Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Conselhos para um início de semana mais tranquilo

Segunda-feira, 10.04.17

 

fds.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:13

A janela com vista para dentro de nós

Sexta-feira, 31.03.17

 

z_janela.jpg

 

Não mais se esquecera daquela imagem. O recorte das suas delicadas formas na penumbra da janela escancarada mas sem vista, debruçada sobre o frio cortante do beco de mais uma cinzenta manhã. O frio ignorara-o, pois passeava no corpo e na alma o fogo de uma noite de paixão. A vista de horizontes sem fim, de prados verdejantes e do esplendoroso sol tinha-a dentro de si, como dentro de si tinha as memórias que eram dele e para sempre dela, tudo o que de inesquecível a vida lhes legara.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:26

Que fazer?

Terça-feira, 21.03.17

 

Leila Alaoui.jpg

 

Contemplo esta imagem incrível da fotógrafa francesa Leila Alaoui e dissipo todas as questões que tendem a estimular as dúvidas ontológicas do ser humano. O que andamos aqui a fazer? Na dúvida, nada como procurar fazer felizes alguns (sim, não temos que gostar de todos, excepto se forem crianças, essas obrigatoriamente temos que fazer por ver felizes) ou pelo menos contribuir para que sorriam de quando em vez, não deixar que a tristeza e a melancolia se instalem nas suas vidas. Se fizermos isto e outros fizerem o mesmo por nós embrenhamo-nos neste ciclo vicioso, neste ciclo vicioso e virtuoso que mal não faria ao mundo em que vivemos e às vidas que vivemos. Vejam lá isso.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:15

Hey babe...

Quarta-feira, 01.03.17

 

z_hey babe.jpg

 

Por vezes, mais do que necessário, é essencial para a sanidade e a sobrevivência como pessoa, como pessoa em toda a sua dimensão, sair da já tão falada zona de conforto, dar um passo bem para lá do que conhecemos, sentir o desconhecido, arriscar, expandir o corpo e as sensações para lá dos medos conhecidos, descobrir novos medos e novos mundos. Se nunca nos predispusermos ao que é novo nunca saberemos se conseguimos sair de nós, de ser mais do que o que conhecemos de nós, nunca deixaremos de ter aquela dúvida que nos atormentará até à cova: haveria mais felicidade para lá da cortina do medo e da aparente escuridão que ela ocultava?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:51

Tuga Carnival

Segunda-feira, 20.02.17

  

z_carnaval.jpg

 

É inevitável. O Carnaval está a chegar e boa parte do país prepara-se para ir para a rua fazer por se divertir. Sim, fazer por. Boa parte dos portugueses não são fadados para a folia porque o fado e a saudade não rimam com serpentinas e bisnagadelas. O frio e a chuva não os afugentam, por mais inclementes que sejam. Aliás, essas contrariedades devolvem-nos ao adorado carpir de mágoas, convidam-nos a vociferar contra a divina providência, S. Pedro, os azares da vida, contra todas as maldições com que os elementos os atormentam. Felizmente o álcool ajudará alguns a entrar na folia, o contágio empurrará outros para o meio do corso e o carpir de mágoas será ele próprio uma idiossincrasia lusitana do Carnaval cá do burgo. Sambemos por entre as gotas gordas da chuva e as pernas gordas das nossas varinas, amigos, vamos à festa!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 15:11

Cuidado com os bombons!

Terça-feira, 14.02.17

  

z_não vemos nada_Astrid Verhoef.jpg

 

Há décadas que não ligo ao dia dos namorados. Há muitos, muitos anos, era eu um jovem em fuga da adolescência borbulhenta, recordo-me vagamente de ter oferecido uma caixa de bombons a uma namorada, nessa data especulativa e comemorativa e, nesse próprio dia, nos termos chateado e terminado tudo. Zangado e guloso, guloso e zangado, fechei a coisa em beleza perguntando se ela sempre ia comer os chocolates…não levem as mãos à cabeça, minhas amigas, isso não foi vingança ou maldade pura, foi só porque não gosto de desperdiçar comida. Deixando para trás esse episódio surreal que ardentemente desejo que seja uma traição da memória, que nos pega partidas tramadas, queria apenas dizer aos namorados, aos solteiros, aos divorciados e viúvos, do sexo feminino e masculino, sem distinção de raças, credos e opções sexuais, à população em geral, que a felicidade pode estar em todo o lado e em lado nenhum mas, se não a tivermos dentro de nós, dificilmente a encontraremos fora de nós e dentro de outros pombinhos ou pombinhas. Vejam lá isso e não gastem dinheiro em bombons, dizem que pode dar mau resultado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:50

O gato

Sexta-feira, 20.01.17

gato_sam haskins.jpg

  Fotografia por Sam Haskins 

 

- Não consigo entender porque fugiste.

- Não era feliz.

- Porquê?

- Porque sabia que toda a minha inconstância não permitia que fosses feliz.

- Não percebo onde foste buscar essa ideia. E viver sozinha com um gato, faz-te feliz?

- A mudança tem sido uma constante da minha vida. Não sei porque ainda aí estás. Acho mesmo que na minha vida em permanente mudança és a única coisa duradoura, que fica.

- E isso faz-te feliz?

- Sim, não sei porque continuas aqui, mas gosto que aqui estejas.

- Eu gosto como tu és hoje, como gostava de como eras ontem, há 2 anos…A vida é mudança, só temos que saber entendê-la, entranhá-la.

- Por vezes sinto-me louca no meio deste constante movimento, mas se calhar és tu o louco por ainda permaneceres onde sempre estiveste.

- Eu acredito que os loucos, num mundo em permanente mudança, são aqueles que nunca mudam.

- Se calhar a mudança ou não-mudança depende menos da nossa vontade do que julgamos.

- Talvez. Mas a aleatoriedade das vontades e das mudanças pode ser uma bela forma de nos desculpabilizarmos por não mudarmos.

- Eu sei que vivo eternamente na corda bamba. Posso fazer por perder peso, mas se quiser medir 1.80 já não depende de mim.

- Não te esqueças de encher a tigela de leite. Há coisas que não mudam, os gatos não deixam de ter fome, eu não deixo de gostar de ti.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:40

Bom dia

Terça-feira, 17.01.17

 

William Klein.png

 

Vultos sem expressão, contornos dos rostos plastificados, trejeitos faciais mecânicos ou inexistentes. Movem-se silenciosamente umas por entre as outras, uma multidão de almas apressadas em uníssono, como se o destino estivesse há muito marcado, como se aquela fosse a última caminhada. Os olhares não se cruzam mais por desinteresse do que por receio, sinal de que só o mundinho em que se vive interessa, o restrito círculo familiar e de gente conhecida (amigos? esta gente terá amigos verdadeiramente?) é mais do que suficiente, esgotando qualquer outra vontade ou necessidade de interação. O mundo será tão melhor quando entrarmos no metro, numa qualquer loja ou supermercado e dissermos com um sorriso sincero e fraterno bom dia aos colegas passageiros, aos empregados e aos colegas consumistas. Está tão perto essa possibilidade de vivermos num mundo diferente para melhor que só um ser tão obtuso como o ser humano conseguiria tornar tão distante esse objectivo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:39

Mudar

Sexta-feira, 13.01.17

 

z_luzes dia cinzento.jpg

 

Sair de casa pelas 7h da manhã, sentir o frio que atira para trás das costas a moleza dos lençóis de há minutos atrás, habituar os olhos à penumbra das cinzentas manhãs de Inverno. Fazer isto de calções sabendo que as próximas duas horas serão dedicadas ao ferro, ao suor em bica, ao corpo a desbravar anos de inércia, a uma mudança que teve que esperar pela minha vontade de mudar. Depois, como tudo, os hábitos entranham-se e, caso exista prazer nesse processo, entregamo-nos ao novo percurso e sentimos que aquela penumbra matinal é o nosso novo sol. A chave? Não mudar porque à nossa volta todos gritam “muda”, mudar porque dentro de nós chegou a vontade de mudar. Mas preparem-se, faz um frio do catano!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:56

Teaser

Quarta-feira, 07.12.16

  

Stan Getz, playing at Cosmo Alley, Los Angeles, 19

Há dias em que tudo é preto e branco sem se sentir demasiado o peso das sombras nem a leveza da claridade. Há horas que queríamos repletas de sons na penumbra de uma aconchegante solidão, como que o prelúdio de algo grandioso, uma valsa sem fim e sem princípio, um eterno intervalo que nos afasta das alamedas polvilhadas de cores berrantes e exageradas. Há dias em que só queríamos escutar o roçagar daquele vestido preto naquele corpo que esconde todas as cores do arco-íris.

 

z_reflexos.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:17





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

pesquisar

Pesquisar no Blog