Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Da bola, da educação, da incerteza do que para aí vem

Quinta-feira, 20.05.10

 

Observando este adepto do Chelsea e o seu encantador rebento (semi-final da FA Cup contra o Liverpool, em 2006), todo um tratado sobre educação e sobre como estamos a preparar a próxima gerãção que nos irá sustentar na velhice e na parca reforma (?) poderia ser edificado. Basta irmos à mercearia da esquina ou ao hipermercado mais à mão para assistirmos a inclassificáveis momentos de (des)educação, situações em que a criança é o rei ditador e os pais meras marionetas nas mãos do senhor todo poderoso. Muitas vezes, como se percebe da imagem supra, são os próprios pais que incentivam o comportamento incivilizado dos petizes. Pergunto-me se esta gente espera que a civilidade, a educação e a decência no comportamento social dos seus filhos lhes esteja marcado nos genes, permitindo-lhes assim desligarem-se de qualquer responsabilidade educativa a esse nível. Não estou ainda propriamente naquela fase decisiva da educação do meu filho (10 mesitos) que implique profundas preocupações desta índole, preocupo-me mais neste momento em fazê-lo comer, rir, resistir aos achaques que a bicheza do colégio lhe vai pegando. Mas sim, procuro já contornar-lhe os vicioszinhos de pequeno ditador que, esses sim, parece que nos vêm com os genes. Sim, seria muito melhor para todos nós sermos amigos, compinchas, os pais mais porreiros do mundo para os nossos filhos. Mas não, nenhum grande homem se fez sem choro e ranger de dentes. Vejam lá o que fazem, eu por mim vou tentar fazer alguma coisa deste diabinho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:25


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

pesquisar

Pesquisar no Blog