Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Resumo da jornada futebolística em tons de silly season

Segunda-feira, 19.08.13

 

 

Tendo regressado hoje ao trabalho apercebo-me que mesmo pelas gaiolas envidraçadas e climatizadas onde labuto a silly season se recusa a partir. Assim, sem tempo e paciência para mais deixo uma nota minha sobre a jornada desportiva de ontem (a relativa ao enormíssimo Montero) e outras que roubei algures pelas redes sociais. É o que temos.

 

“Soletrem bem e tenham medo infiéis, tenham muito medo: M-O-N-T-E-R-O!!!”

 

“Agora percebo a mulher do presidente do Olympiacos - também já estou apaixonado pelo Leonardo Jardim”.

 

"Eu queria jogar à bola ao Domingo à tarde // Não queria ver na TV // Mas porquê,  mas porquê,  não posso porquê? Perguntem ao Catió Baldé".

 

“Apesar de tudo, o Benfica está muito melhor. Houve confusão no relvado no final do jogo e o Jorge Jesus não levou na tromba."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:43

Bola preta no buraco do canto mais afastado

Sábado, 17.08.13

 

 

Esta fantástica fotografia de Wayne Miller desperta-me a memória para os anos de tenra juventude em que o snooker dominava tardes, noites e mesmo algumas manhãs em que os professores faltavam ou em que eu faltava aos professores. A tensão na sala atingia demasiadas vezes níveis de cólera surda, de ódios assassinos, de silêncios insuportavelmente violentos. A bola que por milímetros destruía toda uma estratégia, o efeito demasiado caprichado e caprichoso, aquela gota de suor que abalou inapelavelmente uma montanha de concentração. Há anos que não jogo snooker. É melhor assim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:49

Regras de ouro da silly season

Quinta-feira, 15.08.13

 

 

Não penses, não fales, não vejas. Deixa que o vazio te preencha os sentidos, que a leveza te ocupe o cérebro como algodão doce. Não permitas que o mundo te perturbe, que gente amante do stress e de preocupações triviais ou profundas te arraste para o inferno do quotidiano. É tempo para não perder tempo com o tempo que a vida nos suga. Desliga, não penses, não fales, não vejas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:23

Portugal 1 - Holanda 1

Quarta-feira, 14.08.13

 

 

Em tempos de silly season não faz sentido uma análise muito aprofundada do desempenho de hoje da selecção. Quem acompanha as minhas opiniões sobre a equipa de todos nós sabe que sou um acérrimo defensor de Paulo Bento. Mas hoje, mesmo descontando as inevitáveis concessões próprias de um Verão quente e silly, confesso que me custou ver dois, logo dois Rubens em campo, e voltar a ver o famoso fenómeno que antes de ser já o era, o jovem Nélson Oliveira que sem nunca nada ter feito num clube passou a presença constante na selecção. A somar a isso, começo a desconfiar do fenómeno Danny, o torpedo que não deu no Sporting, não dá na selecção e que só dá na Rússia porque os pais devem ser comunistas. O Postiga viverá mais uns anos dos milagres que tem operado por Espanha mas manterá a nossa frente de ataque frágil e demasiadas vezes inofensiva.

 

CR 7 marcou o golito da ordem, isso apesar de, vergado sob o peso de carregar uma equipa desconexa às costas, ter falhado inúmeras recepções de bola e passes, concentrado que estava em salvar a equipa. Muito bem Luís Neto, central de futuro na equipa de todos nós, excelentes a atacar Coentrão e João Pereira, este com uma segunda parte de luxo. Eu sei que nos faltam jogadores para se fazer uma equipa imbatível, Paulo, mas diria que essa mania de querer ter um grupo coeso em detrimento de convocar os jogadores em melhor forma por vezes pode ser contraproducente. Vê lá se consegues mitigar a força do grupo com a chamada de rapazes que se andem a destacar nos últimos tempos (sei lá, diria o Adrien e o Licá, o primeiro em vez de um André Martins que tem estado na sua sombra, o segundo em vez do Pizzi e do Nélson Oliveira que pouco ou nada têm mostrado). Vê lá isso, Paulo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:55

Tempos houve em que achei o ping pong um jogo enfadonho

Terça-feira, 13.08.13

 

 

Fotografia de um intenso jogo de ténis de mesa (ping pong é pouco fino, fica só para o título) entre Henry Miller e uma formosa jovem

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:20

A silly season por uma língua de areia

Segunda-feira, 12.08.13

 

 

Uma língua de areia de escassas centenas de metros de largura atravessa a ilha de Faro, separando a ria Formosa (fotografia acima) da praia banhada pelo Oceano Atlântico (fotografia a fechar este texto). Ilha de algum turismo, sobretudo dos chamados “turistas internos”, os habitantes de Faro que não concebem a sua cidade separada da ilha. Ilha de muitos pescadores, de muitas habitações chamadas de “ilegais” que albergam no Verão as famílias daqueles que viveram como ninguém as agruras e as dores do mar. Hoje o mar é prazer e lazer, ontem foi mata bicho, labuta e sofrimento. Dificilmente esta ilha torna um amador da câmara fotográfica como eu num mau fotógrafo, é fácil brilhar assim.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:04

Sporting 3 - Fiorentina 0

Domingo, 11.08.13

 

 

Bruno Carvalho a vibrar no banco como um adepto ferrenho, Leonardo Jardim a pegar em mais de metade de uma equipa com jogadores novos e a pôr os rapazes a jogar como andassem ali a trocar bolas juntos à meia dúzia de anos, as pérolas da academia que parecem cerejas a brotar sem parar (Ruben Semedo, William Carvalho, hoje mais que todos), contratações baratas ou a custo zero a mostrarem que podem dar muito que falar (Montero e Jefferson hoje em primeiro plano), enfim, um Sporting de tirar o fôlego! Os 5 violinos hoje estariam orgulhosos de vocês, rapazes, vamos a eles!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:04

Benditos

Sexta-feira, 09.08.13

 

A modorra do mar e do sol não me permitem acompanhar a novela dos SWAP´s e o perdão requentado de Tacuara Cardozo. Sinto que pouco perdi mas, ainda assim, dá para perceber que escasseia aos poderes institucionais deste país a capacidade/vontade para punir justa e devidamente os autores destes golpes SWAPistas. Por outro lado, na catedral da Luz perdoa-se, mesmo que ao retardador, para não se perder dinheiro, para se satisfazer crentes que clamavam pela hipocrisia de um perdão de sorriso amarelo. Diria que o meu bloco noticioso de quase duas semanas de férias se resume a isto. Benditos mar e sol.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:17

O Luís maluco

Quinta-feira, 08.08.13

 

 

Do Luís maluco lembro-me da voz grossa como um trovão, das roupas andrajosas invariavelmente acompanhadas de um sobretudo negro e seboso, da barba por escanhoar, das calças tantas vezes a cair e a revelar as vergonhas, dos insistentes “dá-me um cigarrinho” ou “20 escudinhos prá bica”. Emociono-me quando vejo tanta gente que o recorda com estima num grupo facebookiano dos Olivais, quando a fotografia acima é postada é acompanhada de dezenas de likes e comentários saudosos. Na infância o Luís maluco inspirava-me medo, na ignorante adolescência algum desprezo pelo que me parecia uma vida desperdiçada, mais para a frente achava curioso como o Luís ia vivendo a sua vida tão longe do que parecia ser a vida de toda a gente, naquele seu estranho jeito de ser feliz. Podia aproveitar esta personagem para encetar uma brilhante teoria sobre se os loucos deveriam, não apresentando perigo para a sociedade, vaguear à solta e poder ser felizes nessa liberdade inconsequente, ao invés de institucionalizados e fechados para o mundo. Não me apetece quebrar os votos jurados no início da silly season, mas creio que um dia não resistirei em voltar ao tema (para memória futura, desenvolver o tema juntamente com uma análise ao filme “Os idiotas”, de Lars Von Trier”).

 

Leio os comentários dos olivalenses saudosistas na montra da rede social por excelência e relembro outros deliciosos pormenores do Luís maluco. Para o Luís o presidente da Rússia era o Demis Roussos e o rei da França o Chales Aznavour. O Luís lia o jornal de pernas para o ar melhor do que muita gente o lia com as letras devidamente ordenadas. O Luís dizia que na barriga tinha um sapo e explicava às crianças que o apêndice clinicamente não tinha qualquer função no corpo, mas que se um dia fossem para um safari e se vissem encurraladas por um leão podiam fazer uma incisão, retirar o apêndice e oferecê-lo aos leões ganhando assim tempo para a fuga. Descobri também no facebook, por um sobrinho que interveio nos comentários, que afinal o Luís não morreu por “fogo posto”, mas que de facto foi queimado numa axila. Na sequência, os tratamentos no hospital não evitaram uma fatal paragem cardíaca. O Luís morreu há duas mãos cheias de anos e é recordado por tanta gente, com tantos pormenores. A falta que fazem os loucos nas nossas impolutas ruas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 01:26

Sporting 2 - West Ham 3

Terça-feira, 06.08.13

 

 

Ontem fiz algumas dezenas de quilómetros para ver uma equipa de tenros e jovens leões soçobrar perante uma sabida, clássica e dura equipa very british. Apesar da qualidade, somos demasiado jovens, demasiado inexperientes, demasiado leves e baixos. A técnica de Montero perde-se na sua fragilidade física, a arte de Chaby e André Martins afundam-se na sua falta de arcaboiço. Os defesas laterais custam-me a comentar, Evaldo não porque tenha jogado mal mas porque sabemos que nunca irá sair daquilo, do “até vai desenrascando”. O rapaz do lado direito, o Weldon ou parecido teve o azar de ter caído na linha lateral onde eu estava sentado no peão. O moço esteve perdido todo o jogo, falhava tempos de entrada pelo chão ou pelo ar como um pombo cego falha esmolas de pão molhado. Carrillo tem ainda que decidir se quer efectivamente dar um grande jogador ou um inesquecível brinca na areia, Cissé tem ainda que perceber se o que anda por ali a fazer é de facto jogar à bola  (Leonardo, foste mesmo tu que escolheste este artista?).

 

Destacaram-se um recuperadíssimo e ultra confiante Adrien, que assumindo o comando do meio campo e viu em Maurício um duro patrão da defesa, um homem que bate e grita forte, aquele tipo de patrão que esta equipa de jovens jeitosos necessita. Há ali alguma matéria prima, mas Leonardo Jardim tem um trabalho de Hércules pela frente. Pelo que vi ontem posso desde já alertar a turba leonina que não vai ser um ano fácil. Coragem, rapazes e raparigas de coração de leão!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:05






mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog