Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Portugal na A2

Quinta-feira, 27.08.09

 

 

Na semana passada despedi-me de um bocado de mim. Sou um tipo que pouco liga a carros, marcas, cilindradas, tempos de aceleração dos 0 aos 100, mas ver partir para outro dono o meu carrinho dos últimos 8 anos é como sentir que se esfumam muitas memórias de viagens, sítios, gentes, sabores, aromas, alegrias e agonias. Conversas eternizadas naquele cubículo sobre rodas, cheiros de gente impregnados nos estofos, ondas da rádio que combateram o sono, enfim, esta será a máquina mais humana dos tempos modernos.

 

Bom, meti-me então a caminho, A2 adentro, para me desfazer deste fiel amigo. Uma viagem reflexiva, diga-se. Fica o sumo da coisa telegraficamente:

 

1. Carros. Aos milhares. Novos, potentes, caros. Pode faltar tudo aos portugueses, pode a economia familiar estar à beira do colapso, o colégio dos miúdos em risco de passar a público, a prestação da casa no red line, mas o carro topo de gama ou último modelo da marca, esse não falha. Uma casa sobre rodas, o símbolo de um sucesso que, existente ou não, se tem de alardear a colegas, vizinhos, família.

 

 

2. Regras, para violar. Limites de velocidade, para desprezar. Condutas civilizadas, para chinês ver. Toda a raiva de um povo desliza nas solas desgastadas de vidas desgastadas, os 3 pedais que os levam ao destino podem marcar todo um destino. Deles ou dos desgraçados que estejam na mira da alucinada viagem de quem pouco mais tem que um carro, que uma vida vazia.

 

3. Estações de serviço. Multidões ávidas por consumir, o desperdício irracional no seu mais puro estado. Pagar por uma sandes 5 vezes mais do que custaria em casa, duas vezes mais do que valeria no café da esquina. É uma procissão de idiotice económica, o sinal de que quem desperdiça no menos espatifará toda uma economia familiar nas contas maiores. Não há economia que resista a estes predadores do asfalto.

 

 

 

4. Entrada no Algarve, última portagem. Visão horrenda das letras penduradas na margem da auto-estrada, ALLGARVE escrito com a caligrafia dos pobres de espírito, o provincianismo de quem manda sem critério. Julgaria o Ministro Pinho dos corninhos que esta parvoíce arrastaria mais ingleses ao paraíso algarvio? Pergunto-me porque não alteraram os espanhóis a designação de Maiorca para Moreorca. Alguém que tome a decisão de acabar com esta parolice, por amor do país.

 

5. Ilha de Faro, ria Formosa. Apesar de todos os atentados urbanísticos o mar do Algarve compensa todas as agruras do ser português. Azul azul azul, sol sol sol. Obrigado a quem pintou este mar.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:31





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog