Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O assédio - A chantagem

Terça-feira, 20.09.11

 

 

"Aproximou-se da porta que dá para os outros aposentos, com o ouvido atento. O silêncio é total, mas ele sabe que a mulher está ali, no quarto do costume, com os lábios contraídos e o olhar baixo, a bordar ou a olhar para a rua através das persianas da varanda. Imóvel como é costume, impassível como uma esfinge e calada como a censura de um fantasma. Com o terço, de que noutros tempos não afastava os dedos, esquecido na caixa da costura. Também não há lamparinas acesas diante da imagem do Nazareno posta numa urna de vidro, no corredor. Há muito tempo que ninguém reza nesta casa."

 

Em tempos de guerra a fé sobrevive como âncora da vida. Mas a fé mantém-se apenas no coração dos homens enquanto lhes garante a vida própria e a dos seus, a saúde, o tilintar das moedas que lhes adoça a existência. Pérez-Reverte explora com sabedoria os becos em que a fé definha e acaba por morrer, encurrala-nos com as almas descrentes na escuridão do desespero. A fé, enquanto fio condutor que nos mantém ligados à esperança, representa tão só uma chantagem que o destino executa na perfeição. Se queres viver tens que venerar, se buscas a luz eterna terás de persignar-te aos Domingos de manhã. As simple as that.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:35


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog