Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Por la Roja!

Quarta-feira, 07.07.10

Paz Vega representando toda a imponência do futebol espanhol

 

Penélope Cruz, o espelho de uma bela equipa que sua e suja o equipamento

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:29

Do sonho à realidade - castanholas castanholas!

Quarta-feira, 07.07.10

 

 

Depois de nos ter sido concedido o delicioso privilégio de assistir à forma como a Espanha se impôs a uma fortíssima Alemanha, exigem-se agora algumas profundas e atentas reflexões. Por exemplo, se seria imaginável, num raciocínio de sincera objectividade, pensar que Portugal tinha armas para derrubar esta harmoniosa e indestrutível armada espanhola? Quem tem a lata de dizer que o meio campo espanhol não é um mecanismo perfeito, uma associação oleadíssima de classe, técnica e de ideias sem fim? E Villa, aquela raça, sentido de baliza, rotação constante, quem tem igual? E a garra sem limites dos menos tecnicamente dotados, como Puyol, onde descobrir tamanha energia? E a sabedoria de um treinador que elogia uma das principais vedetas da equipa, mas que, percebendo o seu momento de forma menos famoso, o substitui com sucesso, onde já se viu isso? Ainda mais, fazendo-o entrar a 10 minutos do fim, sem um vislumbre de reclamação ou amuo?

 

 

 

Só havendo uma hecatombe Espanha não será campeã mundial. Merecidamente, não dando azo a qualquer dúvida. A Alemanha fez os melhores jogos deste Mundial, mas baqueou perante uma equipa fantástica. Mueller terá feito falta, mais até do que inicialmente se imaginava, numa equipa que vale pelo seu todo. Agora, é tempo de olhar para o que os espanhóis têm feito e tentar retirar ensinamentos. Atente-se no facto de uma Espanha sustentada no campeoníssimo Barcelona nos fazer lembrar Portugal de 2004, alicerçado no Porto de Mourinho. Se calhar, vamos ter de esperar por uma equipa portuguesa que consiga de novo fazer brilhar um bom punhado dos seus jogadores lusitanos. Onde anda ela? E o sacana do polvo, que acertou outra vez? Pero, que las hay, hay.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:43

A bela laranja

Terça-feira, 06.07.10

Daqueles dias em que o cansaço não permite grandes elocubrações sobre quase nada. Por entre colheres de sopa que o petiz regurgita entre lágrimas, mil novas caretas para o fazer rir e abrir a boca, vejo a beleza e eficácia holandesa, o brilho das suas estrelas maiores (Sneijder, Robben, etc.) e o melhor golo do mundial, do veterano Van Bronckhorst. Do outro lado, a garra uruguaia, os milagres de Fórlan, o esgotar das últimas forças até ao derradeiro minuto. O futebol é fantástico, o campeonato do mundo é o maior e mais belo evento desportivo do mundo, as saudades irão ser muitas.

 

Perro de palavras deixo as imagens que resumem todo uma batalha que nos encantou. Enquanto os uruguaios agradecem a mão de deus do seu herói, os holandeses recriminam esse gesto "batoteiro" e erguem o bastião do moralismo desportivo, coisa que evidentemente não existe. Depois, o melhor golo do mundial. O início, o fim e um momento inesquecível para o autor da proeza. Depois deste golo, acredito que Giovanni Van Bronckhorst conquistou o direito de morrer feliz. Naquele minuto ou daqui a 50 anos aquela alegria nunca o largará.

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:40

Octopussy

Domingo, 04.07.10

 

Anda para aí um polvo alemão a adivinhar resultados da Manschaft. O bicharoco move os seus tentáculos com a arte dos grandes oráculos, é já uma referência dos principais órgãos de comunicação social que analisam o torneio, eleva-se à condição de estrela cuja opinião é impossível não auscultar. Estamos habituados a tratar assuntos sérios levianamente, mas ainda mantinha a esperança que os temas leves fossem tratados com a seriedade de quem leva a sério os seus momentos de lazer. Um polvo? Um bicho viscoso que só consideramos quando acompanhado de cebola, pimento e tomate, bem temperado com azeite e vinagre, ou então bem tratadinho à lagareiro. Um polvo? Não me lixem, pá.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 20:14

O sonhador e a chanceler

Sábado, 03.07.10

 

 

Dieguito, o homem que acreditámos devolveria a fantasia e o sonho ao futebol, afundou-se no seu conceito de futebol. Para ele, o futebol são os seus artistas. A táctica, a organização e o sistema de jogo é conversa de quem procura disfarçar a ausência de artesãos da bola. Por isso Maradona jogou com 4 defesas, um médio de raiz e 5 avançados. Porque só o golo lhe interessa, o caminho para lá chegar é uma perda de tempo, um aborrecimento inútil para si e os espectadores. A Alemanha personificou o futebol total, táctica, técnica, velocidade, poder físico, remate letal. Os alemães renovaram toda uma selecção de forma perfeita, construindo todo o seu futebol em torno daquela que deve ser a grande vedeta: a equipa.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:19

Os loucos também choram

Sexta-feira, 02.07.10

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:45

A máscara que chora

Sexta-feira, 02.07.10

 

 

O peso de 1000 milhões sobre os ombros. Todo o futuro do futebol africano, toda a alegria de tanta gente nos pés de um homem, na sua mente, a triturar-lhe os nervos, a aquecer-lhe o sangue que deveria, naquele momento, mais que em qualquer segundo da sua vida, ser frio, gelado, o sangue de um experimentado assassino. Gyan, fantástico jogador ganês, fraquejou. Isto de ser composto de carne e osso é um desassossego, dá tanto jeito como um ataque de impotência numa orgia abençoada por Berlusconi. Deus, na segunda oportunidade dada ao Gana, a série de 5 penalties, riu-se para os milhões de máscaras africanas. Aqui mando eu, disse Ele. E o continente chorou, sucubindo ao espírito de Panenka nos pés de El Loco Abreu.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:42

Comunidade da picanha ao fundo

Sexta-feira, 02.07.10

 

 

O Brasil com o seu estilo de futebol mecanicista e fastidiosamente prático, decidiu transfigurar toda uma tradição de arte, samba e alegria futebolística. Não vi o jogo (gravei, hei-de ver e cá voltar), mas parece que a Holanda ainda jogou pior que o Brasil, pelo que li. Custa-me ver um povo amante do futebol sofrer, mas, por outro lado, agrada-me saber que as beldades holandesas continuarão a dar alguma cor aos écrãs. Dunga, esse anão teimoso, quis enxamear a equipa de trincos duros, verticais e de futebol aborrecido. Se todo um povo e uma legião de jornalistas não foi capaz de correr com Dunga e evitar a hecatombe, como será possível erradicar a pobreza, as favelas e a corrupção na terra do samba? Creio que a comunidade da picanha devia parar para chorar, pensar muito bem e, só depois, agir. Não vá o Lula tecê-las.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:59

Das perguntas, das respostas e do perdão

Terça-feira, 29.06.10

 

As declarações de Cristiano Ronaldo são infelizes e pouco solidárias? São. Cristiano, nos grandes clubes por onde passou, teve atitudes destas e desabafos deselegantes para com os treinadores? Não. É fácil criticar e queimar Cristiano depois do que disse? Facílimo. Faz sentido que deva ser Carlos Queiroz a responder às questões sobre as razões da derrota? Todo o sentido. Cristiano pôs em risco o seu estatuto de capitão na selecção? Sem dúvida. As suas declarações foram a quente e no auge da desilusão e portanto merecem o nosso perdão? Huuummm…vais ter de nos comprar o perdão com muitos golinhos, miúdo!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:37

Tiki taka afunda tuca tuca

Terça-feira, 29.06.10

 

 

A minha vontade, ainda mergulhada na desilusão dos pouco realistas, era que o título e as fotografias que ilustram este post me dispensassem de escrever sobre o jogo. Há situações em que escrever dói. Mas pronto, vamos lá ver se dedilhar as teclas me ajuda a exorcizar as dores de alma. Em resumo:

  1. O meio campo espanhol tem muito mais arte, criatividade e espontaneidade do que o português. Pedro Mendes deveria ter feito de Pepe, exigem-se explicações sobre o afastamento do titularíssimo Deco. Nem depois do 1-0 entrou porquê? A vontade de castigar Deco deveria ser superior aos interesses da selecção?

  2. A bomba CR7 não explodiu. É imperioso perceber, em definitivo, porque não rende Cristiano Ronaldo na selecção.

  3. Os 10 primeiros minutos do jogo não foram suficientes para perceber que o Ricardo Costa a cobrir o David Villa era meio caminho andado para o suicídio? Ou foi uma questão de fé?

  4. Eduardo foi fantástico, superlativo, um verdadeiro herói. Coentrão, na primeira parte, a imagem da coragem e da crença nas suas capacidades. Foi esta capacidade de superação que faltou à maioria dos nossos jogadores. Estes rapazes são as duas principais vitórias de Queiroz.

  5. Não foi por Hugo Almeida sair que perdemos. Depois da sua saída foi o golo, depois disso não mais a bola chegou em condições lá à frente. Ainda assim, Queiroz mais uma vez explicou mal a substituição, criando uma contradição sobre o esgotamento de Hugo Almeida com o próprio jogador.

Resumindo e concluindo, fizemos um mundial bastante decente. Tirando os casos Nani e Deco, honrámos as camisolas. A Espanha é mais forte do que Portugal, Cristiano Ronaldo não conseguiu contrariar a lógica. Voltemos às SCUT´s e ao desgoverno desta nação em suspenso, que já chega de paródia. Ah, e a ver se o Mourinho se farta de Madrid antes do próximo Mundial. Dava um certo jeito.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:13





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog