Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Conversa de café

Quarta-feira, 13.01.16

  

jornal.jpg

 

- Bom dia, desculpe incomodá-la.

- O que quer?

- Ehhrr…estava na mesa ali do canto, já há algum tempo, e não pude deixar de observá-la a ler o jornal.

- Não estou a perceber. O que pretende?

- É que…não lhe conseguia ver a cara, e...

- Não me vai contar a velha história do “pareceu-me que a conhecia”, não?

- Não precisa de ser tão dura. Apenas queria vê-la.

- Se você estivesse ali, no seu canto, a ler o jornal descansado, e alguém se lhe dirigisse com essa mesma pretensão, não reagiria você de forma dura?

- Mas eu não estaria ali certamente a ler o jornal de pernas cruzadas, com essas pernas e uma saia tão curta.

- Ah, então isto é tudo porque eu tenho uma saia curta? Nesse caso, a minha cara para o efeito pouco importa, certo? Vá, seja sincero.

- Se quiser classificar-me de tarado, de ordinário ou pior está no seu direito. Não resisti em procurar confirmar aquilo de que não tinha dúvidas: um par de pernas tão perfeitas só poderia pertencer a uma mulher tão bonita.

- Esse tipo de elogios costumam resultar com outras mulheres? Você tem ao menos noção do insultuoso que é para mim saber que há homens que pensam que têm livre acesso a mim, a conhecer-me, só porque eu sou bonita ou podre de boa? Pior – perceber que se dirigem a mim pela simples razão de que o meu físico lhes agrada, marimbando-se se sou inteligente ou burra que nem uma porta, boa pessoa ou má como as cobras?

- Sejamos ambos sinceros. É assim que as coisas funcionam. Hoje, ontem e desde tempos imemoriais. Mulheres feias não são abordadas em cafés.

- E homens interessantes e decentes dificilmente acabam com mulheres bonitas como eu. Já percebeu porque tantas vezes tipos idiotas e giros como você se questionam como é que tanto trambolho minorca consegue sacar gajas tão giras a que vocês não chegam nem em sonhos?

- Já namorei mulheres pouco bonitas, porque quis, não por impossibilidade de conquistar mulheres bonitas.

- Ai sim, e porque não as aborda nos cafés, em vez de me estar aqui a foder o juízo a mim?

- Porque as mulheres menos bonitas não andam pelos cafés a mostrar as pernas quase até ao cu.

- E quando faz sexo com elas, fecha os olhos e pensa na mulher bonita que estava no café?

- Sim, penso, mas tento esquecer-me que ela é impossível de aturar.

- Boa sorte, então. Chamo-me Paula. Não se esqueça de lhe sussurrar o meu nome ao ouvido, quando estiver bem perto do êxtase. Paula, Paula, Paula. Boa, quente e comilona como você nunca vai ter. Paula Paula Paula. Cuidado, não deixe cair o nome quando estiver quase.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 10:19


1 comentário

De Anónimo a 25.09.2018 às 18:36

Fosses gorda melhéri... Estavas safa.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog