Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Nacional 0 - Sporting 1

Domingo, 21.12.14

mane.gif

Antes de me debruçar sobre o jogo do meu Sporting hoje na Madeira, queria apenas dar uma palavra ao presidente Bruno de Carvalho. Senhor Presidente, se não está satisfeito com o seu treinador e com a equipa diga-lhes isso directamente, de preferência no recato do balneário. Dizê-lo para fora para que eles o oiçam demonstra pouca inteligência emocional, não muito digna que alguém que até tem demonstrado boas qualidades de liderança. Esses recados públicos destabilizam a equipa, como bem se percebeu na primeira parte do jogo de hoje contra o nacional. Aliás, nesses 45 minutos fiquei com dúvidas que os jogadores, contrariamente ao que têm deixado entender, estivessem de alma e coração com Marco Silva. Por outro lado, tão pouca concentração e duvidosa intensidade fizeram-me igualmente duvidar que Marco Silva, como diz, estivesse a exigir tudo dos seus jogadores.

Na segunda parte tudo mudou. Marco arrumou a equipa, sobretudo as ideias da equipa e a forma de as executar, e a melhor qualidade do nosso futebol e dos seus melhores jogadores sobressaíram finalmente. Paulo Oliveira, depois de alguns meses de adaptação a outra realidade, afirma-se já como um muito bom central com promissora margem de progressão. William Carvalho melhora todos os jogos, estando bem mais perto de fazer o que tão bem faz: jogar simples e fazer dessa simplicidade o motor da equipa, a ligação oleada entre a defesa e o ataque. Slimani, aquele a quem chamam tosco, dominou bolas impossíveis, assistiu, foi um martelo pneumático incansável, decisivo em todos os momentos ofensivos, o homem que tanto porfiou até que um remate seu fosse bem recargado por Carlos Mané. A esta equipa falta agora um companheiro de qualidade para o lado de Paulo Oliveira, um João Mário que perceba que a equipa necessita, além da sua qualidade ofensiva, que seja mais intenso a defender, que faça com que o seu pé de pelúcia seja também de betão na hora de recuperar a redondinha. A equipa precisa também que Nani regresse e que Carrillo, com as saudades que sente dele, não exagere nos lances individuais mas sim que ponha toda a sua arte ao sentido da equipa. Parabéns rapazes, precisamos que os segundos 45 minutos passem a ser 90.

P.s. – Enquanto isso, pelo lado errado da segunda circular, assistiu-se a bonita homenagem conjunta do sr. Capela e do Benfica ao clube chileno Colo Colo. Para quem não apanhou a piada, em alternativa enalteço a nova aposta de Jorge Jesus em Bebé, como que justificando o colinho com que o sr. Capela deu mais 3 pontos aos vermelhuscos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:32

Sporting 4 - Schalke 04 2

Quarta-feira, 05.11.14

nanii.jpg

Este é o Sporting que aprendi a amar, apoiar e respeitar. Uma equipa que faz das fraquezas forças quando quer repor a justiça das coisas, que faz da sede da vingança a chama que lhe aquece os ânimos. Este é o leão que ruge mais alto que os outros, que sentindo a infelicidade atravessar-lhe novamente no caminho (aquele azedo auto-golo de Slimani) faz por esquecer que está a perder com uma equipa alemã de topo, dá a volta à história e parte em busca da glória que lhe vive nos genes. Nani, o homem que se recusou a que a história o esquecesse, Nabi Sarr, o miúdo que não quer ter medo de ser homem, Carrillo, o traquina que grita ao vento que é mais rápido do que ele, Patrício, o milagreiro que ri na cara dos que juram que os milagres são impossíveis. Marco Silva dedicou a vitória em especial aos adeptos esfaqueados em Guimarães, agora falta Bruno de Carvalho vir dizer que estes homens hoje deram-nos mais do que o que tinham dentro de si. Obrigado rapazes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:21

Porto 1 - Sporting 3

Sábado, 18.10.14

 po.jpg

Tinha prometido descansar até do blog mas as alegrias do meu Sporting servem também para quebrar regras tolas. Escrever aqui que o Marco Silva ainda vai ser mais special que o Mourinho, que o Nani ainda vai a tempo de ofuscar o CR7 ou que ao pé do William Carvalho o Kroos e o Pirlo são dois jogadores banais vale por todo o descanso do mundo. Não consigo carregar fotografias para o Bolas via smartphone mas isso não interessa nada, o que é isso ao pé do facto do Sporting ter mostrado a sua garra em grande estilo, de ter gritado o terceiro golo a alta voz abraçado ao meu primogénito e a uma mini, it can't get much better than this! Obrigado Bruno, obrigado Marco, obrigado rapazes, leões do meu coração!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:32

Penafiel 0 - Sporting 4

Domingo, 05.10.14

Reunião de amigos sportinguistas para assistir a mais uma vitória folgada dos nossos leões fora de portas, com muitos bocejos e preocupações na primeira parte seguidos de gritaria, euforia e esperança, muita esperança nascida na segunda parte. Preocupações reforçadas com o regresso de um William Carvalho lento a executar e a pensar, complicativo, longe do esteio do ano passado. Receios crescentes com um Sarr que, para além da imaturidade, demonstra também outros erros que já não me parecem tão derivados da pouca idade mas de falhas graves de concentração e qualidade. A esperança provém toda da fome matadora de Slimani, da arte de Nani e da ressurreição para os golos de Montero. Marco, acredito em ti, no trabalho que estás a fazer, mas adorava ver este Sporting entrar em campo em 4-4-2, com Slimani a matador e Montero lá na frente a fazer de n.º 10 que também sobre para ponta de lança, com Nani e Carrillo nas alas e o meio campo apoiado em Adrien, João Mário/William Carvalho. Há equipas que se impõem pela consistência defensiva, o Sporting, não tendo jogadores com essas características, só tem uma hipótese: asfixiar os adversários com pressão alta e com o subsequente vendaval ofensivo. Vamos a eles, leões!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:51

Benfica 1 - Sporting 1

Domingo, 31.08.14

 

Há jogos decididos e marcados na nossa memória por momentos brilhantes de grandes jogadores e há outros que serão recordados devido a erros patéticos de jogadores medíocres. Artur fez o que já fizera tantas vezes, pelo que o erro que permitiu a Slimani empatar a partida de hoje é todo ele responsabilidade de Jorge Jesus. A sua teimosia em apostar num jogador que tanto e tão flagrantemente falha é a marca indelével dos casmurros arrogantes. Mas o erro de Artur não é um momento isolado no jogo, é muito mais do que isso. Primeiro porque permite esconder que antes disso (e também depois, mas aí já o erro camuflara a coisa) a defesa do Sporting, sobretudo o seu eixo central, demonstrara demasiadas fragilidades. Sarr esteve bem para um miúdo a entrar agora nestas vidas, Maurício começa a não conseguir disfarçar a falta de classe para estas andanças e os laterais atacaram melhor do que defenderam. O já famoso erro serve também na perfeição para que jornalistas, adeptos, dirigentes e até treinador possam esconder por trás dele a realidade da equipa do Benfica: é bem mais fraca que o ano passado, sobrevive devido a Luisão, Enzo (até quando?) e à enorme classe de Salvio e Gaitan. 

Há quem resuma o jogo dizendo que o empate foi justo mas eu arrisco-me a dizer que as oportunidades mais flagrantes acabaram por ser do Sporting. Mais importante do que isso, pergunto: Há quantos anos não saíamos da Luz com a sensação de que merecíamos mais do que um empate? O mérito de se poder colocar esta pergunta é de Marco Silva, que sirva ela também para espantar alguns fantasmas que por aí andavam já a pairar sobre o jovem Marco. Nenhuma das equipas deve embandeirar em arco depois deste jogo, devem sobretudo pensar que se continuarem a jogar o que demonstraram, a meio do ano já entregaram o caneco à tripalhada. Vejam lá isso, rapazes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:56

Sporting 1 - Arouca 0, no dia em que Nani não soube baixar a crista

Sábado, 23.08.14

 

Fotografia do site MaisFutebol

 

Gosto demasiado do Sporting para não dizer o que aí vem. Um clube rigoroso, candidato sério ao título, organizado e com a época bem planeada não pode meter a titular um jogador com dois ou três dias de treino com a equipa. Um jogador com a experiência e qualidade de Nani não pode armar-se em vedeta e tornar-se de um dia para o outro o marcador de penalties da equipa e, não pode sobretudo, sair a passo quando é substituído e a equipa precisa com urgência de marcar. Um Sporting forte a candidato ao título não pode escudar-se no azar de Montero, porque azar não é aselhice ou falta de classe (gosto muito de Montero, mas os dois cabeceamentos têm de ser mais desviados do guarda-redes). Marco Silva e Bruno de Carvalho têm que, dentro do grupo e com firmeza, explicar a Nani que é um entre iguais e que acima dele está e estará sempre o Sporting. Ou Nani aprende que não rentabilizará as suas imensas qualidades enquanto não souber acalmar o seu ego em prol da equipa ou será apenas mais uma daqueles promissores jogadores de quem daqui a alguns anos ninguém se lembrará.

Por fim, gostei bastante de Esgaio e de Sarr, gostei muito de Adrien, esperava mais de Carrillo e de Rossel. Jefferson está a subir de forma a olhos vistos e Maurício vai dando credibilidade àqueles que dificilmente aceitam que tenha qualidade para o Sporting. André Martins precisa de ser mais constante e incisivo, João Mário merece uma oportunidade, Carlos Mané merece muitas mais oportunidades e os fantásticos adeptos leoninos, que puxaram até ao fim, merecem mais e melhor futebol. Vejam lá isso, rapazes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:57

Sporting 1 - Benfica 0

Domingo, 20.07.14

 

Enquanto 6 milhões de portugueses se questionam o que é feito do campeão, o João Mário vai-nos lembrando a arte e o carinho com que deve ser tocada a bola, o Rosell vai aperfeiçoando a definição de equilíbrio e o Carrillo vai esquecendo que por vezes se distraía de jogar à bola e vai-se tornando um caso sério. Feliz mas com sono resumo a coisa numa frase: mais vale mudar de um bom treinador para outro bom treinador do que de uma boa equipa para uma equipa duvidosa. Excelente e convincente vitória, mas não embandeiremos em arco que este Benfica é fraquinho. Obrigado rapazes, queremos mais!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:13

Sporting 2 - Belenenses 1

Sábado, 19.07.14

 

Chegaram os tão ansiados jogos de pré-época, as horas e meia que nos põem a sonhar, que nos fazem ver maravilhas que manifestamente não existiram naqueles metros quadrado de relva, mas que a nossa paixão teima em lá plantar. Ontem, através do bendito streaming lá fui espiar a vermelhusca TV para perceber como param as modas no meu Sporting. Perante um Belenenses para o fraquinho, deu para perceber que há ali mão de treinador - e dos jeitosos -, visível sobretudo na preocupação com a qualidade de jogo e com uma e eficiente circulação de bola.

 

Falando do que realmente interessa nestas coisas da bola, que são obviamente os jogadores, destacar pela positiva um Rosell com escola, cabeça e futebol simples e eficaz (um bom duplo para William Carvalho, se confirmar a primeira impressão), um Wilson Eduardo a querer fazer lembrar o Derlei dos bons velhos tempos, um Dier que tem tudo para pegar de estaca no centro da defesa e, como não podia deixar de ser, um Carrillo enervante pois tem pormenores tão divinos que irrita nos restantes momentos em que parece esquecer-se do bom que é. Quanto a preocupações: Montero continua enguiçado, fazendo-me temer que não sendo um jogador muito rápido nem que se impõe pelo físico, antes pelo contrário, esteja a ter demasiadas dificuldades para contornar defesas que já lhe conhecem bem as manhas. Quanto aos demais reforços viu-se pouco, mas estou com um feeling que Domingo o Tanaka engole o Talisca! Força leões!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:36





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog