Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O que faltou e falta à selecção portuguesa?

Domingo, 29.03.09

Ponto prévio: A análise mais esmiuçada que seguidamente é feita tem como base um único pressuposto. Actualmente a nossa selecção, apesar de ter o melhor jogador do mundo, tem um nível de qualidade média, abaixo das grandes selecções europeias como Espanha, Inglaterra, Itália e França. Daí as dificuldades serem naturais, mas para a maior parte dos escribas e do povo que ama a selecção esta situação é vista como um escândalo. Não é, é natural como as actuais limitações.Vejamos então, ponto por ponto:

 

 

O guarda-redes: Pensem em Casillas, Buffon, James, Van der Sar. Olhem agora para o simpático e esforçado Eduardo, o renegado Quim, o alto e desconhecido Daniel Fernandes. Hoje não precisámos de um bom guarda-redes, mas a falta de excelência nesse lugar específico já foi sentida e, acreditem, irá voltar a revelar-se.

 

Os laterais: Bosingwa é um excelente lateral a atacar e a estadia no Chelsea tem-lhe feito bem à consistência defensiva. A lateral esquerda é um deserto que obriga a adaptações que violam a lógica das coisas, certamente o Duda perguntar-se-á o que fará num lugar que não é o seu. Dá o seu melhor mas nunca chegará, manifestamente.

 

 

Os centrais: Inequivocamente a posição onde nos batemos de igual para igual com os melhores. Pepe, Ricardo Carvalho e Bruno Alves são 3 centrais de excelência, queira Deus e o Professor que não se confunda a boa vontade e qualidade do Pepe com uma opção constante para o lugar de trinco.

 

 

O meio campo: Tiago, Raúl Meireles e a adaptação Pepe. Não é, não pode ser o meio campo de uma selecção europeia dominadora, que vence habitualmente e com naturalidade, que tem um espírito ofensivo dinamizada por um meio campo concretizador. A dependência de Deco é reveladora da mediania deste meio campo.

 

 

Os extremos: Temos o melhor do mundo que sofre cada jogo que passa pela falta de Rooney, Tevez ou Berbatov. Por isso hoje andou por lá a fazer de ponta de lança, a perder-se no meio das torres suecas. Este "isolamento" de Ronaldo no marasmo de qualidade na frente de ataque da selecção está a desgastar Ronaldo na selecção, a desesperá-lo, arriscamo-nos a ter um melhor do Mundo em tudo o resto menos na selecção. Arranjem companhia para o miúdo, apetece gritar. Simão valia 10 a 20 golos no Benfica, no portuguesinho campeonato. Em Espanha é mais um, raramente marca, lá vai jogando bem como colegas como Aguero e Forlan ao lado. Na selecção sente a falta destes dois, como Ronaldo sente a falta dos Rooney e companhia, com a agravante que Simão não vale meio Ronaldo pelo que disfarça pior o deserto na grande área adversária.

 

 

O ponta de lança: A tragédia. Hugo Almeida não vingou no Porto e vagueia no Werder Bremen por entre a titularidade e o banco. Serve por vezes para o musculado futebol alemão, nunca poderá servir para uma grande selecção. O que lhe sobra em potência falta-lhe em killer instinct, qualidade essencial à sobrevivência de um ponta de lança. Nuno Gomes é finito, Edinho é um sinal do desespero, a esperança Orlando Sá é suplente do Renteria no Braga. Enfim, esta tragédia não é grega, é bem portuguesa e não tem fim à vista.

 

Duas perguntas restam:

 

1. Resultado final? O que está à vista e que só com muita sorte não descambará no não apuramento da selecção para o Mundial da África do Sul.

 

 

2. Como conseguiu então Scolari resultados bem melhores que os actuais? Porque durante algum tempo ainda foi tendo Figo, Rui Costa, Pauleta e Petit. Porque o grau de motivação que incutiu na selecção permitiu a superação em determinados momentos chave. Mas o balão foi-se esvaziando nos últimos tempos, foi crescendo o alerta de que a mediania actual estava a chegar.

 

Soluções?

Levar de volta o professor às selecções jovens para que o viveiro de grandes jogadores portugueses volte a dar frutos. Ah, e apelar ao patriotismo de Mourinho, único milagreiro capaz de converter as fraquezas desta selecção em forças.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:42





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog