Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Entretanto, no Rio de Janeiro...

Sábado, 24.09.11

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:30

Porto 2 - Benfica 2

Sexta-feira, 23.09.11

 

  

Os jogos mais interessantes são aqueles que nos revelam a filosofia de um clube, de um modelo de gestão, de um treinador. O Porto, que assenta muita da sua qualidade na estabilidade que tem mantido no seu plantel (com a excepção de Falcão, manteve os seus melhores jogadores), perdeu no entanto a qualidade extra que lhe dava um treinador como Villas Boas. Gritante a diferente forma de estar no futebol de Villas Boas e Mourinho face a Vítor Pereira. Se estes falavam de futebol de peito aberto e sem os medos e subterfúgios de outros tempos, com Vítor Pereira voltou o discurso para dentro e monocórdico, chegando a roçar o ridículo quando há umas semanas afirmava que não tinha visto ainda o Benfica jogar porque andava muito ocupado. Esta personalidade manifesta-se na inferioridade que demonstra em mexer nas peças do onze durante o jogo quando comparado com Jorge Jesus. Se neste ponto da gestão pinto da Costa e sus muchachos não me parecem ter sido muito felizes, já no que respeita a encontrar pérolas como Kléber por tuta e meia mostra-nos que o jeito não se perdeu (apesar de não ser o meu estilo de ponta de lança, para as competições internas chega e sobra). O Porto mantém-se forte mas muito dependente do poder de explosão de Hulk, que quando não marca tanto massacra e assusta o adversário que inevitavelmente outras brechas surgem.

 

 

No Benfica apesar da excessiva rotatividade do plantel de uma época para a outra, Jorge Jesus tem conseguido alicerçar os jogadores a um sistema e a uma filosofia de jogo. Cardozo, esse mal amado, insiste em demonstrar a falta de cultura futebolística dos adeptos benfiquistas que continuam a achar que um avançado mortífero tem correr como um Futre e fazer números artísticos como um Maradona. Depois, e aposto que muita gente se vai esquecer disto, Artur tirou dois golos certos a Hulk e Fucile. Neste aspecto o Benfica apostou e acertou em cheio, tem guarda-redes para os próximos anos. Para finalizar, não podia falhar. A tristeza, e digo-o sinceramente, a tristeza por sentir que a capacidade que Jesus tem de melhorar e rentabilizar os seus jogadores não trará qualquer fruto para a selecção de todos nós. O Benfica tem enormes responsabilidades para com o futebol português, não pode esquecê-las e entrar em campo com 11 jogadores estrangeiros. Fazê-lo é um crime lesa futebol português, perceber a beatitude com que os seus adeptos encaram este facto é lamentável. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:48

Sérgio Godinho - "O acesso bloqueado"

Sexta-feira, 23.09.11
 
O Sérgio está de volta. A pensar no futuro e a esquecer o passado, o que não sei se me agrada muito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por bolaseletras às 18:09

Ninfas dos courts - A bola de luz

Quinta-feira, 22.09.11

 

 

A fama em tenra idade nunca foi boa conselheira nem garante de um futuro límpido e feliz. Ana Ivanovic disse-o enquanto se mostrava como o exige a fama a que ela sabe não poder fugir. Como os insectos que se aproximam irresistivelmente da luz sabendo que provavelmente ela será o seu fim, também Ana e muitas outras jovens tenistas se encostam aos holofotes da fama sabendo que são o seu ganha-pão mas, muitas vezes, talvez cegas pelas luz, parecendo desconhecer que esse sol também pode queimar. Tudo se deveria resumir a uma bola de ténis. Mas nem tudo é tão simples como deveria ser.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:51

O Bolas e Letras está no twitter

Quarta-feira, 21.09.11

 

 

Não sendo a novidade do ano, é certamente a novidade do minuto, pelo menos aqui no prédio. O Twitter vale acima de tudo como fonte de informação, sobretudo se forem seguidos os "twitadores" certos. Se quiserem seguir-me por lá, basta ir ao botão aqui à direita, logo abaixo do contador de visitas. Uma santa noite para todos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:17

O Verão da brasileirinha

Quarta-feira, 21.09.11

 

 

Agora que se foi o Verão fica a nostalgia por saber que noutros locais na terra o sol continuará a brilhar, o mar a apresentar-se como o paraíso ansiado, as mulheres não deixarão de exibir-se em toda a sua plenitude. O Verão da brasileirinha mostra-nos que o modo como levamos a vida não faz sentido nenhum, constantemente no local errado à hora errada, eternamente desfasados do hemisfério onde vale a pena estar. Algum dia o homem perceberá que viver em contraciclo com o que o faz feliz é a mais obtusa forma de viver. Algum dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:17

O assédio - A chantagem

Terça-feira, 20.09.11

 

 

"Aproximou-se da porta que dá para os outros aposentos, com o ouvido atento. O silêncio é total, mas ele sabe que a mulher está ali, no quarto do costume, com os lábios contraídos e o olhar baixo, a bordar ou a olhar para a rua através das persianas da varanda. Imóvel como é costume, impassível como uma esfinge e calada como a censura de um fantasma. Com o terço, de que noutros tempos não afastava os dedos, esquecido na caixa da costura. Também não há lamparinas acesas diante da imagem do Nazareno posta numa urna de vidro, no corredor. Há muito tempo que ninguém reza nesta casa."

 

Em tempos de guerra a fé sobrevive como âncora da vida. Mas a fé mantém-se apenas no coração dos homens enquanto lhes garante a vida própria e a dos seus, a saúde, o tilintar das moedas que lhes adoça a existência. Pérez-Reverte explora com sabedoria os becos em que a fé definha e acaba por morrer, encurrala-nos com as almas descrentes na escuridão do desespero. A fé, enquanto fio condutor que nos mantém ligados à esperança, representa tão só uma chantagem que o destino executa na perfeição. Se queres viver tens que venerar, se buscas a luz eterna terás de persignar-te aos Domingos de manhã. As simple as that.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:35

Rio Ave 2 - Sporting 3

Segunda-feira, 19.09.11

 

 

Texto escrito ao intervalo

Uma equipa ainda em entrosamento mas com uma subida consistente no seu desempenho. Inegável a melhoria que contagia toda a equipa pela entrada de jogadores muito acima da média (Elias e Insua), pela aposta em jogadores cheios de vontade de mostrar trabalho (Wolfswinkel e Carrillo) e, inevitavelmente, pela saída de jogadores que teimavam em associar-se aos maus resultados e exibições (Postiga, Djaló e Evaldo).

 

Texto escrito no final do jogo

Se começam a perder é essa a razão do descalabro, mas pelos vistos começar a ganhar também lhes arrefece a vontade. Patrício precisa urgentemente de um banho de banco e de uma limpeza cerebral, Domingos precisa de perder aquele ar de desespero quando a coisa corre mal. Nós, adeptos, precisamos que a equipa de vez em quando puxe por nós, que andamos a correr atrás do prejuízo há tempo demais. Vá lá que o gigante americano se valeu do seu 1,94m e de um grito de raiva que lhe ia rebentando com o peito. Com 95% dos jogos de futebol consigo alinhar a estrutura e o sentido de um texto ao intervalo, com o Sporting as estimativas saem sempre furadas. Estou tão cansado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:10

Sou capaz de apostar que ao fundo é Hong-Kong (ou então é muito parecido)

Segunda-feira, 19.09.11

 

 

Nunca fui a Nova Iorque. Mas vendo sempre aos meus amigos a ideia de que não será mais fascinante que Hong-Kong. A juntar aos edifícios sem fim, às torres intermináveis e aos néons enebriantes, há a montanha, o mar, o incenso e o mistério único do Oriente. E as noites, as noites loucas de Hong Kong. What a place!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:04

Já chegámos à Madeira?

Domingo, 18.09.11

 

 

Depois de assistir a jogos do campeonato inglês, ver a um jogo do campeonato luso, neste caso o Benfica-Académica, é um puro exercício de masoquismo. Já não falo tanto da inferior competitividade, mas sobretudo do enjoo que é aturar inevitavelmente as habituais lengalengas. Sim, falo do penalty nítido de Bruno César logo no início do jogo que o árbitro transformou numa inofensiva falta de fora da área. Como não mudar de canal? Como não pensar que tudo isto está viciado? O pior é que mudo para o Levante-Real Madrid e levo com mais um momento de loucura/raiva assassina/descontrolo adolescente de Pepe. Será que nem Mourinho tem mão neste rapaz? Cansado de tudo isto faço novamente zapping e eis o brilhantismo do Professor Marcelo, o brilho da retórica, a puta da crise que não pára dos nos atormentar, o Professor que tem pena de João Jardim mas é incapaz de dizer ao povo que o escuta como se fosse Deus, que este tiranete mais não é que um desavergonhado populista irresponsável. Para fechar em beleza diz-nos o Professor que o indigitado presidente da GALP, outro amigo, o Professor Freitas do Amaral, é pelos vistos um perito em assuntos petrolíferos. É também este um dos problemas do país - que os nossos líderes de opinião estejam presos a amizades, partidos, a compromissos presentes e futuros. Uma nação de gente acorrentada a interesses, uma ilha à deriva e na palma da mão de um tiranete.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:02






mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog