Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A silenciosa companhia

Quinta-feira, 29.12.11

 

Saramago fotografado por Sebastião Salgado, Ilhas Canárias, 1996

 

Não sei se o preço a pagar por ideias originais, estruturadas e se possível com efeito útil é a entrega a uma vida de solidão. Passamos os dias rodeados de conversas mecânicas, discursos debitados incessantemente por rádios, televisões, palavras marteladas nas páginas de jornais que se repetem em círculos viciados. Como pensar no meio do barulho ensurdecedor? Como descobrir algo novo numa sociedade que mergulhou no desejo ilimitado da imitação? Saramago percorreu o seu original caminho por entre os sons celestes da inspiradora Lanzarote e por entre os sons sem som de um amor tardio. Saramago fez da solidão a sua companhia e isso não o matou. Devíamos pensar um pouco mais nos benefícios de uma controlada solidão para o nosso crescimento. Temos primeiro que arranjar um espaço de tempo e de som para ter tempo para pensar nisso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:02


4 comentários

De Teresa a 30.12.2011 às 10:01

Nesse virar de costas quantos magoou?!... quantos, em nome da sua saúde mental e querer viver o seu eu, deixou para trás sozinhos, magoados, destroçados e abandonados a (maus e menos) amores?!?!?!


Para quem como ele não se importava com isso então sim foi uma vitória e uma conquista... Eu pela minha parte prefiro de vez em quando chorar pelo desespero de momentos a sós e pendurar avisos "DO NOT disturb". Acho sempre preferível a pausa ao stop. É que às vezes não dá para fazer reset e rewind. Até dá, mas com custos que eu não quero a pesar no meu coração e alma. :)



Quero pensar que aqueles a quem dei o meu tempo e o meu espaço vão respeitar a minha vontade de ser enterrada debaixo da oliveira no quintal solitário de Lanzarote e não naquela cacafonia louca ao pé da casa dos bicos ;).


Abraço e (penso que ainda cá volto, mas...) umas Excelentes Entradas em 2011 e que seja um Ano Solidário - para nós próprios e para o outro, nem que seja só de ouvido e ombro - e Surpreendente - onde os (vários e nossos) "Olivais" continuem a reforçar em nós o Querido, o Amado e o Divertido.



Sinceramente,
Teresa Miranda

De bolaseletras a 30.12.2011 às 14:06

Teresa, não advogo a fuga a la Saramago. Ele foi um exemplo de alguém que teve de se refugiar mais do que o aconselhável, também porque o seu país insistiu em continuar a maltrar os seus melhores.

Acho que os momentos de pausa devem ser equilibrados, o isolamento total é para eremitas. Mas saber estar sozinhos é fundamental para nos conhecermos e para aprendermos a conhecer os outros (ter tempo para pensar nisso). Um excelente 2012 para ti, solidário e feliz, são os meus votos sinceros!

António

De Teresa a 30.12.2011 às 15:08

Eu acho que a primeira fuga do Saramago se deveu a si próprio... do que ele se tornou quando teve o poder(zinho) na mão. Talvez esse "Ninguém é Profeta na sua Terra..." também tenha pesado mas sempre achei que no Saramago a quote:


"There is no witness so dreadful, no accuser so terrible as the conscience that dwells in the heart of every man."



andou tatuado, durante muitos anos, na fronha soturna do Artista.



E que mesmo quando já lhe cantavam alvíssaras por cada pérola que ele respirava - este povo é implacável na maldade e condenação mas do melhor que conheço no perdão - ele próprio ainda não se conseguia ver num espelho de corpo inteiro.

Talvez isso abone ainda mais a seu favor e advogue mais pela solidão auto-imposta,e esse auto-exílio um caminhar descalço de décadas por um deserto auto-punitivo, que conseguiu, assim que o povo voltou a reabilitá-lo, transformar em prosa e poema. Como bom Artista que era.

Conheçamo-nos então. Bom ANO!

Abraço,
Teresa

De bolaseletras a 30.12.2011 às 16:37

O Saramago terá muitas culpas no auto-exílio que se impôs, mas as nossas, por recairem sempre sobre pos melhores de nós convém não apagar. Sim, conheçamo-nos melhor é um belo projecto;).

Bom 2011!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog