Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Um obrigado aos amantes de um bom clássico da segunda circular

Terça-feira, 08.03.16

 

derby.png

 

Não, minhas amigas, não se abespinhem por este post não ser o quinquagésimo milionésimo post de hoje em louvor da mulher porque hoje é o dia, o dia da Mulher! Para memória futura, informo todas e todos os interessados que não celebro nem dou os parabéns neste dia. Pode parecer cliché, mas para mim todos os dias são dia da Mulher, de o celebrar, de o honrar, de o viver, de o amar. Não sei se o faço bem, mas cá vou tentando, à minha tosca maneira...

 

Entretanto, como se percebe pela inspiradora imagem que encima este texto, este post é a minha maneira, como que compensando a falta de tempo para responder individualmente aos mais de 20 comentários do post infra, de agradecer todo o interesse, opiniões, paixões, elogios, insultos e afins com que me brindaram. Benfiquistas a elogiar-me e sportinguistas a reverem-se nas minhas palavras, o mundo pode ser um lugar harmonioso, afinal…Como o Sapo teve a generosidade de destacar este post (parece que acertam sempre no post que eu gostaria de ver destacado, maravilhosa sintonia, esta) mais de 4.000 pessoas leram o que escrevi. Acreditem que me custou escrevê-lo. Amo o meu clube com força, intensidade, paixão. Gosto demasiado do Sporting, talvez…mas talvez, no que ao gostar respeita, tal nunca seja demasiado. Ainda hoje não estou bem em mim depois daqueles 90 minutos de sofrimento. Sabem, já estive mais confiante de que a dupla JJ/BdC fossem a nossa salvação, hoje tenho muitas dúvidas, foi essas que expressei no meu post. O meu amor pelo clube é irredutível, por isso me reservo o direito de criticar os que por lá passam, sem deixar nunca de apoiar o clube que amo. A raiva que o nosso grande capitão Adrien sentiu por ver que a agressão de Renato Sanches sobre Slimani fora vergonhosamente desconsiderada, é a raiva que se apoderou de mim no momento da derrota. Quis canalizá-la para algo que pudesse ser reflexivo e, mais para a frente, positivo. Alguns amigos acusaram-me de querer ter no banco de treinadores um pacifista que resolvesse o conflito israelo-palestiniano, que foi com esta atitude belicista e de constante confronto que o Porto e o Benfica vêm ganhando nos últimos anos. Deixem lá isso, se fosse para ser fácil eu era do Barcelona ou do Bayern. Força Sporting!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:33

Sporting 0 - Benfica 1

Sábado, 05.03.16

IMG_20160305_214633.jpg

"- Pai, como é que falhámos estes golos todos? - Filho, o Sporting é tão grande que não cabe na baliza." Vender o Montero e o Tanaka, ficar com a nulidade Teo, comprar um barco que nem desatraca. Presidente, mister, temos que ser ainda mais profissionais, melhorar para lá do que já fizemos este ano. Força, ainda não acabou, rapazes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:18

Benfica 1 - Porto 2

Sábado, 13.02.16

IMG_20160213_083040.jpg

Esta imagem do jovem central nigeriano do F.C. Porto a superiorizar-se ao consagrado avançado espanhol benfiquista resume na perfeição o clássico de ontem. Se José Peseiro revelou personalidade e coragem com esta opção, Rui Vitória falhou em conseguir que a sua equipa mantivesse contra um focadíssimo Porto a chama que tem mostrado contra equipas de menor igualha. Não basta alardear aos ventos que se quer e que se é capaz, é preciso demonstrá-lo inequivocamente nos jogos decisivos. Não o mostraram Jonas e Gaitan, as duas estrelas mais cintilantes da nação vermelha, que jogaram abaixo das suas possibilidades. Não o mostrou Rui Vitória que com as substituições que fez pôs a equipa a jogar menos, o que nao é de estranhar quando o Benfica acabou o jogo com Gaitan a defesa esquerdo. Há quem lhe chame muita coisa, eu chamo-lhe falta de personalidade. O resto são flores e coreografias bonitas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 08:43

Não matem a nossa paixão

Quinta-feira, 28.01.16

slimas.jpg

É este o futebol que eu gosto, por quem me apaixonei, que me fez feliz em criança, em jovem imberbe e que ainda hoje mexe comigo. Livre, sem grilhetas, jogado em qualquer lado, a qualquer hora, com os amigos, contra aqueles que imaginamos serem os nossos inimigos, os nossos moinhos de vento que temos que derrubar. Prefiro estas guerras a outras - se o combate faz parte da natureza humana, que nos dediquemos a este e não a outros bem mais letais. Golos que não entravam, canelada que fervia, empurrões e cabeçadas à Cais Sodré, foi tudo isso que fez dos putos de um bairro dos Olivais homens mais preparados para enfrentar o mundo. Obviamente que no futebol profissional as regras são mais apertadas, não está em causa isso. Mas no dia em que no calor do jogo um corte fora de tempo, um braço que bate na cara de um adversário na tentativa de ganhar posição ou a bola, são usados para castigar um dos artistas da relva, é o dia em que o futebol deixa de ser um jogo entre homens apaixonados e passa a ser um torneio entre autómatos acorrentados às regras dos burocratas da bola. Slimani deu com o braço na cara de Samaris sim, enquanto lutava pela posição, como o Eliseu arreou num adversário e outros casos que tais que ocorreram naquele Benfica vs Sporting, tudo enquanto os jogadores lutavam sofregamente pela bola, pela vitória. Querem castigar só um lado, excluir o jogador mais decisivo do Sporting por vários jogos e assim decidir o campeonato por baixo da mesa, nos jogos de secretaria e das interpretações discricionárias de leis que hoje ditam uma coisa e amanhã outra? Façam o favor, matem a galinha dos ovos de ouro, exterminem a nossa paixão, aniquilem o futebol.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:49

Sporting vs Benfica: quem pode mais?

Domingo, 24.01.16

FB_IMG_1453654452415.jpg

Após assistir à vitória clara do Benfica sobre o Arouca, com facilidade e uma boa dose de nota artística, questionei-me se o meu Sporting iria ter espírito de campeão para ultrapassar um adversário difícil num campo complicado. A resposta leonina foi próxima do brilhante. Alguns néscios quando olharam para as estatísticas da primeira parte perguntaram, ao perceberem que o Paços de Ferreira tinha zero remates contra 11 do Sporting, por onde andava a equipa pacense. O futebol é simples, uma equipa joga o que a outra deixa, e os jogadores leoninos foram enormes, corajosos, ostentaram um espírito de conquista que diz muito sobre o que poderá ser o resto da época. E objectivamente, quem tem melhor equipa para levar o caneco para casa no fim da época? Ora bem, comparemos sector por sector, tendo em conta os jogadores mais utilizados nas duas equipas: quanto a defesas laterais, creio ser unânime que João Pereira e Jefferson têm sido mais fiáveis defensivamente e produtivos a nível ofensivo dos que os jogadores utilizados nessas posições pelos encarnados. Já no centro da defesa, e sobretudo contando com Luisão, parece-me que o Benfica está um pouco mais bem servido, sobretudo no que respeita à experiência dos seus jogadores. No meio campo não me parece que apesar do bom rendimento de Renato Sanches e Pizzi o Benfica, com Samaris e Fejsa, tenha condições para produzir mais do que o que fazem no Sporting Adrien, William, Aquilani e, sobretudo, João Mário. Lá à frente tudo muito igual, apesar de estilos diferentes. Se Slimani é potência, Jonas é arte, se Gaitan é velocidade e arte, Ruiz é arte e ratice. Depois, para Jimenez e Mitroglou há Montero e Teo, e se entra Carcela parece-me que Gelson quando entra mexe mais com o jogo. Ligeira vantagem para o Sporting na comparação de sectores, algo que comprovadamente se tem estendido ao banco quando os dois treinadores entraram em confronto directo (JJ 3-xor Vitória 0). Assim, apesar da bola que bate na barra e do apito que não apita quando devia, tenho muita fé em vocês, meus leões! Em frente, rumo à glória final!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 16:56

Sporting 2 - Benfica 1

Sábado, 21.11.15

IMG_20151121_211005.jpg

Jorge Jesus no fim do jogo disse tudo: "fomos sempre mais equipa". Sobretudo depois da saída de um ineficaz Montero e da colocação do genial e supra elegante João Mário mais avançado. À frente dele um jogador impressionante, que nunca pára, que desgasta a relva, a bola, os adversários, que era capaz de passar a noite a correr em busca do golo e da vitória: o nosso leão Islam Slimani. Mais do que estes dois destaco a equipa, a calma quando perdia, a fé, a garra e a vontade inquebrável de ganhar. Depois o nosso grande treinador, a fazer desta uma verdadeira equipa, coesa, tacticamente equilibrada, tecnicamente evoluída. E a falar na flash interview do Monteiro, do limpinho limpinho e de que não esperava ganhar 3 vezes a um bicampeão. Ainda me apaixono por ti, Jorginho!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:20

Benfica 0 - Sporting 3

Domingo, 25.10.15

IMG_20151025_204403.jpg

Não sou propriamente o tipo com mais fairplay do mundo, mas também não sou nenhum galináceo que não sabe perder e ainda menos ganhar. Hoje o Sporting foi uma equipa inteligente, adulta e controlada que soube ser eficaz no início, aproveitar os nervos que essa eficácia provocou no Benfica e, navegando na onda, dominar o jogo e espetar 3 ferros sem espinhas nas costas de um touro manso. Em suma, para quem segundo o Xor Vitória tinha apenas 11 jogadores que duvidava constituíssem uma equipa não estivemos nada mal. Embalados pela classe de João Mário e pela capacidade de equilibrar a equipa de William Carvalho pegámos no martelo pneumático Slimani e só parámos quando descobrimos 3 jazidas de petróleo na baliza de Júlio César. O Benfica? O lance mais perigoso que criou foi um remate de Luisão à sua própria baliza. Tenham juízo e metam a arrogância no bolso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:31

Negro e cinzento

Sexta-feira, 23.10.15

 

Horacio Coppola Argentina 1906 2012 Calle Californ

Estou sem tempo, imaginação e pachorra para escrever textos interessantes, divertidos e absurdamente pertinentes. O estado da nação deprime-me, os nossos queridos políticos esvaziam-me a verve, a distância para o Verão também não está a facilitar as coisas. Vêm aí dois derbies e o Bruno, por mais razão que tenha mexe-me com os nervos devido à péssima forma de expressar essa razão. Isso afasta-me um pouco da temática desportiva, pois quando a coisa começa a entrar pelos pantanosos terrenos do ódio e da guerrilha permanente não me sinto propriamente atraído para a causa. Não quer isto dizer que os vermelhuscos não comprem fruta da época a rodos para distribuir por sabemos nós quem muito bem, quer apenas isto dizer que eu prefiro cheirar a bola a rolar na relva do que outras linhas brancas que não as que delimitam o afamado rectângulo de jogo. O panorama é negro e cinzento e negro e cinzento só gosto de fotografias fantásticas como esta de Horacio Copolla, fotógrafo argentino, no ano de 1931, em que tudo era fotografado a preto e cinzento e mesmo assim não deixava de ser belo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 16:24

Café da manhã - café com fruta

Quarta-feira, 14.10.15

  

5.jpg

 

Porque o café cai bem com tudo, deixo aqui uma pequena reflexão emitida há alguns dias pelo António Tadeia sobre prendinhas, cafezinhos e fruta da época. Está aqui muito do que penso sobre o assunto do kit Eusébio, vouchers para comezainas e as vermelhuscas alegações de inocência por parte de quem se considera o supra sumo da moralidade. Sem excessos de cortesia, aqui fica:

“É verdade que, por tradição, vários clubes fazem ofertas a árbitros há décadas. É uma questão de cortesia, alegam. Mas mais do que ir buscar o limite máximo de euros que a UEFA impõe, o presidente da APAF devia ter sido claro nas indicações a dar aos seus homens: não há razão nenhuma para que essas ofertas, mesmo sendo legais, sejam aceites por agentes que já são relativamente bem pagos para cumprirem as suas tarefas de modo profissional. Da mesma forma que não há razão nenhuma para que os clubes pensem em oferecer aos árbitros presentes cujo valor se aproxima da metade de um salário mínimo. Porque ninguém oferece presentes a juízes do tribunal antes de uma audiência. E porque não se pode bradar pela verdade desportiva, condenar a “fruta” e o “café com leite” e depois ser assim tão cortez com os árbitros. É que às vezes mais vale ser bruto.”

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:41

Por que esperas, Luís Filipe?

Quinta-feira, 01.10.15

 

z_slb.jpg

Ontem à noite recebi um mail de um amigo a questionar-me porque não tinha ainda recebido a habitual mensagem de fairplay, com os parabéns à nação vermelhusca pela vitória por terras madrilenas. Não lhe respondi, mas não me importo de deixar aqui os parabéns. A Rui Vitória, pela coragem de colocar a equipa a jogar sem receios, a Rui Vitória por apostar em jovens portugueses e por os fazer render (Nélson Semedo, Gonçalo Guedes e André Almeida), a Rui Vitória por andar mais preocupado em fazer do que em falar (sim JJ, é uma alfinetada para ti, podes passar o recado também ao nosso Presidente). Quanto a Luís Filipe Vieira, que veio vituperar os adeptos benfiquistas que tiveram um comportamento vergonhoso no estádio, peço um bocadinho de recato e menos hipocrisia. Porquê? Porque quando estive no Estádio do Algarve a assistir à supertaça, a mesma claque do Benfica teve exactamente o mesmo vergonhoso comportamento mas, nesse momento, LFV estava mais preocupado com os SMS fantasma de Jorge Jesus do que com a segurança dos adeptos portugueses (os espanhóis valem mais?). Tanto LFV, como eu e mais metade do país sabemos quem atira petardos e tochas para a relva e para as bancadas. Porque espera LFV, por mais uma tragédia como a que ocorreu há uns anos no Jamor?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:42





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog