Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Benfica 2 - Braga 0 (Os costumes e o medo)

Domingo, 12.12.10

 

 

Todo o jurista de vão de escada sabe que, em termos jurídicos, um costume é uma prática reiterada com convicção de obrigatoriedade. Todo o adepto do futebol luso sabe que quando o Benfica navega em águas turbulentas, facilmente se torna uma prática reiterada que um clube que numa próxima jornada vá defrontar a grande águia, se arrisca a que no jogo anterior a esse duelo veja expulsos 2 ou 3 jogadores chave. Essa prática reiterada torna-se obrigatória quando a necessidade de levantar a auto-estima vermelhusca é imperiosa, sendo assim fulcral que esses 2 ou 3 jogadores estejam convenientemente castigados para defrontar o Benfica.

 

Quando a meio de um jogo que o Benfica vai vencendo se assiste ao degradante espectáculo do guarda-redes lampião retardar o início do jogo recorrentemente, podemos dizer que o medo domina a banheira da Luz. Jesus não deu ordens para se parar com a vergonha, ele próprio dominado pelo receio de perder o ganha pão. A sombra do medo paira sobre a Luz, as práticas que ferem de credibilidade a Liga portuguesa estão para ficar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:21


2 comentários

De Marcelo Silva a 13.12.2010 às 11:25

Caro António,

E o Amigalhaço Xistra que perdoou, pelo menos, dois vermelhos aos vermelhuscos...
Eles podem sempre contar com aquela inclinação do campo...
Um descaramento habitual.

Saudações desportivas
( as nossas, leoninas, andam pelas ruas da amargura )

De bolaseletras a 13.12.2010 às 21:31

Caro Marcelo,

Faz-me lembrar o prgrama da SIC, o "plano inclinado". Mas é à descarada e é tudo normal, sem dúvida.

Saudações leoninas, mesmo que amargadas;)

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog