Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


JJ e a sabedoria dos simples

Domingo, 03.01.16

IMG_20160103_220705.jpg

Durante anos o facciosismo clubístico impediu-me de valorizar as imensas qualidades de Jorge Jesus. A forma como coloca as suas equipas a jogar (futebol apoiado a partir do corredor central, pressão alta, retirar a máxima qualidade dos jogadores) e, algo que só agora consigo apreciar devidamente, a forma como gosta e sabe falar de futebol. Explica, critica, aceita e rebate as perguntas e comentários dos jornalistas. No fim, usa os mind games a um nível Mourinhesco, como ontem fez, defendendo e valorizando Lopetegui enquanto atacava em simultâneo Rui Vitória, tudo isto ao mesmo tempo que, subrepticiamente, se colocava no pedestal do mestre que explica aos pares que o admiram e odeiam. Fala simples, dá pontapés na gramática, mas diz mais e mais fundo que todos os outros. Obrigado JJ, por nos mostrares que a simplicidade pode encerrar tanta sabedoria.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:09

Nem um oceano nos separa

Domingo, 20.12.15

IMG_20151220_213612.jpg

Impossível resumir este jogo de forma mais perfeita do que o fez Jorge Jesus. Há jogos assim que não nos podem enfraquecer nem desviar do rumo. Força rapazes!

«Eu, como treinador do Sporting, o que posso dizer aos meus jogadores? Nada, zero. Trabalhámos, criámos oportunidades. Só não marcámos. É futebol. Isto é o único desporto coletivo em que tu podes estar 90 minutos junto à baliza contrária e, numa vez que eles lá vão, marcam. Eles cumpriram o seu objetivo».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:54

Sporting 3 - Besiktas 1

Quinta-feira, 10.12.15

IMG_20151210_215336.jpg

Dizia o comentador do jogo na SIC que o Sporting parecia fazer-se de morto para depois virar o jogo. O Sporting fez uns primeiros 60 minutos atabalhoados, parecia de facto desconfiado de si. Depois, com o toque miraculoso de Jesus, a arte de Bryan Ruiz, a raça de Slimani e a categoria de Teo Gutierrez (a marcar e a deixar o árbitro sem reacção - genial a cena de lhe sacar o spray para marcar o campo), o Sporting rugiu a altíssimo nível. Ricardo Quaresma, apesar da sua habitual trivela, precisou de regressar a Alvalade para perceber o que é um verdadeiro banho turco. Parabéns leõeszinhos gigantes!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:21

Sporting 1 - Belenenses 0

Segunda-feira, 30.11.15

FB_IMG_1448918638875.jpg

São conhecidos aqueles jogos desesperantes em que uma equipa faz as despesas todas do jogo, remata, remata, remata, e podia passar o resto do jogo a chutar que o raio da bola porfiava em não entrar. Mas depois há a estrela. A de Jesus, que ironicamente nasceu em Belém, a de um Sporting com estrelinha de campeão. Deixo aqui os parabéns a 11 guerreiros que não desistiram nunca, que acreditaram sempre, que não nos deixaram esmorecer a esperança.

 

P.s. - Deixo também um abraço de apoio para um dos profissionais mais sérios e dedicados que conheci, António Leonel, a.k.a. Tonel, que será, por certo, injustamente acusado de ter de forma deliberada facilitado no inegável lance da grande penalidade. Não será o seu impoluto passado a causa dessa nojenta acusação, mas sim a azia dos desesperados e a mente suja daqueles que mordendo a língua morrerão envenenados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:33

Lokomotiv de Moscovo 2 - Sporting 4

Quinta-feira, 26.11.15

FB_IMG_1448573024377.jpg

De génio e de louco todos temos um pouco, reitera o povo na sua infinita sabedoria. Jorge Jesus teve a genialidade de, em pouco tempo, construir uma equipa que respira confiança, transpira arte e inspira esperança. No fim do jogo, como quem gosta de chocar ou simplesmente naquela sua sinceridade desarmante, deu a entender que esta vitória tinha sido um problema, quase uma chatice. Porque a prioridade é o campeonato, porque no fundo Jesus sabe que o plantel é curto para tantas lutas. Será mesmo, mister? As exibições de Montero, Esgaio e Matheus Pereira e a própria entrada de André Martins mostram que pode haver mais gente em quem apostar para além do 11 inicial. Jesus sabe muito de bola, de mind games, pelo que o segredo pode aqui ser a alma do negócio. Parabéns rapazes ninguém nos pára leões!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:35

Sporting 2 - Benfica 1

Sábado, 21.11.15

IMG_20151121_211005.jpg

Jorge Jesus no fim do jogo disse tudo: "fomos sempre mais equipa". Sobretudo depois da saída de um ineficaz Montero e da colocação do genial e supra elegante João Mário mais avançado. À frente dele um jogador impressionante, que nunca pára, que desgasta a relva, a bola, os adversários, que era capaz de passar a noite a correr em busca do golo e da vitória: o nosso leão Islam Slimani. Mais do que estes dois destaco a equipa, a calma quando perdia, a fé, a garra e a vontade inquebrável de ganhar. Depois o nosso grande treinador, a fazer desta uma verdadeira equipa, coesa, tacticamente equilibrada, tecnicamente evoluída. E a falar na flash interview do Monteiro, do limpinho limpinho e de que não esperava ganhar 3 vezes a um bicampeão. Ainda me apaixono por ti, Jorginho!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 23:20

Skenderbeu 3 - Sporting 0

Quinta-feira, 05.11.15

tumblr_mzetufBSsk1sw327to1_1280.jpg

Já o escrevi anteriormente. As constantes declarações de Jorge Jesus a priorizar o campeonato nacional e a retirar relevância à Liga Europa desresponsabilizam os jogadores, atraem a apatia em campo, amolecem a raça e a garra leonina. Não posso admitir que os melhores jogadores do Sporting não tenham robustez física e mental para disputar as duas competições em alto rendimento. Se os outros o fazem somos menos que os outros, mister Jesus? Não é só pôr em campo jogadores que não são habituais primeiras escolhas, é sobretudo colocar na defesa, meio campo e ataque jogadores sem rotinas com os parceiros do sector e com inferior ritmo de jogo. Não é admissível perder assim contra uma equipa albanesa. Alguém tem que explicar muito bem e de uma vez por todas isto a Jorge Jesus. O Sporting não precisa de mais descalabros ridículos, sobretudo quando os mesmos são perfeitamente evitáveis. Vejam lá isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:03

De que te ris, Jorge?

Sexta-feira, 02.10.15

jj.jpg

A falta de tempo não me deixou falar a quente sobre o jogo de ontem do Sporting por territórios turcos. À cabeça apetece-me dizer que a minha irritação perderia toda a sua força se o Teo Gutierrez não se tivesse armado em Nuno Gomes, cheio de técnica e pinta, só para depois falhar uma mão cheia de golos clamorosos. Como assim foi, não posso deixar de manifestar o meu desagrado com a estratégia do nosso treinador, quando informa a nação, os sportinguistas e os JOGADORES (!!!) que a prioridade é o campeonato. Ó mister, mas você acha que a prioridade do Rui Vitória e do Lotopegui é a liga dos campeões?? Não, meu bom Jesus, claro que não, mas não precisam de informar os jogadores disso, é deixá-los sonhar e dar o máximo que conseguirem, se possível um bocadinho acima do máximo. Agora, se lhes tiramos a pressão e a ambição com essa informação inútil e pouco inteligente, é meio caminho andado para o Tobias falhar cortes infantis e o Teo fazer pontaria ao guarda-redes. E era só isto, que tenho que ir refletir sobre os destinos da nação. Um bem haja a todos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 18:24

Por que esperas, Luís Filipe?

Quinta-feira, 01.10.15

 

z_slb.jpg

Ontem à noite recebi um mail de um amigo a questionar-me porque não tinha ainda recebido a habitual mensagem de fairplay, com os parabéns à nação vermelhusca pela vitória por terras madrilenas. Não lhe respondi, mas não me importo de deixar aqui os parabéns. A Rui Vitória, pela coragem de colocar a equipa a jogar sem receios, a Rui Vitória por apostar em jovens portugueses e por os fazer render (Nélson Semedo, Gonçalo Guedes e André Almeida), a Rui Vitória por andar mais preocupado em fazer do que em falar (sim JJ, é uma alfinetada para ti, podes passar o recado também ao nosso Presidente). Quanto a Luís Filipe Vieira, que veio vituperar os adeptos benfiquistas que tiveram um comportamento vergonhoso no estádio, peço um bocadinho de recato e menos hipocrisia. Porquê? Porque quando estive no Estádio do Algarve a assistir à supertaça, a mesma claque do Benfica teve exactamente o mesmo vergonhoso comportamento mas, nesse momento, LFV estava mais preocupado com os SMS fantasma de Jorge Jesus do que com a segurança dos adeptos portugueses (os espanhóis valem mais?). Tanto LFV, como eu e mais metade do país sabemos quem atira petardos e tochas para a relva e para as bancadas. Porque espera LFV, por mais uma tragédia como a que ocorreu há uns anos no Jamor?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:42

O efeito Carrillo (Sporting 1 - Nacional da Madeira 0)

Terça-feira, 22.09.15

z_carrilo2.jpg

Regredindo face ao que foi o início da época, o Sporting exibiu-se em Moscovo muito abaixo do que nos habituou, tendo confirmado ontem, frente ao Nacional da Madeira, que a curva exibicional tende mais para o descendente do que para o ascendente. Como exemplos paradigmáticos dessa preocupante oscilação, aponto o caso de Jefferson, que falhou quase sempre naquilo que melhor faz – os cruzamentos venenosos -, no que foi acompanhado na perfeição por Slimani, rei dos cabeceamentos, que insistiu em fazer festinhas à bola com a testa nas oportunidades que teve para fazer chocalhar as redes. O que mudou nestes dois últimos jogos? Sim, é inevitável falar nisso e fazer essa associação – o caso Carrillo. Se alguém tem dúvidas que este imbróglio pode deitar uma época a perder, aqui ficam 3 razões que justificam que isso seja uma possibilidade:

  1. O efeito directo da ausência de Carrillo na equipa – É o nosso melhor extremo, tem fantasia, remate, capacidade de assistir e cruzar, interpreta quase na perfeição o estilo de jogo que Jesus implementou de trocar entre a linha e o meio do terreno para confundir as defesas adversárias e dar dinamismo ao ataque do Sporting. Gelson é uma grande promessa, mas é ainda um menino com futebol de rua, com todas as vantagens e desvantagens que isso apresenta (JJ diz que Gelson está ainda a aprender a jogar com os colegas – mas para que serviram estes anos de formação e os 40 jogos o ano passado na equipa B???).
  2. O efeito “estão a maltratar um dos nossos” – Carrillo era um jogador querido no seio da equipa. Os laços de amizade criam solidariedade, quando um é atacado os amigos tendem a juntar-se em seu redor. A falta de intensidade e concentração de alguns jogadores nos últimos dois jogos, não poderá ser explicada por isso?
  3. O efeito “se o fazem com ele hoje, amanhã fazem-no comigo” – Um jogador que esteja perto de terminar o contrato vai sentir sempre esta pressão, este receio de passar pelo mesmo. Percebem que as dúvidas sobre o nosso futuro são uma fonte de perturbação importante?

 

Não vou entrar em juízos éticos sobre esta situação, até porque ninguém conhece ao certo todos os contornos da mesma. Concordo que um jogador tenha o direito de definir o seu futuro, mas também defendo que um jogador que foi tão valorizado pelo clube deve saber agir de forma a que o clube seja recompensado por esse investimento e valorização. Diz-se que Carrillo já tinha dito o sim e, sem sabermos porquê, voltou com a palavra atrás. Aqui sim, entramos no campo da ética e do cuidado para não ceder a chantagens de empresários, de clubes abutres e outros que tais. Não tenho a chave para a solução desta caso na mão, quem tem de a ter é a Direcção do Sporting, sob pena de este ciclo negativo se vir a agravar. Vejam lá isso, Bruno e companhia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:04





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog