Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Paternais preocupações

Quinta-feira, 09.12.10

 

 

Aos 17 meses de paternidade, estão já entranhadas mudanças radicais nos hábitos de vida e nos ritmos de sono, poder-se-á dizer que uma primeira etapa está ultrapassada. Já trato as fraldas por tu, o choro nocturno é visto como algo natural e até como uma oportunidade para ver a madrugada por outro prisma. As birras por ora têm a sua piada, porque ainda entendidas como uma reacção inata do petiz às contrariedades da vida e da vontade. Preocupa-me o que se segue, confesso-o. Se ele já imita tudo o que faço (esconder-se, bater na boca para fazer sons, fazer caretas, apontar para os aviões, dizer adeus, dar five, dizer papá insistentemente, etc. e tal), percebe-se a preocupação. Como me vem alertando insistentemente a minha cara metade, há hábitos que rapidamente terei de perder, sob pena de criarmos um pequeno monstro. Vou sentir falta de elogiar alto e bom som, com o volante entre as mãos, as capacidades de gestão de um automóvel dos cidadãos de provecta idade e das cidadãs que insistem em levar o carro a passear no asfalto. As simpáticas sugestões direccionadas ao treinador e jogadores do meu Sporting terão também de passar pelo crivo da censura do meu paternal cérebro. Preocupa-me o futuro do petiz. Preocupa-me todo um passado do seu pai. Nunca ninguém disse que ia ser fácil.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:27


8 comentários

De Marcelo Silva a 09.12.2010 às 22:54

Caro Bolas & Letras,
Já passei pelo mesmo. Cada dia é uma aventura e a vida como o mundo passam a ter um novo eixo.
Nada é como dantes. É infinitamente melhor.
Cada segundo, cada momento como cada sorriso.
Nessa relação única de amor descontrolado, infinito, brutal.
Porque se torna o amor da nossa vida, mesmo que tenhamos outros amores, porque os temos.
Damos por nós a parar mesmo que entremos numa estrada com prioridade. Olhamos mil e uma vezes para todos os lados.
Quanto à imitação não se preocupe. Pois eles também imitam os valores.

Na nossa parte clubística é que temos um problema.
Como é que vamos explicar aos nossos filhos que o nosso Sporting é o melhor clube do mundo e fazê-los acreditar nisso?
' ó Pai, mas eles não ganham?... '
' ó Filho, podemos não ganhar agora, mas continuamos a ser os melhores! '

Cumprimentos

De bolaseletras a 10.12.2010 às 18:20

Caro Marcelo,

O seu comentário merecia um post autónomo, é um hino ao que é ser pai, um hino ao amor pai-filho. O melhor comentário que já tive a honra de ler aqui no Bolas e Letras. Obrigado.

Um abraço
António

De Marcelo Silva a 10.12.2010 às 23:32

Caro António,

Obrigado pelas suas amáveis palavras.

Sempre sonhei ser Pai e, a cada dia que passa, mais feliz sou por sê-lo.

O que importa é estarmos com eles todos os minutos que pudermos e dar-lhes todo o amor e carinho do mundo. Mesmo que digam que dar ' colo ' faz-lhes mal.
Estou seguro que não.

E mais António, não existem eleições para Pai, pelo que temos que ser os Melhores...

Abraço e bom fim-de-semana


De bolaseletras a 10.12.2010 às 23:51

Caro Marcelo,

Essa do colo fazer mal sempre me irritou. É uma aventura fantástica e sim, o desafio é sermos os melhores. Por eles e porque melhores pais só poderá resultar em melhores cidadãos e num melhor país.

Abraço e bom fim-de-semana

De Teresa a 11.12.2010 às 16:17

Todos esses medos e ansiedades são normais enquanto olhares para esse ser (que parece) frágil e dependente.
Quando te distanciares dessa ideia (ainda é um pouco cedo para ti) compreenderás que irás crescer com ele. Crescer, Amadurecer e Amar ao mesmo ritmo e à mesma velocidade.
O que hoje te apoquenta, amanhã já não fará sentido; porque tu e ele já terão crescido mais um pouco. Até que um dia olhamos para o puto e compreendemos que temos ali o nosso melhor amigo e não um ser dependente. E nesse momento - quando compartilharem as mesmas graçolas chauvinistas (e vais aprender algumas com ele) e quando ambos gritarem o F**** na sala (neste momento, a mãe pergunta "o que foi que disseste Miguel?" e ele "nada mãe") e tu e ele trocarem aquele sorriso silencioso de cumplicidade terás a grata sensação que passaste os melhores anos da tua vida com o melhor gajo do Mundo :).
Se assim não for não faz sentido o teres sido escolhio pela cara metade ;); até a ciência expica esse fenómeno de escolhermos o melhor para aquele que é e sempre será o nosso Bem Mais Precioso!!!

De bolaseletras a 11.12.2010 às 17:47

Pois é Teresa, tudo isso parece tão longínquo ainda. E, contudo, sabemos que num tirinho estamos na sala a insultar o Costinha and friends:). Crescer com ele...espero que sim, que a vida e o tempo o permitam. Obrigado pela visão optimista, amiga.

Bom fim-de-semana!

De Anónimo a 11.12.2010 às 19:54

Pai,

Fiilho ,

Espirito Santo !

Vitoria !
Juventude !


Taça !


off topic of course....

ou não

De bolaseletras a 11.12.2010 às 22:14

Bem me parecia que essa conversa era mau presságio...

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog