Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Not to special

Quinta-feira, 24.11.11

 

 

Um divertido leitor do The Guardian participou numa rábula sobre o futuro special one que tarda em o ser, com esta montagem que vale não por mil, mas por um milhão de palavras. Até à chegada de Mourinho e da armada portuguesa a Stamford Bridge sempre desconsiderei o Chelsea como uma equipa de futebol, pelo menos como uma equipa que respeitasse ou levasse a sério, porque deitar milhões de euros, rublos ou lá o que é aquilo que brota dos bolsos sem fundo de Abramovich para um campo cheio de rapaziada a jogar à bola, nunca foi coisa que respeitasse muito.

 

Depois, com a chegada de Mou e da armada lusitana o bacoco patriotismo falou mais alto e quase me esqueci (acho que poderia dizer esquecemos, não devo andar sozinho nisto) que pelo facto de alguns jogadores pedirem a bola na língua de Camões não diminuía o tamanho da ignomínia. Saiu Mou e ficou o espectáculo de sempre: um bando de vedetas contratadas e pagas a peso de ouro, um rodopio de treinadores que serviam enquanto os caprichos do mestre eram cumpridos e o seu ego afagado com vitórias. Um clube e uma equipa deverão viver de suor, arte e esforço, da sua capacidade de superar as dificuldades e do consequente orgulho que esses factores chave provoquem nos seus adeptos e assim os estimulem para a adoração clubística. Se tudo é fácil, se tudo depende de assinar um cheque, onde fica a paixão, a que cheira o suor ressequido nas camisolas, onde nasce a vontade de superação? Dormirão de consciência tranquila os adeptos do Chelsea? Amarão o seu clube como nos tempos em que o dinheiro custava a ganhar? No futebol, como na vida, geralmente a justiça rebenta muros de betão com as suas raízes de imparável pujança. Por isso a ansiada taça não chega, por isso depois de um special one que venceu a justiça nada mais foi como antes. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:04


3 comentários

De Teresa a 25.11.2011 às 09:53

O Abramovich sofre de um complexo de inferioridade que o Freud explicaria melhor mas eu vou tentar...
Os russos viveram toda a sua vida como sendo o parente pobre que ainda poderia piorar com uma ida para a Sibéria.
Como nas nossas famílias, e sociedade, esses gajos quando dão a volta por cima dão vontade de os matar... à unhada:

1º porque não se coibem de nos esfregar na cara os milhões, os chateaus e as caganças a cada oportunidade
2º porque apesar de tudo o que conquistaram não ganham verdadeiramente nada porque a verdadeira Sibéria é humana e intelectual.


O Mourinho é esperto e sendo de Setúbal assistiu desde pequenino aos Abramoviches da pesca daitarem, literalmente, as mobílias pela janela fora todos os Reveillons e cresceu com os filhos destes nas escolas. Isso preparou-o para gerir os complexos destes no sentido de ter amigos (leais) e a manter os dele protegidos para nunca por nunca ser apanhado em falso.

O Villas é outro caso mais complicado. No Norte onde **** é virgula, existe uma maior hegemonia nos comportamentos e exposições... o moço deve estar desesperado e não há Skype bi-diário com Mourinho que lhe explique como pode lidar com:

1º Um dono que não se importa com os fauts* necessários para trazer cada vez mais nomes sonantes para o Clube nunca se importando verdadeiramente com a qualidade da equipa que está a construir. O gajo tem dinheiro para dar e vender e o que é mesmo importante é que depois do jogo ele possa tirar fotos no iate com as vedetas e relembrar em cada Polaroid quão distante está a Sibéria;

2º As vedetas sabem que são compradas mas para fazer um bouquet bonito e comportam-se como tal.

3º Não pode contar com os Chelseanos pois estes acham que o simples facto de não terem Ronney e o Giggs no team, comprova que estão acima de toda a gente. (conhecendo os British - para quem o berço é tudo - até acham piada a A e a sua insaciável cagança mas nunca o considerarão one of their own) Também para eles o futebol não é uma questão de futebol. Tudo menos seres do lado errado da linha.


Se não fosse Abramovich e a Villas-Boas ser dado o benefício que foi dado a outros grandes Lordes do Futebol Inglês aquilo ía lá - com tempo e justiça... mas Abramovich é um Belmiro de Azevedo e não tem tempo para construções - ele está atrás do prazer imediato, ainda que pequenino. Isso a Villas-Boas não interessa.

Está o **** armado.




* os faults que refiro lembram-me uma história que se contava de um Português em Angola que mandou - no meio do mato - fazer um Aerodromo e mandou, claro, vir um Engenheiro da Metrópole para o conceber e construir. A determinada altura (este post já vai longo, sorry) o Engenheiro virou-se para ele e disse-lhe "O Senhor não se preocupe que eu vou fazer-lhe aqui um Aeroporto comme-il-fault " ao que ele respondeu "Com mil, dois mil, três mil faus, senhor engenheiro, que dinheiro não é problema" ;)

De bolaseletras a 25.11.2011 às 21:12

Teresa, se um dia escrever um livro sobre o fenómeno Abramovich certamente que te vou consultar, óptima análise;). No fundo acho que tudo se resume a uma vaidade infantil, uma vontade indomável de ser reconhecido. O futebol e os jogadores são o brinquedo caprichoso de alguém que por mais que tenha e mostre nunca estará satisfeito.

Bom fim de semana!

De Teresa a 27.11.2011 às 23:55

Now is the time for Roman to back his man at the Bridge

"The team have slumped to four defeats in seven games, the defence is shipping goals and everyone questioning the credibility of the manager.

But then that was Arsene Wenger just two months ago. Coincidentally, Andre Villas-Boas’s Chelsea team had the same record before Saturday’s win against Wolves.


And amid the frenzy about the Chelsea manager’s future, one or two people want to go back and review what they wrote about Wenger two months ago.

It was then that I said Wenger was still the man for the job and had to be given time to sort out a very difficult start to the season. And the same applies now to Villas-Boas."


http://www.dailymail.co.uk/sport/football/article-2066642/Gary-Neville-Now-time-Roman-man-Bridge.html



Gosto deste comment:

"There comes a time when you have to stop playing musical chairs with managers and start facing up to bad decisions made by the Club itself over the years. And with Chelsea FC, there are many. All self-inflicted - principally by the owner and the board. It is almost a given that Chelsea are saddled with senior players who are running out of time, whilst lacking young and creative players to test the likes of Man U, Man City, Liverpool, Arsenal, Spurs and a whole host of European sides queuing up to grab points from a declining force. It is certainly a difficult time for the manager, but if the owner does not understand what he and his board have done to create this mess over the years, then there is no hope for AVB. It is time to back the manager and his strategy - and move on the dead wood. Painful for the fans, undoubtedly, to lose 'legends', but necessary for the Club if it is to restore its position as a title-winning force.
- KenM, Edinburgh, 27/11/2011 05:05"

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog