Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Do amor pelos ódios de estimação

Terça-feira, 26.10.10

 

Micah Ganske, artista nascido em Honolulu, Hawaii, em 1980

 

Do inúmero rol de pequenos ódios que um tipo implicativo como eu vai contraindo, há uns a que me afeiçoo e que procuro perpetuar, contra tudo e contra todos, contrariando a corrente como um náufrago procura contrariar o destino triste e certo. A máquina fotográfica digital, essa invenção do demónio, está no topo das intermináveis azias que me alimentam os saudáveis ódios de estimação. Abandonou-se a procura da melhor foto, do melhor ângulo, da luz ideal, para se eleger como novo paradigma da fotográfica arte o teste, o erro sem consequências, a interminável experimentação que corrói a incessante e louca procura da perfeição. E depois aquela sensação de que à minha volta ninguém olha com os olhos da cara e da alma. Impera agora a espreitadela do outro lado da lente, espia-se por detrás de uma obscura e insensível maquineta insaciável, dispara-se ao desbarato como se a cada segundo a realidade estivesse em constante mutação. Olha-se sem se ver, regista-se sem sentir. E assim caminhamos, autómatos, para um imenso mar de mediocridade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:24


4 comentários

De Teresa a 27.10.2010 às 10:44

Oh António. Tu odeias uma das coisas modernas que eu mais amo. Nunca mais faltou rolo - as fotos trapalhonas sucedem-se (não há máquina que me bata ;)) - e é cá um alívio poder "estragar" rolo à vontade ahahahah.

Nas últimas férias em Sevilha tirei cerca de 700 fotos, tenho cá a sensação que sem a digital teria tirado 10% e saberia a pouco :D.

A única coisa que sinto falta, desde que me rendi à dita, são os albuns. Deixamos de os "fazer" e armazenamos tudo em "folders" mais ou menos arrumados :(.

De qualquer maneira esses ódios de estimação - eu tenho outros que não este - dão-nos um ar saudável, torna-nos menos "carneiros" talvez... os ahs e ohs da maiorira a cada coisa nova que se inventa quase nos obriga a tê-los.

Tem um bom dia!

Teresa

De bolaseletras a 27.10.2010 às 20:37

Pois é Teresa, tenho a mania de ser do contra, de bater nas ditaduras da maioria. Mas sobretudo irrita-me o facto das pessoas quando estão de férias passarem mais tempo com os olhos atrás da câmera do que no que realmente interessa...

Boa semana!

De Teresa a 27.10.2010 às 21:15

Isso é verdade. Mas há que saber parar e ver mesmo com olhos de ver.

Por exemplo apesar de, como digo, fotografar tudo e mais um par de botas, sei tapar a objectiva e pôr a Cãmara na mochila quando se trata de usufruir com todos os sentidos. Talvez por isso tudo demore o dobro do tempo, como diz o meu marido ahahahah. Em Sevilha o marido e os filhos perderam-me em contadas ocasiões porque eu fotografava, baixava a máquina e olhava a absorver tudo :)

Aplaudo, para meu próprio bem, e dos outrosm os Museus que vão proibindo as câmaras.

Agora vou entrar num exemplo que não aprecias, mas aquando da visita de Sua Santidade O Papa a Lisboa eu fui vê-lo pela primeira vez à Fontes Pereira de Melo e tomei a decisão "foto ou ver?" e foi ver. Depois os amigos e colegas que me cederam as suas fotos disseram que eu tinha tomado a mais acertada decisão pois eles no afã de tirar A foto tinham, de alguma forma, deixado de ver SS.

Decisão, meu caro. O truque está em saber perder ganhando ;).

De bolaseletras a 27.10.2010 às 21:31

Teresa,

OK, se te preocupas em ver, aí a máquina digital já não é tão diabólica. Enganas-te, nada contra Sua Santidade...apenas contra algumas coisas que o rodeiam. Mas a maior parte das pessoas esquece-se de olhar...

Boa noite!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog