Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Vá, agora já chega, deixem o Eusébio finalmente descansar

Segunda-feira, 06.01.14

 

Agradeço do fundo do coração a Eusébio tudo o que deu ao futebol nacional, toda a visibilidade que deu a Portugal numa época em que este cantinho era ainda mais pequeno do que hoje é, todo o orgulho que ontem sentimos quando vimos o mundo curvar-se perante um dos nossos, dos nossos melhores de sempre. Mas já chega, não me parece bem que se (des)gaste mais o nome e as histórias do Eusébio, ele próprio deve querer descansar e finalmente ter um pouco de paz, de verdadeira paz. Não quero ver mais altos representantes da nação burilarem palavras lustrosas em bocas contorcidas por uma dor que parece sempre demasiado aprimorada, não quero ver mais declarações oficiais de partidos políticos sobre questões que me parece não deviam entrar nesses foros, não quero mais 3 dias de luto nacional, não quero mais entrevistas estafadas, repetitivas, redundantes a mais cidadãos que empunham um cachecol, verde, vermelho ou azul, não quero ver os habituais paineleiros desportivos a espremerem-se todos para encontrar mais um episódio interessantíssimo da carreira do Eusébio, não quero sequer pensar no que sentem os familiares dos 8 bombeiros que nem um minuto de luto nacional mereceram, não quero assistir à decadência mental de Mário Soares quando se lembra de, no único dia em que não o podia lembrar, que Eusébio não era um oráculo de cultura ou de que Eusébio gostava de whisky de manhã e não recusava um cálice pela tarde. O que é demais é demais, deixem o Homem descansar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:04


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog