Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Bairro Portugal Novo - não há coincidências

Segunda-feira, 09.03.09

Este país é rico em trocadilhos, em ironias que a riqueza da língua portuguesa nos permite. Mas quando o nome de um bairro degradado, abandonado na sua sorte pelas entidades responsáveis, mal tratado pelos habitantes que o deixaram chegar àquele estado (não me lixem, quem lá vive também é responsável) nos põe a pensar se é este o nosso Portugal novo, a ironia atinge os píncaros da sua função de zombaria. 

 

Não sou especialista na matéria, mas o que me parece que a realidade tem provado em diferentes países e cidades é que dividir as zonas de uma cidade por estratos sociais, encaixotar as classes em guetos nunca deu bons resultados.

Cresci no verde e lisboeta bairro dos Olivais Sul, onde vivam e conviviam na mesma rua, na mesma escola, nas lojas e supermercados do bairro, pessoas dos mais variadíssimos estratos e das mais díspares condições sociais. Na primária fui colega de carteira de ciganos, na preparatória partilhei angústias e balneários com rapazes e raparigas de todas as cores e níveis socias. E funcionava, acreditem. Os miúdos e os graúdos das várias condições aprenderam a viver uns com os outros, a necessidade de que assim fosse aguçou o engenho.

 

As fotografias apresentadas no post foram retiradas deste site: lisboasos.blogspot.com/2008/09/portugal-novo.html

Um site muito interessante, diga-se, que fala sobre as várias Lisboas, a Lisboa degradada que é hoje representada pelo Portugal Novo, mas que amanhã pode estar espelhada em qualquer outro gueto da capital. Estas fotografias não se podem admitir num país desenvolvido, na capital desse país, em qualquer cidade de um país que se diz do 1.º mundo.  Acabem com as coincidências, é o que se pede.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:58


1 comentário

De João Cacelas a 10.03.2009 às 09:43

Acho a ideia de "bairro social" a coisa mais discriminatória que existe. Os tipos da câmara têm uma série de gente que de repente fica sem casa e do que é que se lembram? "Ah, fazemos uma série de prédios todos coloridos, todos alegres e chamamos ao bairro Portugal Novo, como sinal de esperança para um mundo melhor!" Mas todos nós, portugueses, já estamos carecas de saber que isto não resulta, só piora.
Tem que haver acompanhamento social, caso a caso, não é encaixotar tudo classe a classe, como disse e muito bem, que se resolvem as coisas...
Abraço

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog