Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Muitas questões, nenhumas respostas

Segunda-feira, 13.02.12

 

 

Ontem o Dr. Godinho renovava a confiança em Domingos. O que aconteceu entretanto? Mudou de opinião? Outros não concordavam com ele e ele não se soube impor? Está parvo? Alzheimer? Os objectivos não foram alcançados? E o único responsável é o treinador? Perguntas sem fim que na ausência de resposta afundam o Sporting cada vez mais no buraco das suas contradições.

 

Sá Pinto, um jovem treinador inexperiente com um historial de muito amor pelo Sporting, um amor tão forte que como se sabe tende a descambar em violência. É ele a aposta da Direcção e de Godinho. E Carlos Freitas e Luis Duque, assumem o falhanço na contratação de Domingos? Concordam com o nome de Sá Pinto? Quem assumirá a responsabildiade quando o nosso Sá coração de leão entrar em campo para espetar um rotativo na cabeça de um árbitro menos cauteloso? Quando é que o meu clube deixa de se pôr a jeito para ser objecto de anedotas, chacota e gargalhadas sem fim? Quando te levantarás de vez, meu querido leão?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:18

Marítimo 2 - Sporting 0

Domingo, 12.02.12

 

 

Ontem, a caminho do estágio para a jantarada, estaco na montra de uma cervejaria para perceber ao intervalo do Marítimo-Sporting como estaria o resultado. Apercebo-me do 1-0 para os madeirenses e entro de imediato na cervejaria. Sento-me ao balcão, digo para os meus botões que beber uma imperial e comer uns tremoços junto a uns desconhecidos que torcem pelo Sporting pode ser amuleto. Três tristes tigres ao balcão, um barman hipercrítico de uma primeira parte que não vi mas que todos qualificavam de vergonhosa, começa a segunda parte. Futebol desconexo, escorregadelas, velocidade desoncertante dos avançados do marítimo contra dois centrais altos, pouco rápidos e nada rotinados. Arias não desilude, mas o ataque parece coxo. Confirmo essa sensação com dois lances em que é Wolfswinkel que vai à linha centrar para a área. Para quem? Para a cabeça de Matias, Izmailov, de Elias? Para quem, Domingos? Para quem e para quê construímos nós a equipa mais cara dos últimos 10 anos? Onde está o problema, Domingos, explica-nos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:08

Sporting 0 - Gil Vicente 1

Sábado, 04.02.12

 

 

No futebol em geral e no Sporting em particular, quando as coisas correm mal parece que há uma atracção fatal para que o abismo se aproxime a passos de gigante. Parece que tudo ajuda ao descalabro, ao erro, à parvoeira. Como ter uma equipa técnica que sabe certamente que os avançados contrários são terrivelmente móveis e rápidos mas continua a apostar num Polga acabado e num óptimo Onyewu que faz tudo menos ser rápido. Não há alternativas? Há Carriço em vez de Polga e um Xandão que aquece o banco sabe Deus ou o seu empresário porquê. Como não podia deixar de ser, também o árbitro não podia deixar de dar o seu contributo fechando os olhos a uma grande penalidade sobre Matias. Alguém acha que numa fase tão decisiva do jogo esse penaltie não seria marcado na Luz ou nas Antas? Se acha que eu estou a exagerar então badamerda para quem acha isso!

 

Não chega um Matigol a espalhar classe pelo relvado, não chega um Carrillo a desiquilibrar com pertinência e sempre perto do golo. Não chega porque tudo o resto é um deserto. Wolfswinkel regressado de lesão pouco podia fazer, Capel parece ter-se enredado no seu futebol demasiado rendilhado e individualista para uma equipa à deriva, André Santos tem nos genes uma incapacidade congénita em jogar para a frente. Não chega querer é preciso poder e neste momento esta equipa parece presa na nuvem negra que se instalou sobre o universo sportinguista. É preciso um golpe de asas senhores dirigentes, é preciso superação senhores jogadores. Porque o Sporting é muito mais do que isto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:50

Sporting 2 - Beira-mar 0; Gil Vicente 3 - Porto 1

Domingo, 29.01.12

 

 

Uma reunião familiar não permitiu uma visualização atenta do jogo do Sporting frente aos aveirenses. Salvou-se o convívio familiar, perderam-se 90 minutos de concentradíssimo sofrimento. Ainda assim, por entre a ingestão de calorias e a conversa em dia deu para perceber que Onyewu é hoje em dia um baluarte desta equipa, quer pelo seu poderio no jogo aéreo quer pela sua grande vontade em unir a equipa e trazê-la de volta às vitórias. Pouco mais a destacar na equipa, mas como bem disse Domingos não é possível passar do miserável 8 para o excepcional 80. Vamos com calma como sempre deveríamos ter ido quando nos propusémos a construir uma equipa quase de raíz, que pode ser que lá cheguemos.

 

Em Barcelos o Porto pouco mais fez do que confirmar que a equipa tripeira sem Hulk é banal, falha de imaginação e de poder de explosão, enfim, uma pálida imagem de uma equipa que defende o título de campeão. Lembrar que há uns meses Kléber foi chamado para representar a seleccção brasileira é lembrar que no futebol há razões que a razão dsconhece. O brasileiro foi uma nulidade, a defesa foi patética a espaços, o meio campo sem pinga de criatividade. Danilo, um reforço de milhões não parece vir a ser o desiquilibrador que devolva o fôlego aos portistas, Moutinho não põe a habitual alegria no jogo, Defour e Mangala serão certamente mais lembrados pelos euros que os belgas reclamam a Pinto da Costa do que pela qualdiade futebolística. A teimosia do presidente já deu muitas vitórias ao clube, mas neste momento parece que essa mesma teimosia apenas resultará na triste continuidade de um treinador medíocre.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:24

Vê lá isso

Quinta-feira, 19.01.12

 

 

Está chateado, o nosso Domingos. Começa a faltar-lhe a paciência que lhe enfeita o nome. Está chateado porque o nosso presidente manda umas bocas sem se lembrar do nobre significado da palavra solidariedade. Chateia-se também porque parece que uns rapazolas do Braga lhe disseram “Toma” depois de ele lhes ter salvo as carreiras. Parece que também não aprecia por aí além que ex-jogadores, ex-dirigentes e ex-treinadores venham cuspir na mão que lhes deu a papinha e embalou o berço. De igual maneira, o nosso Domingos abomina médicos e fadistas palavrosos, não indo também muito à bola com carpinteiros que usem mais a língua que o martelo. Eu acho isso tudo muito bem, Domingos, mas confesso que preferia que focasses as tuas energias noutros problemas mais directamente relacionados com a bola que rola na relva. Vê lá isso e não te enerves que faz mal à saúde. Vê lá isso, Domingos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:13

Braga 2 - Sporting 1

Domingo, 15.01.12

  

 

Antes de me debruçar sobre as eventuais razões que justifiquem a derrota leonina, aconselha o bom desportivismo e a objectividade analítica que afirme preto no branco que o Braga é uma excelente equipa, fez um óptimo jogo e que o valor futebolístico de Braga e Sporting são actualmente muito próximos. Após este momento de incrível fair play fará igualmente sentido imitar Lapalice e dizer que o resultado de um jogo é também o resultado das opções dos jogadores e do treinador. Debruçando-me sobre as opções de Domingos, diria que a opção de alinhar com um defesa esquerdo a fazer de extremo esquerdo pode ter transmitido mensagens dúbias às duas equipas: se os jogadores do Sporting podem ter entendido esse sinal como um encolhimento perante o adversário que Domingos bem conhece, o Braga deverá ter enchido o ego com tamanha demonstração de respeito. Juntando a esta alteração a entrada um ponta de lança chegado à equipa e a derivação de Capel para a direita, temos uma frente de ataque sem rotina, sem automatismos e praticamente inofensiva.

 

Será possível afirmar que outras opções poderiam ter dado melhores resultados? Obviamente que aqui entramos no campo do hipotético, embora a entrada fulgurante de Carrillo, o novo fôlego e caudal ofensivo que ofereceu ao ataque, tenham deixado a ideia que com o peruano de início as coisas podiam ter sido bem diferentes. Tal como o jogo de Paços de Ferreira marcou uma reviravolta na confiança da equipa, este jogo pode marcar um decréscimo de confiança dessa mesma equipa, bem como marcar o fim de Bojinov no Sporting (parece-me que Domingos terá estado muito mal nesta opção em termos de motivação do búlgaro). Sei bem que se as coisas corressem bem estaria aqui a louvar a estratégia inovadora do treinador, mas hoje a louvar apenas me apetece fazê-lo quanto a Matias Fernandez, um génio que hoje apenas teve a companhia de Carrillo, infelizmente lançado demasiado tarde. O respeito é bonito e aconselha-se, Domingos, desde que não desemboque em receios paralisantes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:43

Sporting 3 - Vitória de Setúbal 0

Sábado, 24.09.11

 

 

Bom, isto não é fácil, com o Sporting nunca é. De uma equipa que há umas semanas tinha uma época hipotecada, passamos agora a ter uma equipa em altíssima rotação, com sinais de qualidade a irromper por todo o lado, como que um leão furioso a querer rasgar uma camisa de forças! Ricky van Wolfswinkel, Ricky van Wolfswinkel, Ricky van Wolfswinkel, nunca mais me vou armar em pedante e referir-me a este ponta de lança extraordinário como o holandês de nome impronunciável. O leque de soluções, a eficácia, a alegria que este rapaz demonstrou hoje em Alvalade dificilmente não serão sinal que temos novamente ponta de lança à séria. Rinaudo e Elias são dois jogadores fantásticos, Insua e João Pereira dois excelentes laterais (mais a atacar, é verdade), Carrillo uma promessa que não engana, Capel um extremo à antiga que só precisa de definir melhor o último passe e Schaars começa a mostrar quem efectivamente é.

 

No centro da defesa, hoje pouco testada, persistem as dúvidas mas vamos esperar que enquanto o ataque resolve os rapazes se vão entrosando. Rui, o nosso Patrício, precisa de estabilizar emocionalmente e de fugir às suas fragilidades, isto é, precisa de não inventar com os pés e concentrar-se a tempo inteiro. Se andava preocupado com Domingos, esse sentimento está a passar, o tempo que ele reclamava começa a dar-lhe razão. Aliás, ou esta equipa esteve escondida até hoje, ou jogámos contra mortos-vivos, ou, como acho que sucedeu, esta rapaziada precisava de tempo para se conhecer e entrosar, assim como a malta jovem como o Wolfs precisava de jogos para consolidar a confiança e afirmar a sua qualidade. Se a defesa não abanar acredito que podemos conseguir títulos este ano. Que bem soube gritar 3 golos hoje! Força rapazes!

 

p.s. – Não podemos desde já ir buscar o guarda-redes Diego ao Vitória de Setúbal? Estamos à espera que os do costume se cheguem à frente? Tem 32 anos? Lembram-se de Schmeichel e Preud´homme?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:22

Estás aqui estás ali

Domingo, 28.08.11

 

 

Falta de Paciência nos últimos Domingos, falta de ritmo de jogo, falta de garra, falta de canetas, falta de sorte, falta de arbitragem séria e isenta, falta de tudo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:39

Sporting 2 - Nordsjaelan (ou qualquer coisa assim) 1

Sexta-feira, 26.08.11

 

 

Regressado de Alvalade dois sentimentos contraditórios dominam-me. Se por um lado fica a sensação de que esta equipa e alguns jogadores querem arrancar da estagnação, por outro persiste uma sensação incómoda, um desesperança que nasce do azar que persegueo Sporting, como se o passado recente o impedisse de aspirar a outros voos. Domingos quer pôr a equipa a jogar mais futebol, mas luta contra essa maldição que paira e contra alguma teimosia. Hoje, ao vivo, ficou claro para mim que Postiga é finito. Chuta insistentemente para fora ou à figura do guarda-redes, não passa a bola aos colegas melhor colocados, mata demasiadas jogadas por passes errados. Yannick que esteve hoje muito combativo e rematador, viu-lhe ser dado por Domingos o prémio de ser substituído ficando o ineficaz Hélder em campo. Porquê Domingos?

 

Capel é um deleite, falta-lhe só mais gente competente lá à frente que lhe permita libertar a bola mais cedo e que lhe aproveite os cruzamentos. Schaars seria um jogador muito útil num meio campo de gente criativa, assim é apenas um jogador que nada adianta contra equipas fracas contra as quais é preciso desequilibrar e não defender. André Santos foi um óptimo sinal para Rinaudo e Schaars, que têm que jogar bastante mais para lhe tomar o lugar. Polga fez um jogo perfeito, já ponho a hipótese de Domingos ter conseguido recuperar o grande central que ele já foi. Bojinov mostrou a Domingos o que deve fazer um ponta de lança: quando não tem possibilidades de marcar, não deve inventar ou rematar à toa mas procurar assistir os companheiros com mestria. Com ele e Jéffren o Sporting ficará bem mais forte, vamos confiar, vamos confiar. Parabéns rapazes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 00:04

Dinamarqueses de nome esquisito 0 - Sporting 0

Quinta-feira, 18.08.11

 

 

Começa a ser penoso continuar a analisar o meu Sporting. Diria que depois de assistir a este jogo os adeptos do Sporting mereciam a companhia da moça de cima para lhes salvar a noite. Hoje, contra uns rapazes loiros, altos e bons rapazes mas pouco dotados para as coisas da bola, a equipa apresentou-se com três trincos que à sua frente viam Postiga e Djaló. Postiga e Djaló. Postiga e Djaló. Quanto tempo mais faltará para se perceber que a insistência nestes dois rapazes se aproxima perigosamente do ridículo? Quando Izmailov substitui Jéffren em vez de Djaló o ridículo arrisca-se a ser patológico.

 

Depois, para não deixar os rapazes sozinhos lá na frente, temos Polga e os seus passes longos inimitáveis. Polga e os seus passes longos. Polga e os seus passes longos. Sou adepto de alguma continuidade nas equipas de ano para ano, mas tinham de ser estes? Estes mais o Evaldo, aldo, aldo? O eco do cansaço começa a ser ensurdecedor. E as culpas de Domingos, em que proporção serão? Sinceramente não sei avaliar, mas hoje um amigo que está por dentro dos meandros do fenómeno disse-me que “A diferença para os tempos do Paulo Sérgio e do Carvalhal está nas madeixas”. Epá ó Domingos, vê lá isso. E aproveita e vai a um barbeiro para homens.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:51





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters


favorito


links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

pesquisar

Pesquisar no Blog