Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Das facilidades relativas - a vida num penaltie

Segunda-feira, 24.08.09

 

 

Em jeito de rescaldo desta segunda jornada da lusa Liga, creio que faz sentido retomar um pensamento do Prof. Jesualdo Ferreira e adaptá-lo às principais ocorrências dos jogos dos 3 grandes. Se na jornada passada Jesualdo Ferreira sentenciou que era muito fácil expulsar o Hulk, parafraseio o mister portista para afirmar que é cada vez mais fácil marcar penalties a favor do Benfica e do Porto, e, por oposição, é cada vez mais fácil não marcar um penaltie a favor do Sporting. 

 

Desculpas de mau pagador? Não, já aqui escrevi sobre a mediocridade do jogo do Sporting contra o Braga. Contudo, comparando os 3 penalties em causa nos 3 jogos, coloca-se a questão de saber porque foi o do Sporting o único não assinalado. Tenho cá para mim que o que está em causa é um bom, velho e sempre respeitado factor: PODER. Se o benfica continua a exercer sobre os senhores do apito o poder de um gigante adormecido, adulado pelos tais 6 milhões que impõem respeito, do Porto emana o poder das instituições do futebol que domina por entre tentáculos bem urdidos.

 

 

E o poder do meu Sporting? É o poder dos velhos aristocratas que perderam as terras e a fortuna, mas mantiveram a altivez e o orgulho de preservar os valores. Infelizmente, quando um jogo está mais difícil, daria muito jeito um bocadinho mais de predisposição dos senhores árbitros para sancionarem aquilo que os olhos vêem. E, restando a dúvida que o penaltie resultaria em golo, nada como juntar à festa uma ou outra expulsão cirúrgica. Não, isso é para os donos do poder. Fiquemo-nos então pelos valores, senhores leões, na certeza de que não é por caminharmos de cabeça erguida que os títulos chegarão. No futebol, como na vida, infelizmente.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:45


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog