Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Reflexão ao cuidado de S. Valentim

Segunda-feira, 14.02.11

 

 

Creio que mais do que vivermos submersos no bulício e na velocidade devoradora do quotidiano o maior problema assenta na inconsciência da coisa. Enterramo-nos sob o cinzento frio das paredes imundas da cidade e nem sequer reparamos que a fuligem nos vai cobrindo como uma segunda pele. Já não ouvimos os motores rancorosos, criámos uma barreira contra as estridentes buzinadelas de cidadãos possuídos por um ódio sem destinatário, como que uma raiva descontrolada que chicoteia cegamente o mundo, a cidade, a garagem do condomínio. Caminhamos ou conduzimos sempre sozinhos, de casa para o emprego, do escritório para o casulo. O cérebro adaptou-se a esse ritmo e fechou-se em si mesmo, na rotina embrutecedora, num tique-taque interminável. Chegaremos ao final do dia imunes à doença da indiferença? Venceremos o fatalismo que esta vida mecânica nos parece querer impor? Sobreviverá o amor?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:23

Apenas Pablo contra o telecomando

Domingo, 13.02.11

 

Fim de tarde e início de noite recheados de bola. Para iniciar hostilidades, o melhor Benfica da época, avassalador e a privilegiar a arte. Não fora a desastrosa primeira volta e certamente o título não seria uma miragem para os lados da Luz. Se algo este Benfica fez pelo futebol espectáculo foi resgatar Pablo Aimar ao esquecimento e ao ocaso futebolístico precoce. O golo de Aimar ao Guimarães foi, para quem verdadeiramente percebe de bola, ainda melhor que o fantástico golo de bicicleta de Wayne Rooney. Aquela recepção é quase impossível, a sincronia entre o domínio da bola e o remate é mais que perfeito, no segundo exacto antes do corte do adversário, no milímetro exacto para onde a bola deveria cair depois de recebida e para onde deveria prosseguir após o remate. Mais tarde, entre o Braga-Porto e o Espanhol-Real Madrid, por entre as diabruras deste fantástico boneco articulado que me alegra os dias, optei por um Madrid à Mourinho, lutador e persistente, que à expulsão de Casillas no 1.º minuto do jogo reagiu com raça, raça e raça. No Porto o desequilibrador é agora um defesa central. Mais do que este facto nos mostrar em que pé está o futebol do Porto, mostra-nos porque é que os estádios portugueses não enchem. Porque o pé esquerdo de Marcelo e o direito de Ronaldo estão à distância de um clique no telecomando.

   

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:27

Apesar de tudo (Olhanense 2 - Sporting 2)

Sábado, 12.02.11

 

 

Naquele que terá sido dos jogos mais difíceis da época pela conjuntura de crise endémica e contagiante que grassa no clube, era noite para os jogadores e a equipa dizerem ao que vinham. E os rapazes, ainda envoltos num denso nevoeiro de dúvidas tentaram rugir mais alto e fazer das fraquezas forças. Contudo, por mais que queiram esbracejar para fora do pântano, creio que o facto de se sentirem sem rede foi mais forte do que eles. Falemos então de quem realmente interessa num jogo de futebol.

  • Já aqui critiquei por diversas vezes Hélder Postiga. Este bom jogador mas azarado homem terá morrido 30 vezes para ressuscitar outras tantas. Liedson saiu e Postiga não tremeu, levantando a gola à Cantona e mostrando finalmente, pela época que tem feito, que é o único ponta de lança do plantel à altura do Sporting.

  • No outro extremo, Daniel Carriço. O jovem Daniel não tem obviamente culpa que gente pouco ponderada o tenha feito crer que era um jogador e homem feito, carregando-o com o peso de uma enormíssima braçadeira de capitão. Não foi por hoje, não foi pelo auto-golo, foi por um jogo de equívocos e destemperos, por um nervosismo que lhe parece habitar a alma, por uma vontade desajustada em se afirmar pelo que não é: um central feito e de confiança.

  • O amarelo de Evaldo que o impedirá de jogar contra o Benfica define-o bem como jogador. Um bom atleta num deserto de ideias.´

  • Torsiglieri – porque não foi aposta mais constante até hoje? Pelo que mostrou hoje é o melhor central que por lá temos.

  • Que Maniche foi um grande jogador e que ainda sabe jogar umas coisas isso é inegável. Que um jogador com 34 anos e um estilo de vida pouco consentâneo com uma saudável longevidade desportiva não podem ser o futuro do Sporting, isso é ainda mais inegável. Ter Matias Fernandez no banco enquanto Maniche dá as últimas pelo relvado é um crime lesa futebol e uma inconcebível demonstração de falta de visão.

  • Jaime Valdés é neste momento o mais virtuoso jogador leonino. Será que a saúde física acompanhará a destreza técnica? E Vukcevic, estará de volta ao buraco negro de onde parecia querer sair?

Para terminar, Paulo Sérgio. Acho que não é treinador para o Sporting, que não tem também qualidades pessoais para ocupar esse posto. Mas que tem andado sozinho e aguentado com todas as desgraças do clube isso é inequívoco. Por isso terá que merecer o nosso respeito. Apesar de tudo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:12

Pink Floyd - "Comfortably Numb"

Sábado, 12.02.11

 

Hello?
Is there anybody in there?
Just nod if you can hear me.
Is there anyone at home?
Come on, now,
I hear you're feeling down.
Well I can ease your pain
And get you on your feet again.
Relax.
I need some information first.
Just the basic facts
Can you show me where it hurts?

There is no pain you are receding
A distant ship, smoke on the horizon.
You are only coming through in waves.
Your lips move but I can't hear what you're saying.
When I was a child I had a fever
My hands felt just like two balloons.
Now I've got that feeling once again
I can't explain you would not understand
This is not how I am.
I have become comfortably numb.

  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por bolaseletras às 12:28

Ruth Brown & B.B.King - "Ain't Nobody's Business"

Sexta-feira, 11.02.11

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por bolaseletras às 22:30

Queremos a bolinha baixa - Zinedine Zidane

Sexta-feira, 11.02.11

 

 

Um acto tresloucado pode ser uma oportunidade. Sem o perceber, Zinedine Zidane procurou no peito de Marco Materazzi a leveza da queda de um mito. Para uns será esse o marco de uma carreira (não confundir com Marco, o italianozeco caceteiro), para mim Zidane ficará na história como o génio com pés de seda. Nunca uma bola foi tratada com tanta suavidade, nunca a comunhão entre uma chuteira e o couro do esférico foi tão perfeito. Zidane afirmava ter uma necessidade incontrolável de jogar intensamente todos os minutos, de enfrentar cada jogo como um infatigável lutador. Talvez essa necessidade e essa força fossem herança de uma vivência difícil, de ter assistido à luta diária de muitos familiares e vizinhos para chegar ao fim do dia. O pai ensinou a Zidane que um emigrante teria que trabalhar o dobro para ser alguém, que nunca deveria desistir. A essa força com que as agruras da vida o recompensaram, Zidane soube juntar arte e génio. Inesquecível e arrepiante, comprovem-no no vídeo que se segue.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por bolaseletras às 18:28

Renunciar à cegueira

Quinta-feira, 10.02.11

 

 

Chateia um bocadinho isto de aprofundar frases perfeitas que supostamente tudo dizem. Mas além da minha natural tendência para o aprofundamento desesperante é minha convicção que não há frases perfeitas, por mais limadas que estejam. Tudo pode ser visto por diversos prismas, não há palavras que esgotem o sentido das suas infinitas combinações. Um daqueles raros amigos que considero do peito nunca viu a beleza do mundo, das mulheres, daquilo que o homem conseguiu não estragar. No entanto, a sua cegueira física não o impediu de ver mais beleza no mundo e nas mulheres do que a esmagadora maioria de nós alguma vez verá. Se ele consegue alhear-se daquilo que para a maioria dos mortais seria motivo para uma vida infeliz, e ainda espalhar em seu redor amizade, humor e felicidade, devíamos todos cobrir-nos de vergonha por esta congénita incapacidade de nos declararmos felizes, de vivermos apartados da razão porque supostamente cá andamos. Ver é observar sem vontade de mudar, ter visão é saber que não teremos nova oportunidade de mudar a nossa vida. Concretizar a visão é renunciar à cegueira em que vivemos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:13

Gonçalo, para nunca te esquecermos - R.I.P

Quarta-feira, 09.02.11

 

 

Do teu sorriso, da tua amizade, da tua boa disposição contagiante. Da honestidade, do bom fundo, da natural inclinação para fazeres felizes os que te rodeavam e amavam. De seres um puto traquina, do teu cabelo loiro de adolescente irreverente. De rir contigo. De beber copos contigo. Da cumplicidade. Da inocência desinteressada que só os bons rapazes sabem preservar. De ti Gonçalo, nunca nos esqueceremos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:28

Mistura explosiva: Chuck Berry e Keith Richards

Quarta-feira, 09.02.11

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por bolaseletras às 19:07

A solução blogosférica

Terça-feira, 08.02.11

Muito se fala que mais do que dinheiro e fundos hipotéticos, a importância deste acto eleitoral passa pela discussão de um projecto capaz e mobilizador de todos os sportinguistas.

 

A proposta que faço aos autores blogosféricos leoninos é constituída por um projecto com dez mandamentos essenciais para a regeneração necessária do nosso clube, sendo que cada um dos mandamentos será anunciado pelo autor escolhido pelo autor anterior.

No final, o projecto deverá ser enviado para o blogue inicial “Sporting Unido” (http://sportingunido.blogspot.com) para a divulgação do resultado final.

 

A Solução Blogosférica:

 

1 – Apostar na identidade leonina da formação que caracteriza o Sporting, complementada pela maturidade competitiva e irrefutável que os investimentos no futebol deverão acrescentar.

 

2 – Limpeza total de elementos de Direcções anteriores como forma de se adoptarem novas regras de gestão livres de quaisquer suspeições de mudança na continuidade.

 

3 -  O Sporting Clube de Portugal é um clube também caracterizado pelo seu enorme ecletismo, pelo que os futuros Dirigentes do clube tudo deverão fazer para o promover e dinamizar. A realidade das modalidades nunca deverá ser esquecida e o compromisso com as mesmas e o seu futuro deverá ser claramente assumido, dotando-as das melhores condições e equipamentos. No futebol, como em todas as modalidades, o Sporting Clube de Portugal deverá ser um clube Campeão!

 

4 - O lema "esforço, dedicação, devoção e glória" não poderá ser uma mera combinação de palavras. O esforço deverá ser até à última gota de suor, a dedicação incondicional, a devoção por amor ao clube, a glória o objectivo máximo de todos aqueles que tenham a honra de servir o Sporting.

 

Lista de Participantes:

1 – Gonçalo Cardoso ( Sporting Unido )

2 – Tité ( Leoa Assanhada )
3 – Porta 10A
4 – António (Bolas e Letras)
5 – Teresa (I Got Sun in the Morning)
6 –
7 –
8 –
9 –
10 –

Passo o seguinte desafio ao I Got Sun in the Morning

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:24






mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog