nossos filhos um país de que se orgulhem - ou de que pelo menos não se envergonhem muito - em não andarmos a contar os trocos ao fim do mês para comprar um frango assado para a família inteira ou para pagar a renda e a tv cabo (sim, isto é real, há demasiadas famílias em que os horizontes no final do mês são estes). Não, não falo em luxos e em euforia utópicas, há demasiada gente com demasiado dinheiro a encharcar-se em comprimidos, não pensem que é isso que nos fará eternamente felizes. Os senhores líderes dos partidos preferem defender as suas damas egoisticamente (os seus privilégios, os seus lugares, as promessas de lugares para os seus) a defenderem a dama que os colocou lá - somos nós a bela dama que deviam amar e estimar. Os milhares de especialistas do comentário e da análise relatam as atrocidades, os golpes palacianos, as ambições desmedidas, desenham os mil cenários da catástrofe que espreita por entre os corredores imaculados da Assembleia do povo, esquecendo-se do povo, o povo que quer esperança e ajuda para perceber, que não quer palavras negras e que desembocam em becos escuros, mas palavras que acendam luzes, palavras que conduzam a caminhos com futuro, palavras que inspirem acções grandiosas e certeiras. Será que para se ser jornalista, comentador, analista é obrigatório colocar sobre as costas a negra capa do fado? Fala-se muito, fala-se demasiado, debate-se tudo e mais alguma coisa e nada se concilia. Uma parte é uma parte e a outra é um adversário, não uma parte de um todo. Quem devia negociar acordos com seriedade absteve-se de o fazer, seguindo o exemplo do exército dos que já não acreditam, dos deserdados da política. Quem tem a chave de futuro na mão vê que o amanhã só trará passado, o mau passado, mas conforma-se com a nuvem negra que desabará, mais cedo do que mais tarde, e teima nas tricas de hoje em busca de sabe-se lá o quê, talvez da vitória pelo cansaço. É preciso dar um murro na mesa, é preciso estadistas de peso, mas ninguém o dá, mas ninguém tem esse peso. Este país é uma maravilha, só é pena os portugueses.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:09

"A zona de interesse" - Açucenas em tempo de guerra

Terça-feira, 20.10.15

 

amis.png

Gosto desta nova forma de extrair pedaços de livros aqui para o blog. Sente-se a textura das páginas, as sombras que perturbavam a luz, quase que recordo o cheiro inconfundível das hoje tão desprezadas folhas de papel. A forma agrada-me, o conteúdo não lhe fica atrás. O amor que a guerra não esmagou, a humanidade que o ódio e o terror não soterraram, as flores que sobreviveram à lama fria e seca das trincheiras.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 07:05


Pág. 1/3





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters


favorito


links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

pesquisar

Pesquisar no Blog