Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Muito obrigado, Senhor Presidente

Domingo, 08.01.17

FB_IMG_1483824569044.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:42

Um país invariavelmente atrasado

Quarta-feira, 14.12.16

 

z_watch.jpg

 

Estava para aqui a refletir sobre este grande mal lusitano que é chegar atrasado a todo o lado, achar isso muito normal e, das duas uma, ou não ligar pevide a quem esteve à espera e não pedir desculpa, ou apresentar uma qualquer desculpa esfarrapada que por vezes cai pior do que a ausência de desculpa nenhuma. Eu, doente, me confesso. Não chego atrasado e, para não ter desculpas (trânsito, afazeres de última hora, uma nódoa na camisa, etc. e tal) quase sempre chego adiantado a todos os compromissos, reuniões eventos e outros que tais. Estou plenamente convencido que o país não vai melhorar enquanto esta questão não mudar. Acredito que isto é uma questão de educação (pais, educar é dar o exemplo!), que as pessoas continuam a atrasar-se porque não sabem gerir-se, porque este é um maldito hábito entranhado, que faz perder horas, organização, capacidade de ser produtivo. Pode dar-se o caso de ser eu que sou doente, mas era capaz de apostar que neste caso em concreto estou eu certo e o resto do mundo errado.

p.s. – A foto é só para vos dizer que olhar para o relógio pode ser sexy e não é sinónimo de serem uns atormentados burocratas!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:53

Onde há beleza

Sexta-feira, 28.10.16

 

z_chuva.jpg

 

O tempo continua escasso e a inspiração perde-se nos meandros da burrocracia, das urgências sem sentido, da forma de viver e trabalhar que assola e contamina o tão melhor que este país podia ser. Não obstante, todavia, contudo (adoro isto, não sei porquê mas adoro isto) a beleza continua disseminada por cada metro quadrado, por cada punhado de areia que cobre esta terra mítica. Vejamos a beleza, foquemos os nossos olhos no que realmente interessa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 13:41

Os novos bárbaros?

Terça-feira, 11.10.16

 

z_taxi2.jpg

 

Sobre a polémica do momento nada como dar uma no cravo e outra na ferradura. Há taxistas espectaculares, educados, prestáveis, competentes e que dignificam a profissão. Esses são a maior parte das vezes discretos e evitam manifestações. Ora, como é de esperar, os que nos entram pelos écrans a dentro são os broncos, mal enjorcados e pior educados, que acham que descendem de uma casta superior, provavelmente da linhagem de Conan, o Bárbaro. Se já tive um taxista que desligou o taxímetro de madrugada para ficarmos a falar sobre a vida e o futebol depois da corrida, também já tive outros que adormeceram ao volante e outros com quem discuti azedamente por claramente seguirem o caminho mais longo e com mais trânsito. Tive até um que me pediu se lhe podia enrolar um charro enquanto conduzia, que chegou mesmo a retorquir - quando lhe respondi que preferia não ser conduzido por alguém charrado - “ó amigo, deixe-se de merdas, este já é o quinto do dia!”. Que fazer quanto a isto? Não sei, sei apenas que até hoje as Antrais, as associações do sector, o Governo e afins nunca fizeram nada, pelo que sou rapazinho para dizer deixai as Ubers e as Cabifys virem até mim.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 12:00

Da amizade e do vinho

Quarta-feira, 20.07.16

  

0.jpg

 

Ontem foi dia de rever amigos de sempre, de convívio, de orgia gastronómico-vínica com um dos maiores sabedores de vinho do país. A desconfiança que já tinha de que os vinhos portugueses estão hoje por hoje num patamar de qualidade fantástico foi mais do que confirmada por provas inesquecíveis de néctares lusitanos. Apesar da paixão pelo que é nosso, tão único e brilhante, houve ainda espaço para provar alguns néctares dos finalistas derrotados do Euro 2016 e até para beber uma bela pomada proveniente da China. Os pratos que acompanharam o repasto proporcionaram ligações harmoniosas e inesquecíveis, mas o fio condutor de toda esta experiência única, que dá sentido a tudo e que tornará este repasto eterno nas nossas memórias é a amizade sem limites, imune a distâncias longínquas e a tudo o mais. Obrigado amigo B., volta sempre que cá estaremos para te acompanhar nestes penosos trabalhos que carregas sobre os ombros!

 

1.jpg

 

 

2.jpg

 

3.jpg

 

4.jpg

 

5.jpg

 

6.jpg

 

7.jpg

 

8.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:16

Que mundo é este? Que Europa terá de ser a nossa para o enfrentar?

Sexta-feira, 15.07.16

 

nice.jpg

 

Quanto mal será preciso suportar no coração para matar dezenas de inocentes sem um piscar de olhos? Quanto ódio será necessário sentir a uma parcela da humanidade, a um conjunto de valores, a um estilo de vida e de civilização para chacinar impiedosamente pessoas inocentes e crianças? Sabemos que uma sociedade nunca será 100% segura, mas no nosso “mundinho”, na nossa cidade, nos nossos aeroportos, nos nossos estádios, nas nossas casas de espectáculo, no nosso bairro, não era assim que vivíamos há uns anos, a espreitar por cima do ombro, a tentar perceber o que se esconde por detrás daquela cor de pele mais escura ou daquele turbante. Provavelmente nós, portugueses, ainda não vivemos assim neste quase paraíso de segurança, mas vivem os nossos vizinhos e nós quando viajamos. Algo mudou, algo vai ter que mudar e o mundo como hoje o conhecemos não mais será o mesmo. Sabíamos que um dia atingiríamos o limite. Não gosto da política do olho por olho, dente por dente, porque quase sempre isso nos faz descer ao nível que verberamos. Mas algo vai ter que mudar. Deixo aqui este duro texto do Rui Ramos, para início de reflexão:

 

Haverá um momento em que já não chegarão os lugares comuns, a começar pelo mais cansado de todos: o apelo para não fazermos o “jogo dos terroristas”. Haverá um momento em que as vigílias e demais cerimónias do “Je suis” consolarão cada vez menos gente. Haverá um momento em que já quase ninguém terá paciência para mais um exercício de auto-flagelação a propósito da guerra do Iraque de 2003 ou do acolhimento dos imigrantes. Nesse momento, a vida nas sociedades ocidentais, tal como nos habituámos a ela, estará comprometida. Não será possível manter os padrões actuais de liberdade, tolerância e pluralismo numa sociedade sacudida por matanças regulares de cidadãos.”

O texto completo em: http://observador.pt/opiniao/esta-europa-pode-acabar-em-nice/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:12

Obrigado Rui!

Segunda-feira, 11.07.16

  

rui.jpg

 

Há anos que adoro o Rui Patrício. Não só por ser um leão dos sete costados, mas pela sua calma, pela sua elegância a fazer com que defesas difíceis pareçam fáceis, pela sua desarmante humildade e pelo sorriso de menino com que recebe os elogios, como se aquilo não fosse nada consigo. Fica aqui, neste dia de glória para um Portugal merecidamente em festa, o elogio que um amigo lhe dedicou:

 

“O Pepe escorregou, logo o Pepe, o nosso esteio, regressado e recuperado... o Payet aproveitou, logo o Payet, esse nojento, o que nos assassinou o capitão... a bola voou direitinho à cabeça de Griezmann, logo o Griezmann, esse minorca que tanto se agiganta a ponto de já lhe quererem dar uma bola de ouro... e a bola vai a caminho do golo, num arco mirabolante, aparentemente perfeito, a afastar-se do Patrício... logo o nosso São Patrício, o daquele penalty travado... que, afinal, ainda tinha mais milagres guardados na luva esquerda.”

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 09:17

PorTUGAl! PorTUGAl! PorTUGAl! PorTUGAl! PorTUGAl! PorTUGAl! PorTUGAl!

Sexta-feira, 08.07.16

  

tugas.jpg

 

Não jogamos o melhor futebol do mundo nem somos os mais belos à face da terra, mas temos piada, jogo de cintura, somos bons malandros e entoamos serenatas como ninguém. Elas não nos amam por sermos altos, loiros e espadaúdos, são as nossas sobrancelhas farfalhudas e a nossa barriguinha confiável que lhes enchem as medidas. A bola não entra na baliza no momento certo por sermos 100% eficazes, mas sim porque somos teimosos como mulas e água mole em pedra dura tanto bate até que fura ("Tu bates bem, tu bates bem"). Somos tugas com orgulho, navegadores sem destino, atiradores de pólvora seca com o corpo prenhe de ginga. Somos os reis da imperial, do tremoço e do caracol, somos almoçaradas sem horas para acabar, jantaradas até ao sol raiar. Não lhes abrimos a porta com o elegante reclinar de uma vénia, mas quando esta se fecha todos os seus sonhos se concretizam. Somos nós, somos assim, e é assim que vamos ganhar!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 15:08

Estamos na final!!!

Quarta-feira, 06.07.16

IMG_20160706_225123.jpg

 

O melhor em campo hoje não foi o nosso incrível capitão, não foi o menino da Musgueira, muito menos o indomável Pepe que hoje torceu por fora como um louco. Hoje o melhor em campo foi o nosso espírito, a nossa garra, uma fé sem limites, a nossa imbatível capacidade de desenrascanço e infinita resistência ao sofrimento. Hoje o melhor em campo foi a nossa equipa, uma equipa que não joga mais bonito do que outras mas que é mais equipa que todas as outras. Que orgulho, rapazes, que alegria, obrigado! E agora? Agora é ganhar, é o nosso destino, a nossa fé!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:59

Dêem-nos o sonho, rapazes!

Terça-feira, 14.06.16

 

portugal.jpg

 

Sem medo, sem vergonha, de sorriso aberto, com prazer, como quem joga na estrada em frente a casa, o primeiro jogo do dia com os amigos, fome de bola, muita fome de bola, como se este fosse o primeiro e o último jogo das nossas vidas. Fazer felizes os nossos, os vossos, os cá de dentro e os lá de fora, fazer brilhar de felicidade caras lindas como a desta menina, fazer lindas caras geralmente feias de tristes ou de poucos sonhos. Sonhar faz-nos mais bonitos e nós queremos ficar mais bonitos, rapazes! Vamos a eles!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 14:33





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

pesquisar

Pesquisar no Blog