Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dos merecimentos relativos e das tristezas atenuadas

Sábado, 27.02.10

 

 

O Benfica merece ganhar este campeonato? Bom, fez grandes jogos, deu espectáculo, demonstrou geralmente mais fulgor e vontade de ganhar que os adversários. Por outro lado, perpassou por toda a época a sensação que aquele risco que acompanha o fascínio que é o futebol, isto é, o facto de se poder jogar um pouco mais, mas, ainda assim, por caprichos da sorte e do destino, poder não se sair vitorioso, nunca foi um risco que o Benfica de facto corresse. Isto porque toda uma maioria, quer de adeptos quer de corporações que, um pouco naturalmente num país medroso como o nosso, ampararam o clube nos seus momentos mais periclitantes no decurso da época. Com os adeptos posso eu bem, o que já me parece menos católico é o indevido apoio das tais corporações que se pretendem isentas: pois é, falo da arbitragem e de alguns órgãos da Liga, com especial enfoque na sua vergonhosa comissão discplinar.

 

 

Ok, mas sim, jogaram melhor, marcaram cabazadas de golos, tiveram jogadores em grande plano, como Saviola, Di Maria, Javi Garcia, Cardozo e David Luiz. Mas podiam ter ganho sem o apoio dessas tais corporações? Podiam, mas não era a mesma coisa...

 

Para amanhã, quando estiver na bancada de Alvalade, será que vou vacilar no apoio ao meu Sporting, sabendo que uma vitória contra o Porto será um forte empurrão ao Benfica? Não, conheço-me bem, sei bem que o meu sportinguismo é dos verdadeiros, que ser sportinguista tem esta característica pouco comum de se ser verdadeiro às raízes (não rasgamos cartões, não queimamos bandeiras, não idolatramos dirigentes criminosos, não temos a honra de surgir em escutas arbitrais). Se vou ficar triste se perdermos contra o Porto? Vou, mas não vai ser uma tristeza igual às outras. Apenas por causa dos tais merecimentos relativos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:15


4 comentários

De Bruno Custódio a 27.02.2010 às 23:54

O Di Maria já vinha a merecer este hat-trick pelas exibições que tinha vindo a fazer e que não eram premiadas com o golo (jogo com o Sporting incluido).. O Benfica vai ganhar uns bons dinheiros com a sua venda e vai sentir a sua falta e a Liga vai ficar a perder porque bons jogadores nunca são demais para o espectáculo.
Amanhã espero que o Sporting consiga uma exibição como a de 5ª feira, mas o Porto está na melhor fase da época. Será complicado, mas acredito num bom jogo.
Abraço..

De bolaseletras a 28.02.2010 às 00:34

Para ser sincero, o Di Maria foi outro dos tipos que me enganou. De um jogador habilidosissimo e muito rápido, mas sem inteligência e visão de jogo, passou a um diamante já bem burilado que vai dar muito dinheirinho ao Benfica...cheira-me que há ali muito dedo do Jesus. E cheira-me também que amanhã vamos novamente remar contra a corrente que estava adversa...

Abraço...

De mancha a 28.02.2010 às 01:27

Apesar do Lucilio bem se ter esforçado a onda vermelha varreu tudo. Um tsunami... Pode ser que me engane, mas vais fazer o favorzinho ao patrão ;)

De bolaseletras a 28.02.2010 às 11:21

O Lucílio? Depois do lapso do fora de jogo ninguém podia tocar nos vossos meninos, foram levados ao colo até ao adro da igreja!

São tão bons, tão superiores, mas ainda rezam à santinha para que o Sporting vos afaste a tripeirada do caminho...habituaram-se tanto a ter medo e a não confiar nas vossas possibilidades que agora até vos parece mentira. Pois é, quem nasceu para lagartixa nunca chega a Jacaré, amigo mancha.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog