Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Deixem-se de merdas

Domingo, 29.07.12

 

 

É uma infeliz característica de muito bom cidadão português, a da desculpa esfarrapada. Em termos olímpicos, a moda é tudo menos desconhecida, mas terá ganho maior fama com a famosa desculpa do lançador de peso Marco fortes, quando a coisa não lhe correu bem há 4 anos atrás. Segundo o simpático atleta, ele de manhã estava bem é na caminha e para mal dos seus pecados a prova olímpica realizou-se a desoras para o seu frágil biorritmo. Nos Jogos de Londres, em menos de 24 horas já ouvi as seguintes justificações para resultados que não satisfizeram os atletas lusos que os obtiveram:

- Um profissional do ping-pong queixou-se de ter sido perseguido pelos árbitros, que lhe marcaram faltas inconcebíveis no serviço que o desestabilizaram;

- Um nadador que ficou em último lugar na sua série falou sobre qualquer coisa imperceptível como as regras de uma federação que demoraram a ser aprovadas e, claro, lhe atrasaram a preparação;

- Um praticante de tiro, que até obteve uma posição honrosa, referiu que acordou muito cedo e que portanto só terá tomado o pequeno almoço e petiscado qualquer coisa até à hora da sua prova. Ah, claro, refere para finalizar que se não tivesse sido assim podia ter conseguido mais e melhor;

- O ciclista Rui Costa não se queixou directamente de nada, mas o presidente da federação das duas rodas não se coibiu de referir que foi pena o Rui não se ter sentido muito bem de manhã, pelo que só ingerira líquidos e se calhar isso lhe tirara forças…

 

Meus amigos, caríssimos atletas, todos sabemos que muito dificilmente vocês chegarão às medalhas. Com excepção da Telma Monteiro e do João Pina, os vossos resultados pessoais são muito inferiores aos dos vossos adversários. Como tal, espera-se que tenham um comportamento digno, que nos honre, se puderem superar-se melhor ainda, mas, por favor, deixem-se de desculpas infantis e ridículas. A pátria agradece.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:39


4 comentários

De Teresa a 30.07.2012 às 16:32

E a do polegar?!?! Um povo que vive de dedo em riste e o atleta não conhecia a regra???? E como as nossas regatistas provaram quando a tua reclamação tem justificação repete-se.

E depois venham-me falar da Selecção. Bolas, essa vê-se e sente-se...

Não ouvi as desculpas da comida (e se isto fosse sério haveria que investigar quem cuida de estes jovens para assegurar que descansam o que devem, comem o que devem, que devem ter o apoio psicológico para sentir o que devem) mas se há essa desculpa... eu de tanto ler o que comem os atletas de Alta Competição acho que estou anorética... é que há meses que vários media não falam de outra coisa.

E a Telma e João Pina já foram... é pena para quem esperou estes mesinhos para esfregar com estas medalhas a quem vibrou e acreditou com a Selecção. Com esta falta de medalhas e notoriedade temos sorte se os Espenhóis se aperceberem que estivemos lá

De bolaseletras a 30.07.2012 às 22:30

A Telma e o João pelo menos não se puseram com desculpas idiotas...mas gostaria muito de saber que treinadores os preparam para o stress adicional dos JO....

De Adepto da roleta a 31.07.2012 às 16:22

Infelizmente já nem a Telma Monteiro nem o João pina!!! Eu também não gosto de ouvir desculpas, mas exigia-se uma participação honrosa de cada um, dando o seu melhor!!! Agora que a maior parte destes atletas não tem apoios, isso também é verdade!!!

De bolaseletras a 01.08.2012 às 19:21

Os africanos que ganham medalhas devem ter cá uma carrada de apoios...

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog