Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dreaming about being a penguin

Terça-feira, 29.12.15

mr007_2015-12-29_11-00-01.jpg

Não sei se algum dia a ciência poderá elucidar-me sobre uma dúvida que me atormenta desde tenra idade: seremos nós, humanos, seres indubitavelmente superiores aos animais no que à racionalidade e inteligência respeita, mais felizes do que esses seres designados de irracionais? Será que o facto das preocupações dos animais se limitarem à sobrevivência, à obtenção da próxima refeição e ao cumprimento do instinto animal da procriação fará deles menos felizes? A nossa multiplicidade e infinitude de preocupações (a carreira, a roupa certa, o carro na oficina, o último modelo de telemóvel, o colégio perfeito para o miúdo, a pila pequena ou grande, a casa maior do que a do primo, etc., etc., etc.) será que termos o pensamento e o espírito prenhes de inanidades faz de nós seres mais felizes? Pensemos bem - será realmente necessário preocuparmo-nos muito para além de nos mantermos vivos, termos que comer e arranjarmos a companhia certa para fazermos, amor, sexo, para assegurarmos aquele sorriso inimitável depois das estrelas cadentes explodirem todas em uníssono? A inveja que tenho vossa, amigos pinguins.mr007_2015-12-08_12-37-33.jpg

p.s. - Fotografias do artista que se apelida de MR007, no Instagram.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 19:01


1 comentário

De Teresa a 30.12.2015 às 16:28

Recomendo - para esse breve instante antes da corrida ao final: passas ("12, estão doze? têm de ser douze!", gritos "Feliz Ano Novo", pensamentos bons "Saúde, Dinheiro, Sucesso... bolas, será que já "pedi" Saúde???", cueca azul (credo! quão mais irracionais nos conseguirão tornar?! ) - a leitura do Rei Mago da Língua e Alma Portuguesa:

"O Homem Superior

O maior triunfo do homem é quando se convence de que o ridículo é uma cousa sua que existe só para os outros, e, mesmo, sempre que outros queiram. Ele então deixa de importar-se com o ridículo, que, como não está em si, ele não pode matar.

Três cousas tem o homem superior que ensinar-se a esquecer para que possa gozar no perfeito silencio a sua superioridade — o ridiculo, o trabalho e a dedicação. "

Fernando Pessoa - manuscrito

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog