Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O animal moribundo (pérola 2) - Obsessão parasita

Segunda-feira, 13.04.09

 

Este trecho de o "Animal moribundo" coloca-nos uma questão que toda a literatura, sobretudo as manifestações mais perturbantes e intimistas desta arte, nunca deixará de despertar no nosso espírito. Quantas destas palavras pertencem ao núcleo do ser humano real e palpável distinto do escritor, quantas destas palavras não são pura ficção mas sim o concreto pensamento e sentir do ser por trás do artista? Também esse mistério e a sua não revelação enobrecem a literatura, também essa incerteza nos aproxima de Roth enquanto percorremos a sua obra.

 

"A única obsessão que toda a gente quer: «amor». As pessoas pensam que ao amar se tornam inteiras, completas? A união platónica das almas? Eu não penso assim. Penso que estamos inteiros antes de começarmos. E o amor fractura-nos. Estás inteiro e depois estás fracturado, aberto. Ela foi um corpo estranho introduzido na tua totalidade. E durante um ano e meio lutaste para o incorporar. Mas nunca serás inteiro enquanto não o expelires. Ou te livras dele ou o incorporas através da autodeformação. E foi isso que fizeste e te levou à loucura."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:50


2 comentários

De Teresa N a 14.04.2009 às 12:57

Olá António,
Intrigada pelo seu próprio entusiasmo acabei por ler um dos livros de Philip Roth - Todo-O-Mundo, onde o confronto com a morte é uma constante. Concordo absolutamente quando diz que somos atraídos pelo seu conteúdo e estilo, e acrescentaria que a sua experiência de vida será também neste caso uma mais valia, que funciona um bocadinho como uma antevisão do que nos espera!? O próximo desafio será um segundo livro, mas desta vez vou apostar na língua de origem. No regresso de férias, como tinha um voo de ligação não me deu tempo de procurar no aeroporto, mas se não encontrar agora aqui na Fnac mando vir de certeza. Até lá obrigada pela dica, e pela inspiração. Continuo a apreciar o seu blog pelo grafismo, originalidade dos temas, um certo humor, e claro está a qualidade da escrita. Até breve/Teresa N
http://caprichodointelecto.blogspot.com/

De bolaseletras a 14.04.2009 às 23:05

Olá Teresa,

Fico contente que tenha entrado no mundo de Roth e sobretudo que tenha percebido o seu fascínio. Nunca li na língua de origem, acho que tem muito a ver com o facto de considerar a língua portuguesa mais rica. Mas sim, há coisas que se perdem quando a língua não é a de origem.

Obrigado pela simpatia quanto ao blogue. Continue com o Roth que não se irá desiludir.

António

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

pesquisar

Pesquisar no Blog