Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Tesourinhos cobertos de pó

Segunda-feira, 16.12.13

 

Já não tenho espaço para guardar mais livros no exageradamente enorme armário que adquiri quando adquiri uma casa demasiado pequena para os livros que queria alojar nos armários que sonhava ter. Para piorar a minha turbulenta relação com os livros veio a crescente falta de tempo, as demasiadas horas a trabalhar, o tempo investido a tratar, brincar, educar e olhar para os dois mini leitores do futuro para quem também sonho que aqueles livros venham a fazer sonhar. Depois, porque o que já não é fácil tem tendência a tornar-se cada vez mais difícil, a preguiça e o descanso fácil que a televisão e o smartphone proporcionam nas escassas horas do dia que me restam, ameaçam a sobrevivência dos livros nesta humilde morada, ameaçam que o pó que os cobre não seja agitado pelo desfolhar das páginas. Descansem meus queridos, descansem que hei-de voltar vorazmente a vocês, aproveitem para sonhar com os tesouros que encerram em vós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:00


4 comentários

De Teresa Faria a 17.12.2013 às 10:09

Tens de começar a pensar no conceito de "Family Library"...
Um pouco como quem tem demasiados filhos para as condições de que dispõe para os criar, há já muitos anos que fui obrigada (por demasiadas mudanças para casas demasiado pequenas) a começar a deixar os meus "filhos" à guarda dos avós, que têm uma casa muito maior para os albergar.
Não estão abandonados, sei que são bem tratados, e proporcionam alegrias a toda a família. Quando sinto saudades de alguns, vêm visitar a mãe por uns tempos.
Tem o pequeno senão de às tantas já não sabermos muito bem quais são os meus, quais os da avó ou da tia, que também adoptou este sistema... O que não me incomoda particularmente, porque os vejo como um bem que deve ser partilhado, porque sei que todas os tratamos com igual respeito, e porque nos proporciona a possibilidade de termos, na realidade, muito mais tesourinhos do que poderíamos ter individualmente. Uma espécie de biblioteca familiar, para a qual todas contribuímos e da qual todas podemos usufruir. E dividindo por três casas, por enquanto ainda há espaço para adoptar mais uns quantos meninos... ;-)

De bolaseletras a 17.12.2013 às 10:36

É sem dúvida uma bela ideia e conceito, Teresa, até porque se baseia na partilha do conhecimento e dos sonhos que encerram os tesourinhos. Temo é que nas casas da família directa o espaço não abunde, quer por excesso de livros quer por excesso de outros objetos menos ligados ao conhecimento, quer também porque alguns dos livros que por aqui andam pudessem ser censurados em casas de pendor mais católico;-). Ainda assim, obrigado pela sugestão!;-).

De eu é mais letras a 06.03.2014 às 01:06

Caro amante dos livros, vinho, amor, amigos, cinema, viagens & afins (das outras coisa que é amante não gosto particularmente - quer dizer, gosto de bola mas do Sporting nem por isso, e evas também dispenso, eu é mais adões...), cheguei aqui graças a uma busca na divina net sobre... livros, lá está.
É uma longa história, um dia poderei contá-la, mas por agora quero só dizer que é um prazer ler uma prosa tão bem escrita. Gosto de ler livros e gosto de ler sobre livros, sobretudo sobre os livros que gostei de ler. Continue a escrever, de preferência sobre livros (filmes e viagens também, vá lá). Cá estarei para o ler, com muito gosto.

De bolaseletras a 23.03.2014 às 18:27

Obrigado pelas simpáticas palavras. O tempo não tem sido muito para ler e , sobretudo, para escrever sobre o que li. Mas vou tentar regressar a esse divino tema, prometo que vou!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog