Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



V. Setúbal 2 - Sporting 1

Domingo, 04.11.12

 

 

Ponto prévio 1 – Considero esta Direcção do Sporting um fiasco, a sua estratégia um misto de patetice e desnorte, mas este continua a ser o meu clube.

Ponto prévio 2 – Até prova em contrário (do género de uma demonstração inequívoca de incompetência) Franky Vercauteren é o meu treinador e apoio-o, porque é ele que está à frente do meu Sporting.

 

Começou bem o Franky, melhorou um pouco a equipa, mas um conjunto de erros impediram-na de render o suficiente para ganhar. Vercauteren esteve bem no discurso pré-jogo, esteve ainda melhor no discurso pós jogo, falando da necessidade de melhorar e de acreditar, mas, sobretudo, realçando que há jogadores que o surpreenderam positivamente, outros que estiveram mal, dizendo mesmo que há jogadores no Sporting cuja falta de qualidade o desiludiu. Às vezes é preciso falar claro e não ter medo de pôr o dedo na ferida.

 

O que melhorou? Recuperámos 3 jogadores decisivos, que não tendo feito um jogo fantástico contribuíram decisivamente para a melhoria de qualidade do nosso futebol (Schaars, Insua e Izmailov). Descobrimos que o Jéffren afinal sabe – e muito – jogar à bola. Erros já conhecidos e deficiências que não há maneira de serem erradicadas? Uma dupla de centrais demasiado frágil (a saída de Onyewu foi um crime lesa futebol), Cédric é jeitoso a atacar mas confirma ser muito fraquinho a defender, Wolfswinkel parece cada vez mais desligado dos movimentos ofensivos e da eficácia no remate. Juntando a isto a falta de confiança, de concentração e em alguns casos de qualidade apontadas por Vercauteren, temos aqui um trabalho de Hércules para o belga. Estamos contigo e precisamos de ti, Franky, aperta com eles!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:52


6 comentários

De Anónimo a 04.11.2012 às 23:02

nunca me pareceu tão apropriado como agora a expressão: " estamos á beira do precipício... há que dar o passo em frente!...", e vocês fazem-no com grande categoria todos os fins de semana...
abraço


pc

De bolaseletras a 04.11.2012 às 23:14

É o chamado saber de experiência feito...

Abraço mano

De Corvo a 05.11.2012 às 01:07

Só há uma solução porque correm sérios riscos de descida e para isso não acontecer, a solução é que preconizo:
Dado que há a extrema necessidade de mudar tudo no Sporting, que tal colocarem a equipa B em campo e mandarem esta para a B? Está bem que num ápice saem do primeiro lugar para o meio, por baixo, da tabela mas em compensação sobem uns três ou quatro lugares no campeonato.
Pensem nisso enquanto ainda há recurso.
De um Benfa amigo.
Abraço.

De bolaseletras a 05.11.2012 às 22:22

Goze o pratinho, Corvo, aproveite, lambuze-se todo tipo abutre. Bom proveito!

De Teresa a 05.11.2012 às 17:34

Aqui há uns anos um homem foi ao médico que disse ter más noticias: "o senhor vai morrer. tem poucas horas de vida por isso aproveite-as bem.".

O homem saiu do consultoria devastado e disse à mulher o que o médico lhe tinha dito.

Claro que no aproveitar o homem pensou logo numa noite maratoniana de aham .

A mulher sabendo que teria o marido por poucas mais horas acedeu. Quando chegaram a casa ele virou-se e disse "querida, vamos? É que pode ser a última vez que estaremos juntos desta forma..." e a mulher acedeu. Quando se foram deitar depois do jantar "Querida, importas-te? Afinal pode ser a última vez..." e a mulher acedeu. Dormindo, ai por volta das 4 da manhã, o homem acordou a mulher e disse-lhe "Querida, uma despedida especial? É talvez a última..." e a mulher acedeu.

Por volta das 6 o homem abanou a mulher para a acordar, e diz-lhe "Querida? Pode ser a última..." e a mulher virou-se para ele e disse "olha, querido, de nós os dois eu posso ser a única a ter de me levantar de manhã por isso deixa-me dormir!"



Assim estão os Sportinguistas e o Sporting. É que nós - devastados ou não - temos de ir trabalhar no dia seguinte e dar o litro. Nem o plantel nem a Administração do Sporting parecem ter a mesma prerrogativa.
Quando até o Patrício sofre um golo parvo (só vi hoje o golo à hora do almoço por isso posso estar a ser injusta) porque nitidamente o jogo estava tão, mas tão parvo, que ele pensou que nem estava a ver bem está tudo dito. De mal em mal, cada vez pior. Não vale pensarmos, inventarmos desculpas António. Nem inventar luzinhas ao fim do túnel. Mais escuro que isto não me lembro nunca... São os fins dos tempos e só uma reinvenção PROFUNDA poderá salvar qualquer coisinha.

O treinador? O que menos culpa tem... imagina o que era meterem-te a treinar os Passarinhos de Alvaiázere a uma quinta-feira para jogar na próxima semana com o Real Madrid?! Pois...

De bolaseletras a 05.11.2012 às 22:25

Teresa, para mim a reivenção tem que passar por um regresso ao que já fomos, aos nossos valores e competência, por olhar para o passado e aprendermos com ele. O treinador não tem culpa e pode ser uma peça chave...mas ele que se despache, que nós amanhã levantamo-nos, não dá para ficar a dormir!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

pesquisar

Pesquisar no Blog