Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



2,3,4,5,6...

Quinta-feira, 23.05.13

 

 

São poucos os intitulados casais modernos, educados e tituladíssimos (gente com mestrado, doutoramento, etc. e tal) que pensa em ter mais do que um filho nos dias que correm. A desculpa, sempre banal e fatal, é a de que os tempos estão difíceis, o futuro incerto, as exigências profissionais não dão tempo para tirar mais tempo aos pais. Assim sendo, andar a plantar crianças como quem planta feijões seria uma absoluta irresponsabilidade. A mim parece-me muito bem que gente ajuizada e educada se preocupe com o futuro e o bem-estar das crianças, mas já me perturba um bocadito que tais preocupações económico-financeiras não colidam com os SUV último modelo, com as férias pelos Brasis e afins, com o empréstimo chorudo para pagar o andar no centro da cidade. Ok ok, queremos o melhor para os petizes, um colégio privado imaculado, que andem no British, na Alliance Française, que possam ter festinhas naqueles sítios cheios de brincadeiras com insufláveis que nos sugam as poupanças, as melhores roupas, a consola última moda, o gadget perfeito. Isto dá para um, mas não dá para mais, porque as férias, o carro e a casa no centro da cidade fazem parte da perfeita educação. Se os nossos pais e avós tiveram 2, 3, 4, 5, 6 filhos, isso foi uma perfeita loucura, sabe Deus como alimentaram eles as crianças, desconhece-se o milagre que fez dos petizes os seres educados e economicamente racionais que hoje são. Pode ser que mais à frente, quando todos nós formos velhos, sintamos falta desses 2, 3, 4, 5, 6 filhos que nos pagariam as reformas, nos fariam sorrir, nos poriam os cabelos ainda mais brancos.

 

Fotografia de Gervasio Sánchez

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:16


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog