Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais mel e menos fel precisa-se

Terça-feira, 06.10.15

 

zbdc.jpg

 

No início do mandato de Bruno de Carvalho no Sporting afirmei que, a partir do primeiro dia, ele seria o meu presidente. Não obstante, disse em paralelo que ou ele viria para salvar o clube e o devolver à grandeza original ou, dada a sua personalidade de furacão, um punhado de ideias radicais e, sobretudo, a forma de as afirmar, poderia ocorrer exactamente o contrário: o mandato do Bruno de Carvalho poderia fazer implodir o Sporting. Ainda não sei qual será o desenlace final deste messiânico mandato, mas sei que não é a chamar corruptos aos árbitros, a debater na televisão com adeptos trogloditas de outros clubes ou a afrontar tudo e todos de peito aberto (mesmo que esses poderes e entidades mereçam ser confrontados) que iremos ter melhores arbitragens, mais justiça desportiva ou mais verdade no futebol. Os grandes feitos conseguem-se com as alianças certas, as grandes moscas apanham-se com mel e não com fel. É preciso que alguém consiga dizer isto a este homem obstinado, é preciso que alguém tenha a coragem de o dizer e a força para o fazer ouvir. Ou está tudo cego, surdo e mudo, sportinguistas?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:34

Hold your horses, Bruno

Segunda-feira, 28.09.15

  

z_bruno.jpg

 

Pergunta-me um amigo vermelhusco, todo inchado e divertidamente provocador, “Então, hoje não há resumo da jornada no Bolas?”. Por acaso foi por falta de tempo, mas apetecia-me dizer-lhe que não há conversa sobre bolas no Bolas, porque cada vez mais o mundo do que devia ser redondo e simples é cada vez mais quadrado e complicado. As bolas que entram deixam de entrar sem que ninguém perceba bem a razão, tal como as mãos que afastam as bolas da baliza se tornam invisíveis para gente de apito célere e de tons vermelhuscos. Depois, porque os males não vêm só de fora, irrita-me que nos arrisquemos a não ganhar o campeonato menos difícil dos últimos anos porque pusemos o nosso saca-rolhas de defesas fechadas a ferrolho no congelador de produtos importados do Perú. Para dourar a pílula, Bruno de Carvalho, o nosso intrépido presidente, perdeu o norte e dispara agora em todas as direcções, contra inimigos reais e contra moinhos de vento. Se a existência de inimigos bem identificados tem o condão de aglutinar em torno de si os sócios e adeptos leoninos, já a consideração de que tudo o que nos é exterior é hostil não me parece o melhor caminho. Veja lá isso, Presidente, mais foco nas coisas da bola e menos triangulações no escorregadio mundo fora das quatro linhas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 16:09

Não matem o futebol (Académica 1 - Sporting 3)

Domingo, 30.08.15

IMG_20150830_220919.jpg

Jorge Jesus, no final do jogo de hoje, referiu que os erros de arbitragem têm de facto afectado e muito o Sporting mas que não acredita que haja perseguição. JJ é muita coisa mas parvo não é uma delas. Se dissesse isso então é que os árbitros e os seus dirigentes lhe faziam a folha de vez, a ele e ao Sporting. O ódio que despoletou em boa parte do ludopédio nacional a troca de JJ do Benfica pelo Sporting está agora a ter as suas primeiras consequência práticas. Não sei como dar a volta a esta situação, mas não creio que o Sporting tenha ainda qualidade para ganhar aos adversários e aos árbitros em simultâneo. É por isso que vou cada vez menos ao futebol, é por isso que nem me apetece escrever sobre o que realmente interessa, o jogo, os jogadores, as estratégias, enfim, aquilo que um jogo de futebol deveria ser. Não matem o futebol, é o que me apetece dizer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:11

A GAZPROM patrocina mais um roubo de igreja

Quarta-feira, 26.08.15

FB_IMG_1440626160170.jpg

Dedicado aos verdadeiros sportinguistas e aos benfiquistas ressabiados e órfãos do JJ que espumam da boca a escrever sobre o Sporting: O futuro não se constrói só com vitórias. Constrói-se com a inabalável convicção que permite ultrapassar as contrariedades, com a vontade indomável em combater as injustiças, com a sabedoria que só possuem os que aprendem com os erros. Levantem a cabeça rapazes, e baixem-na só para voltarem a beijar o leão que têm ao peito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:04

Sporting 2 - CSKGazprom 1 (a preto, sem imagem, de luto pela verdade desportiva)

Quarta-feira, 19.08.15

De férias a sério, mergulhos, sol e muita brincadeira com os miúdos, fiz uma pausa no cérebro desligado para sofrer à séria pelo meu Sporting. Sabia e sei que vai ser muito difícil, a Gazprom, muito dinheiro e prestígio em jogo, e nisto das jogadas de influência Portugal continua a ser munta pacanino. Muita coragem dos rapazes, muita fé e carradas de arte não foram suficientes para derrubar de vez os poderes ocultos. Na Rússia vai ser de novo assim, vamos ter sempre que marcar mais do que seria necessário, pois alguns golos e penaltis ficarão no saco azul da Gazprom and friends. Força rapazes, estamos convosco!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:32

Nacional 0 - Sporting 1

Domingo, 21.12.14

mane.gif

Antes de me debruçar sobre o jogo do meu Sporting hoje na Madeira, queria apenas dar uma palavra ao presidente Bruno de Carvalho. Senhor Presidente, se não está satisfeito com o seu treinador e com a equipa diga-lhes isso directamente, de preferência no recato do balneário. Dizê-lo para fora para que eles o oiçam demonstra pouca inteligência emocional, não muito digna que alguém que até tem demonstrado boas qualidades de liderança. Esses recados públicos destabilizam a equipa, como bem se percebeu na primeira parte do jogo de hoje contra o nacional. Aliás, nesses 45 minutos fiquei com dúvidas que os jogadores, contrariamente ao que têm deixado entender, estivessem de alma e coração com Marco Silva. Por outro lado, tão pouca concentração e duvidosa intensidade fizeram-me igualmente duvidar que Marco Silva, como diz, estivesse a exigir tudo dos seus jogadores.

Na segunda parte tudo mudou. Marco arrumou a equipa, sobretudo as ideias da equipa e a forma de as executar, e a melhor qualidade do nosso futebol e dos seus melhores jogadores sobressaíram finalmente. Paulo Oliveira, depois de alguns meses de adaptação a outra realidade, afirma-se já como um muito bom central com promissora margem de progressão. William Carvalho melhora todos os jogos, estando bem mais perto de fazer o que tão bem faz: jogar simples e fazer dessa simplicidade o motor da equipa, a ligação oleada entre a defesa e o ataque. Slimani, aquele a quem chamam tosco, dominou bolas impossíveis, assistiu, foi um martelo pneumático incansável, decisivo em todos os momentos ofensivos, o homem que tanto porfiou até que um remate seu fosse bem recargado por Carlos Mané. A esta equipa falta agora um companheiro de qualidade para o lado de Paulo Oliveira, um João Mário que perceba que a equipa necessita, além da sua qualidade ofensiva, que seja mais intenso a defender, que faça com que o seu pé de pelúcia seja também de betão na hora de recuperar a redondinha. A equipa precisa também que Nani regresse e que Carrillo, com as saudades que sente dele, não exagere nos lances individuais mas sim que ponha toda a sua arte ao sentido da equipa. Parabéns rapazes, precisamos que os segundos 45 minutos passem a ser 90.

P.s. – Enquanto isso, pelo lado errado da segunda circular, assistiu-se a bonita homenagem conjunta do sr. Capela e do Benfica ao clube chileno Colo Colo. Para quem não apanhou a piada, em alternativa enalteço a nova aposta de Jorge Jesus em Bebé, como que justificando o colinho com que o sr. Capela deu mais 3 pontos aos vermelhuscos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:32

Moçoilas avantajadas, salada de frutas e um gostinho especial pela galhofa

Segunda-feira, 01.12.14

ar.jpg

Nos últimos tempos tem crescido vertiginosamente a percentagem de notícias sobre os males da nação que leio na diagonal, para não me amofinar demasiadamente. O problema não são tanto as notícias em si mas o que elas mostram do nosso Portugal e, sobretudo, as não consequências que as mesmas comportam e o tiroteio que se lhes segue com o objectivo de desviar a atenção de tudo o que deveria ser essencial sobre essas mesmas notícias. Se uma jovem cidadã vai à Assembleia de República e difunde, através do sempre presente Professor Marcelo, a surpresa e indignação por perceber que na casa da democracia imperam os telefonemas durante as supostamente dignas sessões, bem acompanhados de atentas visualizações de jovens avantajadas por terras do facebook, o que se segue é uma discussão séria sobre o que andam os nossos parlamentares a fazer pela Assembleia? Não, nada disso, o destaque vai todo para a resposta de um Senhor deputado que prefere colocar em dúvida a veracidade do que viu a rapariga, aproveitando para beliscar o Professor Marcelo por, aparentemente, não apreciar jovens avantajadas.

No mesmo sentido, depois de uma entrevista daquele que recentemente foi eleito o melhor árbitro a nível mundial, Pedro Proença, na qual criticou fortemente o actual estado da arbitragem portuguesa bem como os dirigentes responsáveis pela manutenção e não alteração desse status quo, a preocupação dos media e dos intervenientes do futebol português não foi esmiuçar as críticas tecidas no sentido de perceber o que está mal e poderá ser mudado, mas sim, seguindo um bom hábito lusitano, focar a atenção no fait divers, desta vez personificado numa suposta nomeação do árbitro em causa, em jeito de castigo a petiz insurrecto, para um jogo de benjamins da Associação de Futebol de Lisboa. Focamo-nos nos pormenores para fugir ao essencial, porque temos preguiça de ir ao fundo das questões ou simplesmente porque gostamos é da galhofa? Não querendo fugir ao essencial da questão e simpatizando até um pouco com esta realidade que critico (galhofa, gosto muito de galhofa), enquanto não encontramos a resposta para este e para tantos males da nação lanço o repto: e que tal colocarmos árbitros a controlar os excessos de proliferação legislativa parlamentar? E que tal colocarmos moças avantajadas a acalmar os humores dos nossos trauliteiros do mundo da bola e dos senhores do apito? Epá, espera lá, parece-me que a malta lá do norte já tratou disso, a salada de frutas de moças avantajadas já acalmou muito boa gente do apitódremo nacional. Siga a banda!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:55

Sporting 1 - Paços de Ferreira 1

Domingo, 09.11.14

 nani5.gif

 

À enésima referência que o comentadeiro futeboleiro faz a Minhoca, o meu filho de 5 anos, atento ao meu ar desesperado e ao papel de assistente do bom do Minhoca no golo do Paços de Ferreira, questiona-me, desmentindo todas as teses relativas à infantil inocência, com as seguintes palavras: “Pai, as minhocas são muito rápidas”? A minha estupefacção não é menor do que a de qualquer adepto leonino, quando não consegue, mais uma vez, explicar o que se passa com este clube e equipa. Temos o meio campo da selecção nacional, o ataque preenchido pela sensação argelina do último mundial, pela maior promessa do futebol peruano e pelo segundo melhor jogador português, temos dois bons laterais e o melhor guarda-redes português e, ainda assim, deixamos que o Paços de Ferreira passe toda a primeira parte a dominar-nos e a vulgarizar-nos. Explicações? Tantas e já tão gastas. William Carvalho que ou está desmotivado ou está cansado dos dois jogos por semana, o Presidente que ou foi demasiado duro com a equipa ou virou a arbitragem contra o clube, os centrais que são de menos ou os avançados que falham de mais, o árbitro que vê foras de jogo onde eles não existem, sobretudo quando as camisolas são verdes e não vermelhas, e mais, muitas mais, o rol explicativo é infindável. Enfim, escrevia-se um livro, com tanta justificação, embora nada justifique que todos estes problemas se eternizem e multipliquem, toda a gente os conheça e não se corte o mal pela raíz.

Quanto ao Benfica, tive muito boa gente a espicaçar-me para denunciar mais uma arbitragem vergonhosa que, mais uma vez, disfarçou um jogo menos conseguido dos vermelhuscos. Vou pelo que me dizem e leio, mas eu, farto de me enervar com vergonhas destas, logo após ter visto o guarda-redes do Nacional oferecer 2 golos ao Benfica mudei de canal. Estou eu a insinuar que o jogador madeirense facilitou a vida? Não, nada disso, mas o que é certo é que quando o Benfica joga mal tudo acontece para que os 3 pontinhos lá vão surgindo. Deve ser um misto de sorte e coincidências astrológicas, certamente. Só nos saem Duques!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:27

Ainda a vergonha de Gelsenkirchen

Sexta-feira, 24.10.14

 

gels.jpg

O que andamos a fazer com a verdade dos mercados, com o espírito dos valores desportivos, com a regra sagrada de que deve ser, tirando as irónicas traições da sorte e do destino, quem melhor joga a vencer os duelos futebolísticos? Acreditam os abutres da verdade que somos tão tolos ou moles que assistiremos, impávidos e serenos, à destruição do desporto rei? Não, estamos atentos e combateremos estes senhores da mentira manchada pelo petróleo e o vil metal. Fiquem com esta lição sobre história e distorções do mercado e percebam porque o Sporting nunca poderia vencer:

Não vou à bola com a Gazprom

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:33

Schalke Gazprom 4 - Sporting 3

Terça-feira, 21.10.14

 schalke04gazprom[1].jpg

Ser do Sporting é sofrer que nem um cão e nunca desistir, é ver o Slimani lesionar-se, o Maurício ser expulso e o Rui Patrício conceder um golo fácil, tudo num curto espaço de tempo e, ainda assim, acreditar. Depois do 3-1 eu acreditava, porque a equipa mostrava personalidade, alma, qualidade e muita raça. Fazemos o 3-3 e eis que, a minuto e meio do fim, um árbitro russo, provavelmente embalado pelo facto da Gazprom ser o principal patrocinador do Schalke 04, marca um penalty porque uma bola bateu na cabeça do Jonathan, cabeça essa que o árbitro fez tudo por acreditar que era um braço. Há muitos anos que não assistia a uma roubalheira tão escandalosa num campo de futebol. Grande Sporting, grande alma leonina, isso nenhum filho da mãe vestido de preto nos rouba!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:00





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog