Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Café da manhã - E o pecado mora ao lado

Terça-feira, 11.04.17

 

z_coffee_o pecado mora ao lado.jpg

 

Há gente para quem o kick do café é o impulso para iniciar o dia com maquiavélicas maquinações de malfeitorias para as horas que se seguem. Há quem veja o nascer do sol não como uma bênção da natureza mas como o levantar da cancela para iniciar hostilidades, do género “temei humanos, aí vou eu, à conquista da glória, contra tudo e contra todos!”. Negócios fechados, engates adjudicados, espezinhamentos do colega do lado ultimados, o sol nasceu para que a sua sombra pudesse vingar ainda com maior impacto. Ou então tudo isto mais não é que uma megalomania pessimista provocada por um café tristemente tirado...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 12:05

Café da manhã: Ophelie Guillermand, sem olhar à dieta

Quinta-feira, 06.04.17

  

Ophelie Guillermand by Alex Covo.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 15:05

Café da manhã - a importância de 1%

Quinta-feira, 22.12.16

  

z_importancia do café.png

 

Arrisco-me a banalizar o tema do café aqui por esta humilde tasca. No entanto, todavia, contudo (já valeu a pena ter um blog para poder escrever esta sequência idiota de palavras) conviria que quem bebe café pudesse perceber que aqueles 30 segundos, o tempo despendido no nobre acto de bebericar o negro líquido demasiado quente, pode constituir o único momento do dia em que, embalados pelo shot de adrenalina da cafeína, nos olhamos ao espelho do dia que vai começar e, mesmo que por um segundo, mesmo que por uma fracção minúscula do tempo em que parimos esta nossa existência, podemos ter um relance de quem verdadeiramente somos. Em 99% das vezes que somos bafejados por esse relâmpago de clarividência não teremos a sabedoria ou a capacidade para apreender o significado dessa revelação. O que interessa é o 1%, o que realmente interessa é estarmos preparados para abrir os olhos no momento preciso em que a revelação se faz. Mantenham-se atentos, vai valer a pena.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:50

A cidade onde o café melhor sabe

Terça-feira, 22.11.16

  

42.jpg

 

Não conheço o livro, não conheço a Marina, mas conheço bem o prazer de beber cafés pelos cafés de Lisboa. Esplanadas, estabelecimentos clássicos, tascas, botequins de bairro, quiosques sob a sombra de frondosas árvores, o sabor único dos grãos nem doces nem amargos, o cheiro que nos acorda antes sequer de as papilas se deixarem acordar pelo estímulo da cafeína. Há milhares de coisas mal neste país, mas começar o dia com um café num qualquer café desta cidade única dá-nos força para derrubar, desde logo, umas centenas de entraves e tornar o dia em algo prometedor. Não sou apologista que o café se beba em casa, no conforto artificial de uma qualquer máquina Nespresso. Mas, se tiver que ser, e nunca esquecer que o que tem que ser tem muita força, que o façam por uma boa razão, grão a grão…

 

grao a grao.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:05

O vício do café da manhã, dos corações puros e das mentes livres (café anti-Trump)

Quinta-feira, 10.11.16

z_cafe1.jpg

z_cafe2.jpg

   

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:59

Café da manhã - toca a abrir a pestana, cambada!

Terça-feira, 08.11.16

 

cafe manha abrir a pestana.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:02

Ora bom dia com Mrs. Portman

Segunda-feira, 17.10.16

 

z_natalie portman.jpg

 

Meditar sobre as nuvens negras que trouxeram novidades do fim-de-semana, daquelas que nos põem a recordar que a vida nem sempre é o que a nossa vontade férrea de a levar com um sorriso gostava que fosse, que a amargura espreita sempre pelas frinchas das portas daqueles de que gostamos e de nós próprios. Mas uma porta que se fecha pode ser apenas um virar de página, um novo ciclo, mesmo sabendo nós que esse processo não será isento de dor e de medos, mesmo sabendo nós que o sorriso da Natalie Portman pode durar apenas um punhado de segundos. Ainda assim, começar a semana com este sorriso contagiante, com a beleza que emana dele e dela. Vamos a isto, minha gente!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:14

A man...

Quarta-feira, 18.05.16

  

man.jpg

 

…e, por mais que beba, por muito que ria, por todos os olhares cruzados com que rasgue o fumo e o barulho das luzes de mais aquele bar, no fundo, bem lá no fundo, o cheiro que lhe invade os sentidos não é o dos cigarros misturados com suor nem o do perfume exagerado de mulheres desesperadas. O aroma que não o deixa entregar-se por inteiro à volúpia dos sentimentos e das sensações fáceis é o do café que ela faz pela manhã, do cheiro da sua pele devolvido pela brisa que vem da janela, o cheiro a carne doce e bem amada, o cheiro ao amor que se fez e que nunca se esquece, por mais bares em que se entre, por mais erros que se cometam. Se há certeza que um homem que já amou verdadeiramente tem é que nenhuma outra mulher terá para ele o significado da tal, não mais o cheiro do café acabado de fazer deixará de ser o do café que ela bebia à janela, a sobremesa perfeita depois de uma noite de amor.

 

man2.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:28

Um café com uma pitada de doces ilusões e um até já

Quinta-feira, 05.05.16

 

à espera da manhã seguinte.jpg

 

Deambulações de lazer e viagens de trabalho irão afastar-me nos próximos dias deste cantinho que tanto estimo. Não é com tristeza que anuncio esta pausa de alguns dias (isto, claro, se o vício daqui vir e de escrever não for maior que a falta de tempo). É bom parar, é bom iludirmo-nos que viajamos para longe de tudo o que nos prende, da mordaça da rotina quando, na realidade, nunca saímos do mesmo sítio, estamos onde sempre estivemos, amamos quem sempre amámos, odiamos o que sempre odiámos, as chatices e prazeres que contam são aquelas, as de sempre. Por mais que viajemos e nos encantemos com a beleza do mundo morreremos todos os dias de saudades do nosso sítio, mesmo que essa saudade contenha também tudo aquilo de que queremos afastar-nos. Como alguém dizia, “ilusões são tudo o que há nesta vida. Que esta grande ilusão a que chamamos vida seja uma bela experiência de se viver”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 16:22

Café da manhã, Madame Cucinotta e o grande olho bigbrotheriano

Terça-feira, 03.05.16

  

Italian actress Maria Grazia CUCINOTTA.jpg

 

Dizia-me um amigo há uns tempos algo que recordei hoje por causa desta bela imagem que envolve café - um dos temas predilectos aqui do Bolas, como é sabido - e, sobretudo, porque bem perto desse café está a intemporal actriz italiana Maria Grazia Cucinotta, dama que fica tão bem enquadrada neste cantinho sobejamente apreciador de divas latinas. Dizia-me esse meu amigo, mais em jeito de quem se vangloria do que quem informa, que todas as mulheres têm em si uma galdéria, apenas é necessário o homem certo para libertar da “lamparina” esse génio enclausurado. Isto a propósito de boas amigas comuns que, demasiadas vezes, para um observador neutro e potencialmente distraído, parecem preferir conduzir a sua vida pelos padrões do convento do que aqueles que geralmente são associados ao belo sexo. Estive para explicar ao meu amigo que as mulheres que realmente interessam, como essas amigas comuns, têm, e bem, horror a que o público em geral e os amigos em particular saibam o que se passa dentro das suas quatro paredes, mais especificamente por debaixo dos seus supostamente alvos lençóis. Hoje em dia, numa sociedade em que tudo está exposto, em que o grande olho bigbrotheriano espreita em cada canto, em cada like no facebook, pelos recantos envoltos na penumbra do café da esquina onde todos os cantos têm ouvidos, é fundamental que possamos ao menos manter na privacidade o que deveria ser privado e tantas vezes já deixou de o ser. Não nos privem ao menos do último segredo dos Deuses. Não sei se essas minhas amigas são devoradoras nocturnas de carne fresca e solteira (ou casada, para o efeito pouco importa) ou se são freiras forçadamente recalcadas que elegeram como o melhor amigo um qualquer Deus ou um qualquer vibrador de última geração, sei que aquele palhaço e todos os outros palhaços não têm o direito de querer violar aquele espaço que é só delas. Cada vez gosto menos de bisbilhoteiros, cada vez aprecio mais quem respeita as diferentes formas de viver e de fazer com a vida o que muito bem se entende dela fazer. E era só isso, que chegou a hora do cafezinho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:28





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters


favorito


links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

pesquisar

Pesquisar no Blog