Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Obrigado leões, parabéns Benfica

Domingo, 15.05.16

FB_IMG_1463331998605.jpg

Parabéns aos jogadores do Sporting que deram tudo e jogaram o melhor futebol do campeonato. Parabéns a Jorge Jesus que nos fez subir vários patamares de qualidade. Parabéns a Bruno de Carvalho que estabilizou o clube financeira e desportivamente. Parabéns aos adeptos que sempre acreditaram e apoiaram a equipa. Parabéns ao Benfica que começou mal e soube crescer e manter a vantagem ganha em Alvalade. Parabéns a Rui Vitória e aos jogadores, parabéns aos seus adeptos, muitos deles meus amigos. Não me apetece falar do penalty do Talisca, de outros colinhos que aconteceram durante o ano, nem me apetece falar em momentos menos felizes de Bruno de Carvalho e de Jorge Jesus. Hoje ficam só os parabéns, principalmente aos adeptos e aos jogadores das duas equipas. Desejo que para o ano a competitividade seja a mesma, os erros dos árbitros sejam melhor distribuídos, que os meus excelentes treinador e presidente passem a apreciar mais o silêncio enquanto desenvolvem e bem o seu brilhante trabalho. Obrigado rapazes, meus queridos leões. Vão para o vosso merecido descanso de cabeça levantada, que bem merecem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:49

O meu Sporting, o meu futebol

Sábado, 23.04.16

kitato_2016-03-19_16-37-44.jpg

Não tenho escrito sobre o meu Sporting, o clube do meu coração, aquele que será sempre, sempre, o meu clube, a minha paixão nos domínios da bola. Não gosto menos de ti, Sporting, mas não ando particularmente entusiasmado com o que tenho visto e ouvido nos últimos tempos. Adoro o futebol que Jorge Jesus pôs a equipa a jogar, adoro quando ele decide falar de bola e de jogadores, mas desilude-me o mau perder, o atirar de culpas para tudo o que é externo ao seu trabalho, a recente vulgaridade de um discurso que não é aquele que quero para o meu Sporting. Ganhar não justifica tudo, não pode justificar. Agradecerei sempre o que Bruno de Carvalho fez para tirar o nosso clube da discreta sombra do passado, mas não quero que o futuro sejam posts diários no facebook contra Deus e o diabo, que sejamos o arauto da razão que elegeu todos os restantes clubes do universo como inimigos. Quero muito que o Sporting ganhe o campeonato, pelos jogadores e os melhores adeptos do mundo, pela minha paixão, mas não troco isso pela perda do que me fez amar o Sporting, pelos nossos valores. O esforço, a dedicação, a devoção e a glória estão envoltas em valores ainda mais importantes: o desportivismo, o amor pelo desporto, o respeito pelos adversarios. Tudo isto para dizer que hoje vou levar o meu Miguel ao Sporting e que nem lhe vou falar da luta pelo título. Vamos ver bola, os jogadores que admira, ouvir os mais belos cânticos, bater palmas, vibrar, apoiar. O futebol que amo é a imagem do post, puro, sem merdices e torrentes de palavras. O futebol joga-se dentro do campo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:23

Um obrigado aos amantes de um bom clássico da segunda circular

Terça-feira, 08.03.16

 

derby.png

 

Não, minhas amigas, não se abespinhem por este post não ser o quinquagésimo milionésimo post de hoje em louvor da mulher porque hoje é o dia, o dia da Mulher! Para memória futura, informo todas e todos os interessados que não celebro nem dou os parabéns neste dia. Pode parecer cliché, mas para mim todos os dias são dia da Mulher, de o celebrar, de o honrar, de o viver, de o amar. Não sei se o faço bem, mas cá vou tentando, à minha tosca maneira...

 

Entretanto, como se percebe pela inspiradora imagem que encima este texto, este post é a minha maneira, como que compensando a falta de tempo para responder individualmente aos mais de 20 comentários do post infra, de agradecer todo o interesse, opiniões, paixões, elogios, insultos e afins com que me brindaram. Benfiquistas a elogiar-me e sportinguistas a reverem-se nas minhas palavras, o mundo pode ser um lugar harmonioso, afinal…Como o Sapo teve a generosidade de destacar este post (parece que acertam sempre no post que eu gostaria de ver destacado, maravilhosa sintonia, esta) mais de 4.000 pessoas leram o que escrevi. Acreditem que me custou escrevê-lo. Amo o meu clube com força, intensidade, paixão. Gosto demasiado do Sporting, talvez…mas talvez, no que ao gostar respeita, tal nunca seja demasiado. Ainda hoje não estou bem em mim depois daqueles 90 minutos de sofrimento. Sabem, já estive mais confiante de que a dupla JJ/BdC fossem a nossa salvação, hoje tenho muitas dúvidas, foi essas que expressei no meu post. O meu amor pelo clube é irredutível, por isso me reservo o direito de criticar os que por lá passam, sem deixar nunca de apoiar o clube que amo. A raiva que o nosso grande capitão Adrien sentiu por ver que a agressão de Renato Sanches sobre Slimani fora vergonhosamente desconsiderada, é a raiva que se apoderou de mim no momento da derrota. Quis canalizá-la para algo que pudesse ser reflexivo e, mais para a frente, positivo. Alguns amigos acusaram-me de querer ter no banco de treinadores um pacifista que resolvesse o conflito israelo-palestiniano, que foi com esta atitude belicista e de constante confronto que o Porto e o Benfica vêm ganhando nos últimos anos. Deixem lá isso, se fosse para ser fácil eu era do Barcelona ou do Bayern. Força Sporting!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:33

Desabafo de coração leonino aberto

Segunda-feira, 07.03.16

  

Leão!!![1].jpg

 

Acreditem, apetece-me tudo menos começar a semana a falar de bola. No entanto, se não disser o que me vai na alma dificilmente extirparei este veneno do meu fluxo sanguíneo. No final do jogo, perante alguma natural tristeza do meu filho Miguel, depois da “boutade” do post infra, expliquei-lhe que isto do ser do Sporting não vai ser fácil, que vamos perder algumas vezes, muitas delas em jogos importantes, mas o importante é perceber que somos do Sporting não porque ganhamos e não só quando ganhamos, mas porque amamos o nosso clube, o que ele representa para nós, os seus valores, a forma de viver o desporto que nos habituamos a ver nele, a viver com ele. O jogo é uma festa, o próximo jogo é visto com esperança, sempre, por mais louca e injustificada que ela seja, porque quem adora o jogo e o clube sorri sempre em busca dos próximos 90 minutos. A minha felicidade é que, já na cama, ele sorriu e disse-me: “Deixa lá pai, ganhamos o próximo”. Divertimo-nos e sofremos nos 90 minutos, gritámos e roemos as unhas, vivemos o jogo juntos e solidários.

Já só, perante os despojos do jogo, pensei um pouco no que acabara de se passar. Porque demorámos 30 minutos para entrar no jogo? Porque não entrámos demolidores? Porquê tantos nervos, tanto receio em ter a bola no pé, tanta ineficiência em passar a bola jogável? Porque é que o William da segunda parte, demolidor e a levar a equipa para a frente, passou a primeira parte retraído e mais preocupado em apoiar os centrais? Não vou fingir que não sei. Sei-o, e saberão aqueles que despirem as vestes leoninas na análise que do jogo fizerem. Porque Jorge Jesus quis a equipa cerebral, sabendo que o empate nos manteria à frente. Porque mudámos a nossa filosofia de jogo, como tantas vezes Jesus fez contra outras equipas fortes, sobretudo contra o Porto dos tempos de Vítor Pereira. Depois, em 60 minutos dominámos o jogo e o Benfica fez o que lhe competia, defender muito e bem, suportado ainda pelo fado que acompanha este clube, tão fielmente representado naquele impossível remate por cima da trave, a um metro da linha de golo, do nosso mago Ruiz.

Jogo perdido, é o raio da vida, há que cumprimentar o adversário e seguir em frente, sem perder a esperança, ansiando por corrigir o mal que foi feito. É isto que eu quero que sejam os valores do meu Sporting (e que na maior parte das vezes são), foi tudo menos isto que Jesus disparou para todos os lados. Aquele discurso pós-jogo de miúdo de 10 anos ressabiado porque perdeu um jogo em que até jogou melhor, e que por esse facto julga que não merecia perder, desprezando e menorizando o Benfica, atirando para as costas da providência e da sorte tão injusto resultado, não é digno do meu clube. Nada nos garantia que íamos vencer o jogo. Nem o nosso melhor futebol, nem a nossa vontade, nada. É também essa a beleza do futebol, a sua imutável incerteza. Não sei se a equipa entrou retraída, nervosa e confusa por causa da táctica de Jesus ou da mensagem por este passada, ou porque aos jogadores simplesmente tremeram as pernas vergadas sob o peso da responsabilidade, sei apenas que isso sucedeu e que sobre tal entrada tremida ouvi zero do meu treinador. Era isso que queria perceber na conferência pós-jogo, não um chorrilho de merdosas infantilidades irritadinhas por ter tido azar em meia dúzia de oportunidades do jogo. Não sei se Jorge Jesus cá estará para o ano, mas se for para manter este nível de discurso, ganhando ou perdendo, espero bem que não esteja. E é isto, minhas amigas e amigos, tinha que deitar cá para fora.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:53

Sporting 0 - Benfica 1

Sábado, 05.03.16

IMG_20160305_214633.jpg

"- Pai, como é que falhámos estes golos todos? - Filho, o Sporting é tão grande que não cabe na baliza." Vender o Montero e o Tanaka, ficar com a nulidade Teo, comprar um barco que nem desatraca. Presidente, mister, temos que ser ainda mais profissionais, melhorar para lá do que já fizemos este ano. Força, ainda não acabou, rapazes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:18

Bayer Leverkusen 3 - Sporting 1

Sexta-feira, 26.02.16

 

teo.jpg

 

Não me apetece esmiuçar o jogo de ontem do Sporting na Alemanha. O Sporting podia mas a “estrutura” não quis. Porque temos que poupar o fôlego dos melhores para o campeonato, porque esta será uma bela estratégia se tudo correr bem e uma merda de estratégia se tudo correr mal. Pensar pequenino e fechados no nosso confortável cantinho não me cheira bem, não me cheira ao Sporting grandioso e ambicioso que pensava que esta Direção e esta equipa técnica pretendiam. Os recursos são escassos? Sim, vender o Montero e o Tanaka e ficar com o perfeito inútil que é o Teo Gutierrez para enfrentar a armada alemã é pouco, muito pouco. Estou lixado? Muito. Ganhem o campeonato e façam-me engolir a azia. Só não me façam sentir pequenino por terem medo de ser grandes. Podemos não conseguir, mas que nos esfolemos todos a tentar. Vejam lá essa merda.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 13:03

Sporting 0 - Bayer Leverkusen 1

Quinta-feira, 18.02.16

FB_IMG_1455833309713.jpg

O Teo não quer saber nada disto, quer é férias na sua terrinha. O Jesus quer saber um bocadinho disto, mas quer saber muito mais do campeonato. Os alemães não querem saber da técnica refinada de João Mário e Ruiz, querem é chutar com mais eficácia, cruzar com mais direcção e correr mais do que a equipa adversária. Não interessa fazer bonito, interessa ser mais forte e ganhar. Por mais que JJ o explique, não consigo perceber como é que mais 60 minutos de futebol dos nossos 2 mais importantes jogadores (Slimani e Adrien) iriam fazer perigar o campeonato nacional. Não foi um dia bom rapazes, não foi a melhor estratégia mister. Está decidido? Não, nada disso, mas na segunda mão temos que dar tudo, entrar com os melhores. Vejam lá isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:10

Sporting vs Benfica: quem pode mais?

Domingo, 24.01.16

FB_IMG_1453654452415.jpg

Após assistir à vitória clara do Benfica sobre o Arouca, com facilidade e uma boa dose de nota artística, questionei-me se o meu Sporting iria ter espírito de campeão para ultrapassar um adversário difícil num campo complicado. A resposta leonina foi próxima do brilhante. Alguns néscios quando olharam para as estatísticas da primeira parte perguntaram, ao perceberem que o Paços de Ferreira tinha zero remates contra 11 do Sporting, por onde andava a equipa pacense. O futebol é simples, uma equipa joga o que a outra deixa, e os jogadores leoninos foram enormes, corajosos, ostentaram um espírito de conquista que diz muito sobre o que poderá ser o resto da época. E objectivamente, quem tem melhor equipa para levar o caneco para casa no fim da época? Ora bem, comparemos sector por sector, tendo em conta os jogadores mais utilizados nas duas equipas: quanto a defesas laterais, creio ser unânime que João Pereira e Jefferson têm sido mais fiáveis defensivamente e produtivos a nível ofensivo dos que os jogadores utilizados nessas posições pelos encarnados. Já no centro da defesa, e sobretudo contando com Luisão, parece-me que o Benfica está um pouco mais bem servido, sobretudo no que respeita à experiência dos seus jogadores. No meio campo não me parece que apesar do bom rendimento de Renato Sanches e Pizzi o Benfica, com Samaris e Fejsa, tenha condições para produzir mais do que o que fazem no Sporting Adrien, William, Aquilani e, sobretudo, João Mário. Lá à frente tudo muito igual, apesar de estilos diferentes. Se Slimani é potência, Jonas é arte, se Gaitan é velocidade e arte, Ruiz é arte e ratice. Depois, para Jimenez e Mitroglou há Montero e Teo, e se entra Carcela parece-me que Gelson quando entra mexe mais com o jogo. Ligeira vantagem para o Sporting na comparação de sectores, algo que comprovadamente se tem estendido ao banco quando os dois treinadores entraram em confronto directo (JJ 3-xor Vitória 0). Assim, apesar da bola que bate na barra e do apito que não apita quando devia, tenho muita fé em vocês, meus leões! Em frente, rumo à glória final!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 16:56

Sporting 3 - Braga 2

Domingo, 10.01.16

IMG_20160103_220705 (1).jpg

Um dos grandes méritos desta equipa leonina passa por, ao contrário do que se passou nos últimos anos, ter força e confiança para puxar pelos adeptos, nunca desistindo, acreditando sempre no seu valor e no objectivo final a que se propõe - a vitória. Hoje é justo centrar o mérito naquele que está para lá dos jogadores, que os estimula, lhes reforça a capacidade mental e os organiza em campo. Falo de Jorge Jesus, o nosso mister que antes do jogo entoa os cânticos da ponta sul, que no final do jogo vibra e explode como um adepto. Foi ele que soube que era o momento para pôr em campo Gelson para implodir o jogo, foi ele que soube ver que Montero tinha condições anímicas para inventar aquele segundo golo. Esta é uma equipa de sportinguistas, desde o Paulinho ao Presidente, passando por JJ e pelos jogadores e assim tudo é possivel, mesmo quando o impossível está à espreita. Parabéns rapazes, obrigado por mais esta extraordinária vitória. A jogar e a acreditar assim, a glória está já ali!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:52

Vitória de Setúbal 0 - Sporting 6

Quarta-feira, 06.01.16

1452118395459.jpg

Que dizer depois desta brilhante exibição leonina por terras do choco frito? Que Bryan Ruiz será o estrangeiro mais talentoso que passou por Alvalade depois de Balakov, que João Mário é arte em movimento com pezinhos de lã, que o chuta chuta Bruno César dá experiência e poder de fogo face ao que dão Matheus e Gelson e, não esquecer, há que reflectir sobre a falta que Carrillo faz. Estamos cheios de moral, sim, chama-se a moral dos campeões. Obrigado rapazes, obrigado Bruno, obrigado Jorge, como dizia um bom amigo, assim vale a pena ter nascido!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:17





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog