Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Embrulhos, luzinhas e filhozes...STOP! - Olhar para ver

Quinta-feira, 18.12.14

 2005.jpg

E se o Natal tivesse como principal propósito não as prendas, a engorda, as luzes a chamarem o maralhal para as montras do pecado, o desbaste do cada vez mais escasso ou inexistente subsídio da época, mas sim para olharmos para a merda que fizemos ao longo do ano, para os comportamentos idiotas que tivemos para com aqueles que nos amam e amamos, para com colegas e funcionários, para com o tipo da carripana ao lado na fila de trânsito, o homem do talho ou o burocrata por trás do guichet, se olhássemos com o objetivo de ver e não só distrair a vista, se olhássemos para o mal que estamos a fazer a este mundo em que vivemos e às pessoas que connosco o habitam, se focássemos o pensamento que se seguirá a esse olhar atento em fazermos do nosso bairro, da nossa cidade, do nosso país, do mundo, um lugar melhor para os nossos filhos, para o seu futuro? Há quem diga que já assim é, que já se aproveita esta época para tais exercícios de enriquecimento interior, mas desconfio solenemente que as intenções tenham ficado no papel. Em caso de dúvida, meus amigos, toca a executar o plano, OHOHOH!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 17:46


4 comentários

De Teresa a 19.12.2014 às 09:51

Eh lá. Eu não sou do... ok melhor deixar fazerem o luto em silêncio e paz logo...

... todos esses exercícios já faço diariamente. Aliás não consigo entender esta vertente moderna de se transformar o Natal no que não é e daí saltar e atacar o que imaginaram ou criaram.

Porque o Natal é o Aniversário de Jesus. A noite de Natal a noite em que revives o seu nascimento. Por cá com mais frio do que o Menino terá tido mas - para alguns - com melhores condições do que as que Ele Teve. Como há festa há... Festa. Simples. Tudo o que de mundano - e normal, diria eu - sugeres serve para os outros dias. Não neste. Durante o Natal - que como sabes "vai" até à Epifania - há 6 dias para tudo isso e um para se agradecer esse hiatus de, como diz o Salve Raínha, "...Gemendo e Chorando Neste Vale de Lágrimas..."

O que aconteceu nos últimos anos foi "empurrar" Jesus para fora do Natal "Ah, Natal é quando o homem quiser..." "acima de tudo, é a festa da família" (também, mas não só) da mesma forma como se foram empurrando os "velhos" e o que não interessa das festas familiares (convidam-se 120 meninos da escola chic e o aniversariante não sabe que (ainda) tem bisavó atirada num qualquer lar sem nome nem graça).

É (será!) Natal. Que a verdadeira Luz ilumine os corações que gelaram, as filhozes nos aqueçam a alma (há lá coisa melhor do que brigar na véspera de Natal porque insistem em comer as filhozes acabadinhas de fazer (estão em casa, estão connosco ) e venham os embrulhos (porque aquele velhote lá do Bairro agradece que tenhamos ir comprar uma camisola à pressa e ainda fiquemos a dar um dedo de conversa sobre tudo o que vai mal mas que está bem melhor do que todos os outros)

Feliz Natal! Esté é o Plano para já...

Abraço,

Teresa

De bolaseletras a 21.12.2014 às 21:36

É Verdade, Teresa, o Natal já é tudo menos o que realmente é. Feliz Natal´, daquele que realmente interessa, é o que te desejo a ti e a toda a família!

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog