Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Jogámos como nunca...

Domingo, 11.12.16

IMG_20161211_214324.jpg

 

Neste momento é o discurso de Jorge Jesus o que mais me irrita e preocupa. Perdemos mas jogamos sempre melhor, as vicissitudes do jogo, a bola que bate no poste, o árbitro que invariavelmente nos prejudica, blablabla blablabla. Erros de estratégia ou de escolha de jogadores são sempre inexistentes. Não se fala de um Bryan Ruiz completamente fora de forma há muito (como é possível este Campbell não lhe ter ganho a titularidade???), muito menos se fala do porquê de nos 10 minutos finais do jogo, onde o chuveirinho iria imperar, JJ ter optado por tirar Bas Dost. André o baladeiro, o outro moço Ruiz que é mais lento do que eu no auge do meu excesso de peso, esses também devem ser culpa do árbitro. "Jogámos como nunca, perdemos como sempre" - a culpa desta frase assassina é toda tua, Jorge. É com ela que queres ficar na nossa história?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 21:47


1 comentário

De Teresa a 12.12.2016 às 18:26

Cansada de ter razão, de já saber o que vai acontecer, o que se vai dizer e em que termos.
Para este peditório não dou mesmo mais nada. É que já nem quero saber...
E isso é o pior que pode acontecer - para mim - na vida. Em qualquer ângulo da mesma. Quando se desiste. De querer. De gostar. De achar graça. De esperar...
No dia em que toda a gente parece não ouvir o que oiço, de não ver o que eu vejo, de deixar de achar mal aquilo que sempre se achou mal mas que agora só eu parecço achar é o dia em que percebo que eu é que estou mal claramente.
Siga!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.





mais sobre mim

foto do autor


subscrever feeds



Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog