Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Benfica 1 - Estoril 1 (limpinho, limpinho)

Segunda-feira, 06.05.13

 

 

Teme-se que um país já perto da falência possa entrar brevemente em depressão profunda. Quando o Marquês estava já reservado após as artes circenses do Senhor Capela e apesar do espírito desse mesmo artista ter andado hoje, mais uma vez, pelo relvado da catedral (um penalty a favor do Estoril metido no bolso do Senhor Baptista, um fora de jogo que daria golo certo para os canarinhos sacado da cartola do mesmo apitador), eis que um brilhante Estoril, com um inteligentíssimo treinador, deu uma lição de bem jogar a um incrédulo Jorge Jesus. Aliás, no final do jogo Jorge Jesus escondia o quão transtornado estava, atrás de afirmações pouco convictas de que iria às Antas ganhar o campeonato. Para a semana, no estádio do Dragão, desejo sinceramente que ganhe quem conseguir ser melhor. Só tenho pena que este meu desejo dificilmente se vá concretizar pois suspeito que será novamente o árbitro a decidir o jogo. Resta saber para que lado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:31


2 comentários

De Justo a 07.05.2013 às 11:17

Estranho o mdo como analisão este lance de suposto pénalty, é verdade que o Artur lhe toca, mas nem o toque é suficiente para derrubar uma formiga nem o avançado chegava á bola depois do ultimo toque...nem com asas...

De bolaseletras a 07.05.2013 às 21:32

Justo,

Quanto a si não sei, mas a mim se me pisam o calcanhar em plena corrida caio na certa...quanto a essa de o jogador do Estoril não ter hipóteses de chegar à bola não creio que esse critério de despenalização de uma falta conste das regras do jogo...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

pesquisar

Pesquisar no Blog