Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Da falta de tomates ou de como ser forte com os fracos e fraco com os fortes

Terça-feira, 21.01.14

 

Há hoje uma realidade que, para mal dos nossos pecados, começa a ganhar contornos irrevogáveis neste país (era bom que a irrevogabilidade neste caso concreto tivesse uma consistência PauloPortiana). Falo da atividade de altíssimo risco que é mostrar que se tem tomates (e dos rijos!) e afrontar os poderes instalados para denunciar injustiças. A esse propósito, aqui fica a minha homenagem ao Filipe Nascimento, jogador da equipa B do Benfica e, indiretamente, ao autor do texto infra (http://gordovaiabaliza.blogspot.pt/) sobre a situação de intrincado teor tomatal que em baixo descrevo. O que têm a dizer os 6 milhões sobre isto? Nada, desde que se vá à frente da procissão, os valores e os princípios deixam de servir para coisa alguma. Parabéns Filipe, apesar de tudo.

 

“Jorge Jesus disse numa conferência de imprensa que tanto no plantel A como no B, não há quem chegue aos calcanhares do Matic (o que no caso do Maxi é uma verdade literal).

- Como achou que ainda não tinha feito merda suficiente, foi ainda mais longe: nenhum jogador da formação do Benfica tem qualquer hipótese de ocupar o lugar do Matic. Quer dizer, tem, mas "só nascendo 10 vezes" (whatever that means... coitadinha da Mãe dele).

-  Bernardo Silva (
nota minha, não foi o Bernardo, foi o Filipe Nascimento, mas isso são pormenores), jogador da equipa B e formado no Benfica - quem não se sente não é filho de boa gente - reagiu em modo Séc. XXI, escrevendo o post do ano na sua página de Facebook: "Nasceremos mais 9 vezes se for preciso, ninguém nos rouba o sonho de uma vida".


- O que se passou depois foi uma sucessão de acontecimentos tristes (sobre os quais escreverei já a seguir) que culminou, uns dias mais tarde, num pedido de "desculpas à família benfiquista" por parte do mesmo Bernardo Silva.


Posto isto, vamos por partes:


Primeiro, como posso eu devolver o avo que me pertence deste pedido de desculpas? Eu não o quero para nada. Ele não faz sentido. Na verdade, talvez sejam os benfiquistas quem lhe esteja a dever um agradecimento colectivo. Este episódio é o espelho do nosso país. Um país que não valoriza quem se recusa a calar perante uma injustiça (mesmo que seja verdade e só a ele lhe pareça ser uma injustiça, não interessa, ele pode e deve falar). Como foi que o meu país se transformou num país que não valoriza quem tem tomates?


O Bernardo escreveu o que lhe ia na alma. Porque ele tem "o sonho de uma vida" para cumprir. E falta-lhe muito pouco para o concretizar. O sonho da vida dele é tão legítimo que é exactamente o mesmo que o de todos nós que somos benfiquistas desde pequeninos. Eu gostava que todos os jogadores do benfica, ao ouvir da boca do eventual futuro treinador o que ele ouviu, reagissem da mesma forma. Bem como todos os estagiários de todas as empresas. Que não se calassem. Que dissessem o que tivessem a dizer.


A comunicação social - que quer sangue sobretudo - limitou-se a "ser queixinhas": Jorge Jesus, o que tem a dizer sobre o que aquele menino ali escreveu? E a resposta que eu, enquanto sócio, gostava de te ouvido era qualquer coisa como "o que nós precisamos é de jogadores que pensem assim, com esta mentalidade. Vou estar particularmente atento à sua evolução e o melhor que pode acontecer ao Benfica é ele vir a provar-me que estou errado". Sem ironias.


Este puto devia estar a ser idolatrado mas não, em vez disso foi forçado a "carneirar" (é tão óbvio que não tenho qualquer dúvida) e a apresentar um pedido de desculpas público. Estou mesmo a ver "eh pá pede lá desculpa porque o Jesus ficou a olhar-te de lado. Olha que se não pedires o Presidente encosta-te e manda-te para o Águias da Musgueira". E ele pediu.


Não o julgo, é um puto. A pressão deve ter sido enorme. Mas o que devia ter acontecido era precisamente o contrário. Será que ainda ninguém percebeu que ao escrever aquelas palavras o Bernardo encarnou aquilo que de melhor o "benfiquismo" tem? Ao jogador que demonstra este carácter e esta coragem devia ser dada, imediatamente, a braçadeira de capitão. Porque é precisamente isto que os distingue (aos capitães) dos restantes profissionais de futebol.


Ao longo da minha vida vi isto a acontecer a demasiadas pessoas nos mais diversos ramos de actividade. Em Portugal os jovens, em geral, não são valorizados mas os jovens que se destacam, os jovens que demonstram desde cedo quererem mais, esses são espezinhados e calados o mais depressa possível. Porque são incómodos. Porque são perigosos. Porque nalguns casos roubam protagonismo, noutros põem em cheque o lugar dos superiores, noutros ainda podem tornar evidentes os podres que os seus superiores tentam, com tanto custo, esconder. Este foi só mais um caso.


Mas sabes uma coisa Bernardo? - e isto vai para todos os Bernardos que me estejam a ler - Eles enganaram-te mais uma vez. O pedido de desculpas não muda nada. Pelo contrário. Serão capazes de cinismos impensáveis em cima disso, como fazer entrar o Ivan Cavaleiro 85 e o André Gomes aos 90 minutos de jogo, por exemplo...


Amochar enfraquece-nos sempre e o teu pedido de desculpa pode não chegar sequer para evitar que eles te queimem. Mas uma coisa é certa, aconteça o que acontecer, ganhaste pelo menos O MEU respeito. Porque, como eles tanto gostam de dizer, O BENFICA ÉS TU!”

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:27


2 comentários

De Teresa a 22.01.2014 às 09:50

Pego nas últimas 4 palavras e digo "O Caraças!". Não é. Não foi e nem nunca será.

E à medida que o valor do futebol praticado for menor maior será a cobardia, a falta de ambição que se vê e sente em cada um dos porinhos de quem sabe que é melhor ir comprando uma t-shirt do Eusébio do que guardar a gravata vermelhusca que exibia à segunda-feira.

A história do Bernardo fez-me lembrar o da Sport TV. Lembras-te?

O teu post de ontem e hoje estão relacionados, António. Só que "deste(s) já não há". Somos terra sem ditos e sem amor.

Há umas semanas o Pingo Doce tinha a Pepsi a 50 cêntimos o livro (metade do preço habitual) e mesmo assim não vendia. As virgens ofendidas não compravam. Deixa começar o Mundial e até pedem com gelo até cima e duas rodelas de limão. Com ditos "outro galo cantaria". Mas não há. Alguma vez terá havido?!?!

De bolaseletras a 22.01.2014 às 20:24

O primado do benfiquismo é uma das principais causas da decadência deste país, há muito que o digo. Os valores e princípios que nos últimos anos o clube vem defendendo arrastaram a nação para um local pouco recomendável. E é isto, Teresa;-)

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

pesquisar

Pesquisar no Blog