Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sporting 0 - Rio Ave 1

Segunda-feira, 27.08.12

 

 

Olhando para o post abaixo, parecia que estava a adivinhar. Ser do Sporting é muito mais do que o que se viu hoje. Não é que tenha faltado vontade (também não abundou, como foi evidente), o que escasseou foi saber como fazer, estratégia, maior ligação entre sectores, menor distanciamento entre os jogadores, sabedoria e bom senso na escolha dos 11 jogadores e a necessária confiança para que os jogadores ultrapassassem todas estas deficiências. Principal responsável? Inequivocamente Sá Pinto. Além destas causas transversais, olhemos agora para os erros concretos relacionados com os jogadores e que – a repetir-se - nos afastam irremediavelmente de lutar pelo título:

 

- Não vou insistir muito mais nesta tecla. Um candidato com um único ponta de lança às suas ordens (Viola ainda é uma incógnita) não pode ser levado a sério. Sobretudo quando o nosso Wolfs apresenta a confiança de um muçulmano defronte de um qualquer Breivik equipado com uma basuca.

- Adrien, Gelson e Elias, um trio de meio campo sem rasgo, certinho mas sem ponta de fantasia ou sentido de baliza. O que terão feito Schaars e Rinaudo, dois dos esteios da época passada para terem sido relegados para o banco? Uma das mais decisivas questões que convirá esclarecer no Sporting 2012.

- Falta de bom senso nas substituições e nas soluções de banco. Dar a volta a um resultado negativo com 3 jogadores na casa dos 20 anos é, por mais talento que eles tenham, pouco avisado e temerário.

At last but not the least um treinador com um discurso patético. Como disse um amigo meu, depois dos 3 últimos e lamentáveis jogos oficiais Sá Pinto afirmar que a equipa não está forte, mas sim muito forte, roça a demência. Vê lá isso Ricardo coração de leão, não dês o corpo pela alma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:53


4 comentários

De Teresa a 28.08.2012 às 09:43



Ontem não quis agoirar mas durante o fim-de-semana olhei para a TV e estava o Sá Pinto a falar. Não sei do quê porque a TV estava sem som...
Mas o semblante dele era de um vazio emocional e de ideias doloroso. Body Language succked all around


De repente, dei por mim a pensar nos homens que gostam de mulheres divorciadas ou viúvas, de preferência com filhos e (bastante) drama à mistura. Há algo de "libertador" para as pessoas que não querem fazer história (não de maneira a que dê demasiado trabalho) em agarrar os problemas que não foram provocados por eles mas que o mínimo esforço poderá resolver ou pelo menos melhorar as circunstâncias- fazendo deles tão melhores do que são, ou do que pretendem trabalhar para ser.

Será que Sá Pinto é um desses? Se não vejamos: chegou ao Clube em que o drama era grave e com muito pronto, pronto e palmadinhas nas costas, conseguiu alguma coisa (conseguiu que não fosse a pior, acho eu). Já se apercebeu - daí a linguagem corporal de DAMM - que para continuar deverá fazer mais, muito mais do que ser um bom motivador. Chegou a altura de remar. E não parece ter nem remos, nem barco... só um oceano vazio de ideias e milagres.

Está bonito está . Já agora em vez do Sá Pinto ponham o Rui Patrício a dar as conferência de imprensa. É que o miúdo parece ter visto melhor o jogo :

Sá Pinto: «É um resultado injusto pelo que tentámos fazer»
Patrício: «Não conseguimos ganhar por culpa própria»

De bolaseletras a 28.08.2012 às 14:46

Teresa, essa analogia entre o Sá e os tipos que aproveitam mulheres fragilizadas para se mostrarem úteis ou heróicos está muito bem sacada. O Sá colou os cacos mas se lhe dão uma jarra nova para a mão só sabe...voltar aos cacos. Infelizmente, acho que todo o tempo que ele lá ficar é tempo perdido, e tempo hoje, como sabemos, é dinheiro. E esse faz muita faltinha, como também sabemos.

De Anónimo a 30.08.2012 às 01:31

mané parece-me evidente que o sá mudou de dealer... de resto nada de novo


pc

De bolaseletras a 30.08.2012 às 23:12

É o maior o Sá, 5 na pá a um colosso europeu!!!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog