Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O manto sagrado da cegueira

Quinta-feira, 19.10.17

  

svilarlusa2[1].jpg

 

As razões porque escrevo cada vez menos sobre futebol são diversificadas e não merecem que se perca muito tempo com elas. Ainda assim, abro aqui uma excepção para falar do que costumo chamar “o manto sagrado da cegueira”. Como sabem, manto sagrado é como alguns patetas apelidam a camisola do Benfica. Cegueira é o que está associado aos que a idolatram e, infelizmente não só a esses, mas sim também a grande parte dos profissionais que escrevem e peroram sobre os feitos e desfeitas da nação benfiquista. Não sei se é por comungarem do amor pelo manto, se é por terem a percepção que dizer a verdade sobre as desfeitas vermelhuscas pode fazer vender menos papel ou publicidade, ou se é apenas porque são tontos. O que se passou ontem com a estreia do mais jovem guarda-redes de sempre na Liga dos Campeões, promovida por Rui Vitória, será o exemplo perfeito disso. Será corajoso ou idiota lançar o jovem Svilar num jogo contra o colosso Manchester United, depois de apenas ter jogado um jogo a titular contra uma fraca equipa que pouco trabalho lhe deu? A resposta estaria sempre no resultado da aposta, na qualidade (ou falta dela) da exibição realizada pelo guarda-redes. Ora, depois de um frango como há muito não se via, facilmente explicado pela inexperiência e por algum deslumbramento do jovem, Rui Vitória foi crucificado? Não! O Benfica, por causa desse frango, mantém-se com zero pontos em 9 possíveis na Liga dos Campeões. O que diz disso a esmagadora maioria dos comentadores? Elogiou a coragem do treinador, elogiou o jovem que certamente nunca teriam visto jogar antes destes dois jogos, augurando-lhe mesmo um futuro radioso, ao nível do bom, velho e único Michel Preud´Homme. Para cúmulo da insanidade, José Mourinho veio dizer que só erra assim quem é brilhante, que o jovem vai ser um dos grandes, que é uma fera! Zé, és especial sim, mas o que é demais é demais, o manto sagrado assim vestido cai-te como uma samarra roçada em dorso real! Com tanta palmadinha nas costas e favores opinativos injustificados, admirem-se que a PJ e a PGR sintam curiosidade em saber das razões de tanta cegueira…

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:03

Da série coisas raras: benfiquista inteligente, lúcido e sem palas vermelhas a tapar os olhos

Quarta-feira, 05.07.17

 

rica2.jpg

 

“Oiço as declarações do presidente do SLB e parecem-me incongruentes do ponto vista da lógica, porque o que diz o presidente é o seguinte: é mentira não há bruxo nenhum, sugerindo que os emails são falsos.

A seguir diz o SLB investe em formação não é em crime informático, sugerindo que o FCP cometeu um crime informático. Ora a gente tem de escolher das duas uma: ou os emails são verdadeiros e aí houve um crime informático, ou os emails são inventados e aí não há crime nenhum, alguém inventou uns emails.

Se eu sei que vieram à minha caixa de correio roubar-me eu digo: alto, crime informático. Se me apresentam emails que eu nunca escrevi e que são falsos eu digo: não é crime informático, são emails falsos. As duas coisas ao mesmo tempo é que é difícil.”

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 15:00

Sporting 3 - Académica 2

Domingo, 31.01.16

FB_IMG_1454199301544.jpg

Creio que já todos os sportinguistas perceberam que ganhar este campeonato será a maior prova de força possível e imaginária. Bruno de Carvalho abriu muitas portas bolorentas que ninguém se atrevia a mexer, comprou demasiadas guerras ao mesmo tempo. Os poderes instalados não gostam e lançam mão a todos os meios para nos derrotar. Contudo, os jogadores acreditam, o público apoia sem reservas e de coração aberto, sem medo do árbitro e dos tristes donos da bola entrincheirados por trás de cinzentas secretárias. Estamos convosco rapazes, sempre!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 00:25

Não matem a nossa paixão

Quinta-feira, 28.01.16

slimas.jpg

É este o futebol que eu gosto, por quem me apaixonei, que me fez feliz em criança, em jovem imberbe e que ainda hoje mexe comigo. Livre, sem grilhetas, jogado em qualquer lado, a qualquer hora, com os amigos, contra aqueles que imaginamos serem os nossos inimigos, os nossos moinhos de vento que temos que derrubar. Prefiro estas guerras a outras - se o combate faz parte da natureza humana, que nos dediquemos a este e não a outros bem mais letais. Golos que não entravam, canelada que fervia, empurrões e cabeçadas à Cais Sodré, foi tudo isso que fez dos putos de um bairro dos Olivais homens mais preparados para enfrentar o mundo. Obviamente que no futebol profissional as regras são mais apertadas, não está em causa isso. Mas no dia em que no calor do jogo um corte fora de tempo, um braço que bate na cara de um adversário na tentativa de ganhar posição ou a bola, são usados para castigar um dos artistas da relva, é o dia em que o futebol deixa de ser um jogo entre homens apaixonados e passa a ser um torneio entre autómatos acorrentados às regras dos burocratas da bola. Slimani deu com o braço na cara de Samaris sim, enquanto lutava pela posição, como o Eliseu arreou num adversário e outros casos que tais que ocorreram naquele Benfica vs Sporting, tudo enquanto os jogadores lutavam sofregamente pela bola, pela vitória. Querem castigar só um lado, excluir o jogador mais decisivo do Sporting por vários jogos e assim decidir o campeonato por baixo da mesa, nos jogos de secretaria e das interpretações discricionárias de leis que hoje ditam uma coisa e amanhã outra? Façam o favor, matem a galinha dos ovos de ouro, exterminem a nossa paixão, aniquilem o futebol.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:49

Sporting 2 - Tondela 2

Sábado, 16.01.16

FB_IMG_1452941489123.jpg

Já a frio deixo pequenas notas sobre um jogo que começou pessimamente, deu a volta para uma recuperação heróica, impulsionada por esse pequeno Gelsongénio que tem que começar todos os jogos por mais chutes que dê o chuta chuta, mas que, acabou mal, devido a uma perda de controlo do jogo nos últimos minutos que não pode acontecer. O que faltou? Faltou entrar bem, faltou a calma, eficácia e sentido prático de Paulo Oliveira (Ewerton muitos furos abaixo), faltou Ruiz não acertar na cabeça de um milagreiro defesa do Tondela em cima da linha de golo, faltou um guarda-redes suplente mais próximo da qualidade de Rui Patrício. E a arbitragem? Em câmara lenta percebe-se que não é penalty, o avançado adversário cai antes de chegar perto de Rui Patrício, mas a velocidade do lance dificulta essa visão que a televisão concede. A dúvida é sempre a mesma: este penalty seria marcado na Luz ou nas Antas? Tenho dúvidas, essa é a questão. Não éramos campeões ontem, nao deixámos de o ser hoje, tudo está nas nossas mãos. Resta-nos apoiar, em todos os estádios, até à voz falhar. Força rapazes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:06

Arouca 0 - Sporting 1

Segunda-feira, 09.11.15

  

scp.jpg

 

A falta de tempo e de paciência para estômagos aziagos não me permitem dizer muito sobre o jogo de ontem. Mas como tenho um amigo que o disse na perfeição, creio que ele não me levará a mal que eu me aproprie da sua brilhante análise:

"Reclamam os adeptos de vários clubes, habituados a ver por esta altura o Sporting já afastado da luta pelo titulo de campeão nacional, que nesta jogada não foi marcada uma grande penalidade. A verdade é que o jogador do Sporting só tropeçou e caiu devido ao péssimo estado do relvado. Relvado onde os principais adversários do Sporting não tiveram que jogar porque o Arouca preferiu o estádio Municipal de Aveiro devido à relva estar em muito melhores condições. Ora se este jogo tivesse sido em Aveiro certamente que o jogador do Sporting não cairia desamparado como aconteceu. Mas é bom que se levante polémica sobre o Sporting pois é sinal que o clube está vivo e não se acomoda como em anos anteriores em que apesar das razões que lhe assistiam era sempre gozado. Assim o gozo transformou-se em azia."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:28

Café da manhã - café com fruta

Quarta-feira, 14.10.15

  

5.jpg

 

Porque o café cai bem com tudo, deixo aqui uma pequena reflexão emitida há alguns dias pelo António Tadeia sobre prendinhas, cafezinhos e fruta da época. Está aqui muito do que penso sobre o assunto do kit Eusébio, vouchers para comezainas e as vermelhuscas alegações de inocência por parte de quem se considera o supra sumo da moralidade. Sem excessos de cortesia, aqui fica:

“É verdade que, por tradição, vários clubes fazem ofertas a árbitros há décadas. É uma questão de cortesia, alegam. Mas mais do que ir buscar o limite máximo de euros que a UEFA impõe, o presidente da APAF devia ter sido claro nas indicações a dar aos seus homens: não há razão nenhuma para que essas ofertas, mesmo sendo legais, sejam aceites por agentes que já são relativamente bem pagos para cumprirem as suas tarefas de modo profissional. Da mesma forma que não há razão nenhuma para que os clubes pensem em oferecer aos árbitros presentes cujo valor se aproxima da metade de um salário mínimo. Porque ninguém oferece presentes a juízes do tribunal antes de uma audiência. E porque não se pode bradar pela verdade desportiva, condenar a “fruta” e o “café com leite” e depois ser assim tão cortez com os árbitros. É que às vezes mais vale ser bruto.”

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:41

Mais mel e menos fel precisa-se

Terça-feira, 06.10.15

 

zbdc.jpg

 

No início do mandato de Bruno de Carvalho no Sporting afirmei que, a partir do primeiro dia, ele seria o meu presidente. Não obstante, disse em paralelo que ou ele viria para salvar o clube e o devolver à grandeza original ou, dada a sua personalidade de furacão, um punhado de ideias radicais e, sobretudo, a forma de as afirmar, poderia ocorrer exactamente o contrário: o mandato do Bruno de Carvalho poderia fazer implodir o Sporting. Ainda não sei qual será o desenlace final deste messiânico mandato, mas sei que não é a chamar corruptos aos árbitros, a debater na televisão com adeptos trogloditas de outros clubes ou a afrontar tudo e todos de peito aberto (mesmo que esses poderes e entidades mereçam ser confrontados) que iremos ter melhores arbitragens, mais justiça desportiva ou mais verdade no futebol. Os grandes feitos conseguem-se com as alianças certas, as grandes moscas apanham-se com mel e não com fel. É preciso que alguém consiga dizer isto a este homem obstinado, é preciso que alguém tenha a coragem de o dizer e a força para o fazer ouvir. Ou está tudo cego, surdo e mudo, sportinguistas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:34

Hold your horses, Bruno

Segunda-feira, 28.09.15

  

z_bruno.jpg

 

Pergunta-me um amigo vermelhusco, todo inchado e divertidamente provocador, “Então, hoje não há resumo da jornada no Bolas?”. Por acaso foi por falta de tempo, mas apetecia-me dizer-lhe que não há conversa sobre bolas no Bolas, porque cada vez mais o mundo do que devia ser redondo e simples é cada vez mais quadrado e complicado. As bolas que entram deixam de entrar sem que ninguém perceba bem a razão, tal como as mãos que afastam as bolas da baliza se tornam invisíveis para gente de apito célere e de tons vermelhuscos. Depois, porque os males não vêm só de fora, irrita-me que nos arrisquemos a não ganhar o campeonato menos difícil dos últimos anos porque pusemos o nosso saca-rolhas de defesas fechadas a ferrolho no congelador de produtos importados do Perú. Para dourar a pílula, Bruno de Carvalho, o nosso intrépido presidente, perdeu o norte e dispara agora em todas as direcções, contra inimigos reais e contra moinhos de vento. Se a existência de inimigos bem identificados tem o condão de aglutinar em torno de si os sócios e adeptos leoninos, já a consideração de que tudo o que nos é exterior é hostil não me parece o melhor caminho. Veja lá isso, Presidente, mais foco nas coisas da bola e menos triangulações no escorregadio mundo fora das quatro linhas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 16:09

Não matem o futebol (Académica 1 - Sporting 3)

Domingo, 30.08.15

IMG_20150830_220919.jpg

Jorge Jesus, no final do jogo de hoje, referiu que os erros de arbitragem têm de facto afectado e muito o Sporting mas que não acredita que haja perseguição. JJ é muita coisa mas parvo não é uma delas. Se dissesse isso então é que os árbitros e os seus dirigentes lhe faziam a folha de vez, a ele e ao Sporting. O ódio que despoletou em boa parte do ludopédio nacional a troca de JJ do Benfica pelo Sporting está agora a ter as suas primeiras consequência práticas. Não sei como dar a volta a esta situação, mas não creio que o Sporting tenha ainda qualidade para ganhar aos adversários e aos árbitros em simultâneo. É por isso que vou cada vez menos ao futebol, é por isso que nem me apetece escrever sobre o que realmente interessa, o jogo, os jogadores, as estratégias, enfim, aquilo que um jogo de futebol deveria ser. Não matem o futebol, é o que me apetece dizer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:11





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters


favorito


links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

pesquisar

Pesquisar no Blog