Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



V. Guimarães 0 - Sporting 1

Domingo, 24.11.13

 

No futebol, como na vida, tudo é relativo. Para reconhecer devidamente a fantástica época que o Sporting está a fazer, é necessário relembrar o ano passado, as fragilidades de uma época assustadiça, sem ambição, sem qualidade e sem garra, para perceber que tudo o que está a ser feito deve ser visto, não digo como um milagre, mas como um trabalho e uma evolução de excelência. Não foi uma grande exibição, longe disso, mas houve inteligência, sangue, suor e lágrimas e pormenores que denotam que tudo está diferente para melhor. Se o meio campo não esteve particularmente inspirado, a defesa compensou esse dia menos bom com uma exibição segura e sem falhas comprometedoras. Maurício começa a assumir-se como patrão e Eric Dier, excelente nas bolas aéreas, pareceu bem mais concentrado do que nas suas últimas aparições. Se Montero está numa fase menos famosa na finalização, não deixa de fazer um fantástico trabalho a servir os colegas e a ajudar na circulação ofensiva. Se o nosso matador está numa fase de seca, temos no banco um homem cheio de fé e de pé quente, Islam Slimani, um ponta de lança que não sendo um virtuoso tem sabido surgir no momento e na altura certa para nos dar os golinhos necessários. Se Capel e Carrillo não conseguiram desequilibrar, Jardim acertou na mouche ao descobrir mais espaço nas alas com Carlos Mané e Diogo Salomão.

 

No banco um presidente entusiasta e que deve dormir, acordar e sonhar com o Sporting na mente e no coração teve, além destes evidentes méritos, o engenho de apostar em Leonardo Jardim, um Senhor e um Senhor treinador. Manteve a calma e com isso manteve a calma da equipa, escolhendo o momento certo para a estocada final. As suas declarações no final do jogo, falando abertamente das opções tácticas e estratégicas, falando de futebol como se deve falar deste desporto único, é uma lufada de ar fresco, é uma forma de estar que me orgulha seja a do treinador do Sporting. Podemos sonhar com o título? Sim, podemos! Força rapazes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:53


7 comentários

De Teresa a 25.11.2013 às 10:57

O meu receio tem a ver exactamente com isso "sim, podemos." porque não sei como os interesses - e são tantos e sabemos para que lado pendem - vão reagir.
Pode ser que a paixão do Presidente, como referes, e a constância e civismo do Treinador sejam um garante para Respeito...
Pratica-se em Portugal, neste momento, um Futebol não-espectáculo e isso tem abonado a favor desta equipa jovem e que começou (só) com ambição... menos mal que só estamos nesta frente aqueles que estão noutras não podem contar com a mesma (des)inspiração
Uma Boa Semana!
Teresa

De bolaseletras a 25.11.2013 às 21:58

Podemos sim, Teresa, mas além dos muitos interesses contra há também o esmagadora peso da juventude...haja fé! Boa semana!

De semprescp a 26.11.2013 às 10:32

Estas vitórias em jogos menos conseguidos são fundamentais.
Não esqueço que esta equipa, esta direcção, este Sporting está no começo de algo de muito bom...só no começo, mas já sabe tão bem...

Ass: Leoa Ferrenha

De bolaseletras a 27.11.2013 às 09:26

É verdade, amiga leoa, também é preciso ganhar pontos à rasquinha, a jogar feio. E o melhor estará para vir...sonhemos!

De anónimo a 26.11.2013 às 15:33

Vão sonhando! Por enquanto ainda é barato.
A verdade é que contra os vossos adversários directos não ganharam. Empataram no vosso campo e perderam no outro.
E da taça...ah, pois, já era.
Vai ser tão doloroso o despertar.
eheh...

De bolaseletras a 27.11.2013 às 09:27

Isso é tudo medinho ou é do frio? Tenha juízo, homem.

De semprescp a 27.11.2013 às 14:06


Aposto na 1.ª hipótese

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog