Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



RESPEITO!

Sábado, 09.06.12

 

 

Fomos corajosos, dignos, superámo-nos, batemo-nos de igual para igual contra uma super equipa alemã, jogámos muito bom futebol. Sofremos o golo num lance fortuito, reagimos com alma, encostámos os alemães às cordas e não tivemos aquela pontinha de sorte que teima em ser tão decisiva no futebol. Temos que estar orgulhosos destes jogadores e deste treinador, temos que acreditar que a jogar assim podemos apurar-nos para os quartos-de-final. Não perdemos porque trocámos o treino por festas e cerimónias, quem quiser insistir nesse tipo de argumentário é desonesto e maldoso, é tão simples como isso. Agora temos que voltar a jogar este futebol nos próximos dois jogos e saber conquistar a sorte. Obrigado rapazes, obrigado Paulo Bento, FORÇA PORTUGAL!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:21


6 comentários

De Pedro Nogueira a 10.06.2012 às 01:12

Olá António,

Só depois do golo.
Foi preciso sofrerem um golo para começarem a jogar à bola.
Lá diz o povo que quem joga para empatar acaba sempre por perder e hoje foi um belo exemplo disso mesmo. Só podem queixar-se deles próprios.
Devem ter entrado em campo com aquela mentalidade miserabilista do costume, do género, “Um empate com estes tipos já não era nada mau.”
Agora, com um pouco de azar, a Dinamarca acaba com o resto.

P.S. O encosto às cordas foi consentido. Eles já tinham o que queriam.

Abraço!

De bolaseletras a 10.06.2012 às 12:43

Pedro,

Tenho ligo algumas opiniões na linha da tua com que não concordo. Contra talvez a melhor equipa do Euro, nunca podíamos entrar abertamente para ganhar. Mas até ao golo dos alemães, jogámos de igual para igual dentro da nossa estratégia e até estivemos perto do golo. Sem aquele golo fortuito a estratégia tinha sido excelente...também não vi os alemães a jogarem para ganhar declaradamente. Sinceramente, e respeitando muito a tua opinião, acho que portugal fez um jogo quase perfeito contra uma grande selecção (não fora aquele ressalto na perna do maçã podre).

Um abraço

De O Corvo a 10.06.2012 às 13:24

Entrámos a jogar nitidamente para o empate e normalmente a derrota acontece.
Mas nem culpo tanto os jogadores e sim o treinador que é um medroso e um homem sem iniciativa. A sua conhecida cobardia ficou bem demonstrada quando já no final, para lá do tempo de descontos e no canto que beneficiava Portugal, o Rui Patrício quis ir lá ajudar e ele não permitiu.
Que tinha a perder? Podia até nem dar nada mas era mais um homem a ajudar pois provocava desiquilíbrio.
Não vamos lá com este treinador e, aliás, você como sportinguista devia ser o último a cantar-lhe louvores. Penso eu.

De bolaseletras a 10.06.2012 às 13:56

Paulo Bento medroso? Não diga patetices. Os portugueses estão pouco habituados a líderes sérios, competentes, rigorosos. Já ninguém se lembra quando toda a gente achava que já não era possível apurarmo-nos para o europeu, chegou Paulo Bento e conseguiu o inimaginável. Memória curta, outro grave problema dos portugueses.

De semprescp a 11.06.2012 às 09:39

Portugal começou a jogar mais depois do golo porque a Alemanha assim o permitiu. Acho inacreditável que pessoas que sabem e conhecem o futebol pensem que Portugal deveria ter entrado neste jogo, assumindo-o logo de inicio. Na minha modesta opinião Portugal jogou bem tendo em conta o adversário. Já na 4.ª feira a postura terá, aí sim, de ser logo de inicio, igual aos últimos 15 min. do Alemanha X Portugal.
Aí sim, teremos de entrar a 'matar'.

De bolaseletras a 11.06.2012 às 21:17

Há muita gente que fala só para deitar abaixo, são os bota abaixistas profissionais.
4.ª, aí sim, vamos ter que ir com tudo. E aí não há desculpas de jogarmos contra uma equipa perigosíssima. São bons, mas estão ao nosso alcance. Haja esperança!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog