Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A mulher, por Man Ray

Terça-feira, 19.09.17

 

Man Ray.jpg

 

O corpo feminino é assim, visto pela lente de Man Ray. Um vulto negro e belo banhado pelas intermitências da luz, a luz libertadora e reveladora. Segundo palavras suas, Man Ray procurava fotografar o que não desejava pintar, as coisas que já existiam. Ao invés, pintava o que não podia ser fotografado, o que provinha da imaginação ou dos sonhos, ou da deriva do inconsciente. A meu ver, está por provar que a beleza das mulheres não habite mais nos nossos sonhos ou inconsciente do que na realidade. Não me interpretem mal, apenas tenho dificuldade em aceitar que a realidade consiga abarcar tanta beleza.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:44

O que para sempre fica

Quarta-feira, 07.06.17

Marilyn_Monroe_Milton Greene_1956.jpg

 

Após contemplar esta magnífica imagem de Marilyn Monroe, imortalizada pelo fotógrafo Milton Greene corria o ano de 1956, não resisti em pesquisar um pouco a origem desta intimidade entre a câmara de Milton e a entrega despojada de Marilyn. Milton foi de facto muito íntimo da sempiterna diva, tendo sido o seu baluarte após a sua separação da lenda Joe DiMaggio. Integrou-a no seu seio familiar permitindo-lhe uma estabilidade até então desconhecida, abrindo caminho a que a estrela pudesse descer um pouco à desejada terra. Milton procurava que a câmara fosse muito além do que os espectadores viam e do que Marilyn lhes oferecia, buscava, mais do que tudo, a autenticidade de Marilyn. A vida e as vidas de quem as vive na corda bamba conduziram a que os destinos dos dois se separassem, ficando para sempre o que nem a morte pode apagar: a memória e a beleza indestrutível.

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:20

E só para distrair do triste busto do Cristiano Ronaldo...

Quinta-feira, 30.03.17

...aqui fica a Stephanie Seymour para nos devolver a beleza e o bom gosto, pela já conhecida lente do Antoine Verglas.

  

stephanie seymour 2.jpg

 Stephanie Seymour.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:38

A nossa Sara - muito mais que um corpo

Terça-feira, 28.02.17

 

z_sara.jpg

 

"She’s a mess of gorgeous chaos and you can see it in her eyes."

 

Por Charles Bukowski

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:19

"The dancer", por Gustav Klimt

Terça-feira, 20.12.16

z_gustav klimt_the dancer.jpg

 

Dançar, propriamente, não era arte que ela colocasse à disposição da humanidade, dos admiradores secretos, dos seus amantes passados, presentes e futuros. Era a forma como os seus olhos bailavam, felizes mas assustados, curiosos mas omniscientes, na face de princesa adolescente em corpo e mente de mulher que os enfeitiçava. O andar, não mais do que um deslizar de pezinhos de Cinderela, com uma tocante graciosidade envolta em coxas de chorar por mais, eram a mais bela valsa, um bailado de amor eterno e sedução irresistível. A voz, como que o canto de uma sereia se as sereias cantassem como deusas. As palavras bailavam-lhes nos ouvidos, conduziam-nos por entre caminhos de flores de mil cores, intermináveis viagens de sonho, mergulhos noutros paralelos da existência entrecortados por espasmos de realidade aquando da subida à superfície, como se beber demasiado da fonte de tão sedutora beleza fosse incomportável para o ser humano. Dançar era como ela passava pela vida, como se cada valsa fosse a última e a última tivesse a inocência da primeira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 16:28

"Os cus de Judas" - no Jardim Zoológico da magia das palavras

Quarta-feira, 02.11.16

 

z_cus.png

 

Começa assim “Os cus de Judas” de António Lobo Antunes, numa reminiscência das sensações da infância/juventude (?) de tempos passados no velhinho Jardim Zoológico de Lisboa. Os sons não eram os que esperávamos de animais mas os de vozes de gaze e sílabas de algodão, os pescoços da girafa não eram compridos como escadas mas sim a altiva e inatingível solidão de esparguete da girafa. Lobo Antunes é único, observa e reflecte com um filtro de beleza e um nível de detalhe que dificilmente alcançaremos. Lê-lo hoje é percebê-lo como não consegui fazer há uns anos atrás, é ter os sentidos mais apurados porque a vida já me ensinou outras nuances sobre a beleza e a fealdade, sobre a riqueza da linguagem e sobre a essencialidade de nunca considerar que uma palavra foi escrita a mais, pois se alguém achou que ela devia existir é porque algo provocou essa sensação, essa necessidade de a plasmar no papel, na vida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:35

Onde há beleza

Sexta-feira, 28.10.16

 

z_chuva.jpg

 

O tempo continua escasso e a inspiração perde-se nos meandros da burrocracia, das urgências sem sentido, da forma de viver e trabalhar que assola e contamina o tão melhor que este país podia ser. Não obstante, todavia, contudo (adoro isto, não sei porquê mas adoro isto) a beleza continua disseminada por cada metro quadrado, por cada punhado de areia que cobre esta terra mítica. Vejamos a beleza, foquemos os nossos olhos no que realmente interessa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 13:41

O que vemos

Segunda-feira, 06.06.16

  

girl.jpg

 

Gosto desta imagem porque a sombra, ou a forma como a vemos, apresenta-se erguida, como que contrariando a leve resignação que pode resultar - mais uma vez - daquilo que vemos. Tudo o que vemos é aliás tão distante do que realmente se passa dentro daquela pessoa, encerrado naquele corpo. Por mais que os esgares e os sinais do rosto e da posição corporal possam transparecer o turbilhão interior, nunca saberemos a que escala isso se passa, muito menos saberemos se o contorno labial ou o brilho dos olhos não terão sido maquiavélica e artificialmente provocados. Gosto dos pés que não tocam no chão porque tudo indicia que é da terra firme que aquele rosto - esfíngico e belo, diga-se - procura isolar-se. Gosto das pernas longas, intermináveis, belas apesar da negligência com que se espraiam no espaço. Gosto da tristeza que pode ser só sonho e do sonho que não se conhece mas se sente. Gosto de quem sonha acordado negligenciando a posição das pernas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:42

Porque hoje é dia da terra, sexta-feira...e porque sim

Sexta-feira, 22.04.16

  

terra.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 15:49

Casta, Laetitia Casta

Segunda-feira, 18.04.16

 

Laetitia Casta by Vincent Peters_2008.jpg

 

"I enjoy being a woman. It's what I learned from years of experience in modeling. You learn how to seduce; how to be sensual, how to play. It's very important for a woman, I think. But it's not by beauty that you seduce. It's a meeting - it depends on the image the other reflects back to you, how they see you and make you feel."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:33





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters


favorito


links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

pesquisar

Pesquisar no Blog