Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



From China with love

Segunda-feira, 01.11.10

  

 

Já lá vão quase 20 anos desde que vivi em Macau e me perdi nas belezas únicas do Oriente. Falo das belezas culturais e de costumes, do fascínio dos jardins e da arquitectura, da gastronomia inebriante, mas falo sobretudo da incomparável beleza feminina das mulheres orientais, em particular das mulheres chinesas. A perfeição estará por ali, na esfíngica face, nos olhos que rasgam em simetria uma doçura impenetrável. Está ali, inatingível, a personificação da beleza divina, no meio do trânsito asfixiante de pessoas, na multidão indistinta, por trás da caixa de um supermercado, a servir-nos chá, a cruzar-se connosco nas escadas rolantes. Começa aqui uma série de inesquecíveis beldades chinesas - from China with love.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 12:38


2 comentários

De Vitor a 19.11.2010 às 00:40

Não é assim tão vulgar ver fotos e imagens de mulheres orientais, e por isso ocorre-me perguntar a que se deve. Não é nenhuma crítica, bem pelo contrário, até porque já tive um relacionamento com uma chinesa da Malásia. Foram quatro meses (curtíssimos), tantos quantos os que lá passei por motivos profissionais. Jamais esquecerei essa experiência. Dois pormenores físicos: mãos delicadas e uma pele de veludo. Da parte interior: uma subtileza. Foram momentos caídos do céu após um divórcio e alguma desorientação.

De bolaseletras a 19.11.2010 às 11:11

Vítor,

Deve-se a ter vivido um ano em Macau na tenra juventude e a alguns regressos e viagens posteriores por diversos países da zona, incluindo a Malásia. Só não tive a sorte de carpir as mágoas com nenhuma beleza malaia;)

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog