Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Confiança, rapaziada!

Quinta-feira, 13.10.11

 

 

 

Crise, qual crise? Duas horas depois da maior sessão de sexo em grupo que já se viu (o Dr. Passos a fecundar 10 milhões de portugueses), já corriam por aí as seguintes reflexões. Um país com esta capacidade de rir da desgraça só pode dar certo. Confiança, camaradas!´

 

- O guterres é que teve olho. Viu o pântano 10 anos antes e foi logo tratar dos refugiados... mais uns tempos e vem numa missão oficial ao país dele!

- Sinto-me um chinês judeu…sem férias nem Natal!

- Soluções miraculosas no orçamento de Estado para sairmos da crise? Mais 30 minutos extra de pausa para o café.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:11


12 comentários

De Teresa a 14.10.2011 às 09:55

10 Milhões o ****. Fala por ti, eu não estava lá ;)


Bom fim-de-semana!

De bolaseletras a 14.10.2011 às 10:46

Ahahahaha!
Escapaste com o rabiosque à seringa do Passos!

Bom fim-de-semana!

De Teresa a 14.10.2011 às 11:11

Bom, tecnicamente ;), não escapei... mas ele não pode dizer que era o que eu queria e até gostei ahahahahah. E isso, meu caro (e como se pode "ler" pelo silêncio [envergonhado] do facebook) vale muito :D.

Eles até podem brincar, fazer as graçolas que quiserem, que só lhes resta isso - carinha (e sabe-se lá que mais...) alegra - porque eu vi-os e ouvi-os a ir para a festa ;)

De Pedro Nogueira a 14.10.2011 às 13:56

O colador de cartazes afinal percebe disto.
Solução: Mais 30 minutos de Facebook :p
Não sou de esquerda nem reaccionário e a violência também não faz muito o meu género mas só me ocorre a palavra "bomba".

De bolaseletras a 14.10.2011 às 20:55

Pedro, não consigo armar-me em virgem ofendida e dizer não...mas os efeitos do napalm teriam de varrer da esquerda à direita do espectro politico.

De Pedro Nogueira a 14.10.2011 às 21:06

Completamente de acordo, até porque já não há esquerda nem direita, faz já muito tempo.
Esquerda; direita; socialistas; capitalistas; comunistas; sindicalistas...
Para além de já não me identificar com nada, não lhes reconheço diferenças.
A única coisa que vejo são bandos de pilantras incompetentes e mentirosos, que por não saberem e nunca terem feito nada na vida a não ser ter o cartão do partido desde tenra idade, acotovelarem-se de forma frenética à espera de vez para chegarem ao poder a qualquer custo e apenas a pensar no proveito próprio, até que os seguintes lhe puxem o tapete e lhe ocupem o lugar para continuarem, sabe-se lá até quando, este ciclo vicioso.
Pelo caminho, comeram-nos a carne, roeram-nos os ossos e agora já estão na fase de nos chuparem o tutano. Tudo com o nosso consentimento, sempre crentes na tal alternância democrática e nas falinhas mansas das sempre falaciosas campanhas eleitorais.

De bolaseletras a 14.10.2011 às 22:40

Pedro, pões o dedo em muitas das feridas que também partilho serem das que minaram o nosso estado de direito e a nossa democracia. O viveiro de políticos que são essas escolas de compadrio e amiguismos que são as juventudes partidárias, o conto de fadas dos partidos e da alternância democrática, tudo achas para a fogueira da nossa desgraça. E como esse sistema partidário fechado e controlado por aparelhos fortíssimos se impôs a tudo o resto secaram as possibilidades de se abrirem outros caminhos. Parecemos cordeirinhos a ver tudo isto, é verdade. Até quando?

De Pedro Nogueira a 14.10.2011 às 22:46

Está aqui esta notícia que é capaz de por alguém em sentido e parece-me que desta vez não vão ser eles a bater a pala ;)

http://economico.sapo.pt/noticias/militares-avisam-governo-que-estao-com-a-populacao-contra-a-austeridade_129069.html

De bolaseletras a 14.10.2011 às 23:20

Elá, não estava a par destas declarações. Vamos lá a ver onde é que isto vai dar...bom senso é preciso, mas que não se confunda com conformismo excessivo. Vamos lá ver.

De Pedro Nogueira a 14.10.2011 às 23:24

E parece que a polícia também já veio dizer mais ou menos o mesmo.

De Teresa a 14.10.2011 às 14:19

Boomerang
The tsunami of cheap credit that rolled across the planet between 2002 and 2008 was more than a simple financial phenomenon: it was temptation, offering entire societies the chance to reveal aspects of their characters they could not normally afford to indulge.

Icelanders wanted to stop fishing and become investment bankers.

The Greeks wanted to turn their country into a pinata stuffed with cash and allow as many citizens as possible to take a whack at it.

The Germans wanted to be even more German;

the Irish wanted to stop being Irish.


Michael Lewis's investigation of bubbles beyond our shores is so brilliantly, sadly hilarious that it leads the American reader to a comfortable complacency: oh, those foolish foreigners. But when he turns a merciless eye on California and Washington, DC, we see that the narrative is a trap baited with humor, and we understand the reckoning that awaits the greatest and greediest of debtor nations.


RINGS A BELL??????


Como não tenho o teu email não te enviei este carton... aqui está, porque rir - e compartilhar a miséria - ainda é o melhor remédio:


https://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=3081593085&view=att&th=13291fe454161e8f&attid=0.1&disp=inline&realattid=f_gsvyqxoc0&zw

De bolaseletras a 14.10.2011 às 20:56

Yes, it does ring a big bell. Toda a gente, todos os países procuraram o mesmo, o luvro fácil que lhes permitisse encostar-se à bananeira. Os mais fracos enterraram-se, os mais fortes souberam aproveitar-se dessas fraquezas. Não deu para ver o cartoon, mas se for tão bom como o texto bale!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

pesquisar

Pesquisar no Blog