Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



London calling - Até quando?

Quinta-feira, 11.08.11

 

 

Sempre os capuzes, a penumbra, a rua deserta ou sem vigilância. A coragem vem-lhes da impunidade, o sangue ferve na convicção de uma reacção sem igual violência, a raiva jorra sem sentido. Sempre em grupo, de preferência contra objectos ou um reduzido número de adversários. Os que mostram o peito e cospem às autoridades confiam que estas respeitarão o escudo das câmaras, dos milhões que aguardam por um qualquer excesso de legítima defesa. Os estilhaços serão varridos no dia seguinte mas o rasto de uma sociedade doente permanecerá nas ruas que circundam as suas casas, as escolas dos seus filhos, os seus empregos. Até quando a cobardia, até quando o medo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 13:08


4 comentários

De Pedro Nogueira a 11.08.2011 às 13:59

A partir do momento que se percebeu que tudo já não passava de puro e simples vandalismo e oportunismo para roubar impunemente eu resolvia isto com umas rajadas ao nível dos joelhos. Passava-lhes logo a vontade.

De bolaseletras a 11.08.2011 às 14:49

Ao nível dos joelhos e aos mais atrevidos um bocadinho acima...só para garantir...

De Teresa a 11.08.2011 às 17:17

Quando esteve cá o meu amigo Polaco que vive há cerca de 6 anos em Inglaterra, ele comentou o clima de (quase, então) apocalipse que o Estado construiu à volta de valores desfeitos que eram recompensados exactamente por isso...

Bastava-te engravidar e não casar e tens direito a uma council house... nunca trabalhaste na p*** da vida e o estado põe-te sobre a sua asa dando-te casa e dinheiro para te sustentares (ele foi vizinho de uma mulher que era já a 3ª geração a família que NUNCA tinha trabalhado na vida e deixara a escola tão cedo que não se lembrava bem de até que ano "andou) e já ía no 7º filho (de vários homens) da próxima geração que NUNCA iría trabalhar)... há crianças tão novas quanto oito anos a receberem educação sexual nas escolas onde já lhes são prestados cuidados básicos de saúde como aborto -sim, aborto sem que os pais possam opinar (não que eles vão opinar. Se souberes quem são, as vidas deles são tão complicadas como aquela para que caminhas...)

Há muito que se previa este desenlace. Achavam que se lhes dessesm dinheiro e limitassem a gethos isto não ía a mais. Foi! Agora amanhem-se:


http://www.dailymail.co.uk/debate/article-2024284/UK-riots-2011-Liberal-dogma-spawned-generation-brutalised-youths.html


Primeiro foi França, agora Inglaterra. E quando esta "terminar" não terminará realmente, só estará adormecida até novo Verão.

http://www.dailymail.co.uk/debate/article-2024690/UK-riots-2011-Britains-liberal-intelligentsia-smashed-virtually-social-value.html

E não podem culpar nem o Papa nem o Sócrates... f****

De bolaseletras a 11.08.2011 às 22:20

Esse teu amigo polaco devia ser entrevistado e falar ao mundo dessas esclarecedoras situações. Acho que as pessoas ainda não se aperceberam de todos os erros que a modernidade trouxe, quer o estado social paternalista quer os liberais que mais parecem libertinos. Obrigado pelos links, muito bons. O Sócrates e o Papa ao pé disto são meninos de coro!!!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

pesquisar

Pesquisar no Blog