Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O nosso ponta de lança para o europeu, se houver tomates

Domingo, 05.02.12

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:34

British humour at his best

Domingo, 05.02.12

 

 

77 min: Torres should wrap it up. Torres has to score. Shoot, Torres. Shoot! You're seven yards out, shoot!

 

78 min: He didn't shoot. Instead he got tackled. His confidence in front of goal is at an all-time low. You'd have to wonder what would happen if a Torres shot ended up on target with De Gea in goal. Probably a split in the time-space continuum, with Andy Carroll ending up as Prime Minister.

 

Roubado daqui, como não podia deixar de ser.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:50

O Vasco e o estado social aos bocados

Domingo, 05.02.12

 

 

O cronista mal-amado por uns e idolatrado por outros, Vasco Pulido Valente, tem tanto de génio como de besta. Indesmentível é que quando a verve está mais inclinada para a genialidade tende a acertar na mouche e a não deixar feridos para trás. O retrato que faz das razões da decadência do Estado social é inatacável.

 

"Quando chegou o "25 de Abril", ainda se tentava por aqui e por ali resistir à evidência. A América, enterrada no Vietname, deixara de ser o banqueiro universal. Na "Europa" (agora já com aspas) o crescimento diminuía e o desemprego aumentava. Pior do que isso, o Estado social, orgulho do socialismo (e da democracia-cristã), esse "modelo" que a velha esquerda exibia triunfante à inigualitária América, começava a falhar: por falta de financiamento e de eficácia, por excesso de burocracia, pelo peso de uma carga fiscal cada vez maior. E, sobretudo, porque não se conseguira limitar e ano a ano absorvia, como é óbvio, em nome de altíssimos sentimentos, funções de uma indefinição utópica ou de irresponsabilidade radical, que dinheiro nenhum seria capaz de sustentar."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:10

Sporting 0 - Gil Vicente 1

Sábado, 04.02.12

 

 

No futebol em geral e no Sporting em particular, quando as coisas correm mal parece que há uma atracção fatal para que o abismo se aproxime a passos de gigante. Parece que tudo ajuda ao descalabro, ao erro, à parvoeira. Como ter uma equipa técnica que sabe certamente que os avançados contrários são terrivelmente móveis e rápidos mas continua a apostar num Polga acabado e num óptimo Onyewu que faz tudo menos ser rápido. Não há alternativas? Há Carriço em vez de Polga e um Xandão que aquece o banco sabe Deus ou o seu empresário porquê. Como não podia deixar de ser, também o árbitro não podia deixar de dar o seu contributo fechando os olhos a uma grande penalidade sobre Matias. Alguém acha que numa fase tão decisiva do jogo esse penaltie não seria marcado na Luz ou nas Antas? Se acha que eu estou a exagerar então badamerda para quem acha isso!

 

Não chega um Matigol a espalhar classe pelo relvado, não chega um Carrillo a desiquilibrar com pertinência e sempre perto do golo. Não chega porque tudo o resto é um deserto. Wolfswinkel regressado de lesão pouco podia fazer, Capel parece ter-se enredado no seu futebol demasiado rendilhado e individualista para uma equipa à deriva, André Santos tem nos genes uma incapacidade congénita em jogar para a frente. Não chega querer é preciso poder e neste momento esta equipa parece presa na nuvem negra que se instalou sobre o universo sportinguista. É preciso um golpe de asas senhores dirigentes, é preciso superação senhores jogadores. Porque o Sporting é muito mais do que isto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:50

Boss AC e SIC Notícias em grande (os actores secundários é que são bem manhosos)

Sábado, 04.02.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 11:56

E é mais ou menos isto (com lágrimas nos olhos e a raiva a dilacerar-me o coração de leão)

Sexta-feira, 03.02.12

 

 

"Se o Sporting vendesse tudo o que tem (o ativo), ainda ficariam por pagar 183 milhões de euros. É isso que quer dizer falência técnica, ou ter capitais negativos. Em linguagem coloquial diz-se “buraco”. E esse buraco foi crescendo em cima de dívida bancária, sobretudo do BCP e do BES, que sustentou alegremente a inviabilidade crónica de um clube que tem cabeça de leão mas pés de gato.

 

A tudo isto chama-se má gestão. Se fosse uma empresa, não haveria apelo nem agravo: fechava, era liquidado e os credores tomavam conta dos ativos. Mas no futebol a massa associativa vale mais que a massa falida, o que aponta para novas necessidades. O Sporting não pode ter resgates do Estado, precisa, sim, que os bancos perdoem parte da dívida, que acionistas (angolanos) aumentem capital e que a gestão desenhe um modelo em que as receitas sejam pelo menos iguais a custos. Ou arruma as contas ou arruma as botas."

 

Pedro. S. Guerreiro, ontem, no Record

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:55

Não é suficiente?

Quinta-feira, 02.02.12

 

"A police alsatian attempts to relieve Fortuna Dusseldorf forward Dieter Woske of his shorts after sliding into the net trying to convert a cross against Koln, 1959" (fotografia roubada aqui)

 

 

Se há coisa que sempre me fez impressão foi a “educação” de cães para efeitos de “segurança”. Ainda mais quando todos sabemos que o que esses cães formatados para atacar o ser humano irão fazer é atacar todo aquele que fugir ao padrão que lhes tentaram meter nas pobres cabecinhas. Como o mais natural é que o ser humano ande pelas margens do padrão, um desgraçado que deslize pela relva na tentativa de marcar um golo arrisca-se a ser rasgado pelos dentes da fera. Se na natureza do animal está em boa parte a ferocidade porque razão atiçar-lhe ainda mais esse hemisfério do instinto? Não é suficiente a maldade e a violência humana? 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:00

Pensar na vida

Quarta-feira, 01.02.12

 

Fotografia de Eve Arnold - "Bar girl in a brothel in the red light district" - Havana, Cuba, 1954

 

Vender o corpo e não conseguir fugir de um estilo de vida. Só saber fazer isso, só ver a cor do dinheiro a partir do prazer alheio, da dor física, da indiferença. Beber para nada sentir, beber mais quando a dor volta, beber mais ainda quando a consciência ameaça a sanidade. Sentir que o desespero daquele dia se repetirá no dia seguinte, nos meses que faltam, nos anos de desespero que tem pela frente. Sentir que a vida não faz sentido assim vivida. Beber para perder a consciência da dor que é pensar na vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:49


Pág. 4/4





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog