Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



José e Tiago, vejam lá isso (Chelsea 1 - Atlético de Madrid 3)

Quarta-feira, 30.04.14

 

Pergunto-me se naqueles tempos e com aquelas equipas em que ninguém esperava milagres de Mourinho e das suas equipas (vide tempos do Porto e do Inter de Milão), se Mourinho se sentia mais livre para arriscar, menos pressionado pelas expectativas dos adeptos, dos jornalistas, dos presidentes, de toda uma horda que hoje lhe exige, face ao seu estatuto e às glórias alcançadas, nunca menos que vencer tudo. Se com o Real Madrid me parece que o choque de egos entre Mourinho e demasiadas prima donas para o seu gosto (mais que todos, Casillas e o próprio Cristiano Ronaldo) lhe minaram o percurso e o sucesso máximo, neste Chelsea envelhecido e esticado até ao limite Mourinho tentou sempre que a sua sagacidade táctica lhe trouxesse as vitórias que nunca acreditou que a qualidade dos jogadores lhe pudesse pôr no cestinho. Hoje, pressionado pelas circunstâncias e pelo que dele esperavam, Mourinho entrou em campo com 3 centrais, 3 defesas laterais e um médio defensivo. Mesmo que os restantes jogadores convocados não lhe permitissem tentar outra via para passar a eliminatória, custou ver o special one trair assim o futebol que tantas vezes honrou. Este Chelsea precisa de uma pequena revolução, precisa de saber despedir-se daqueles que já lhe deram tudo.

   

Do outro lado, uma equipa à imagem de Simeone, com uma garra sem fim a que junta uma tremenda classe em tudo o que faz. Tiago, um excelente médio polivalente, fez duas magníficas assistências. Sempre simpatizei com este bom rapaz até ao dia em que decidiu abdicar da selecção nacional. Nunca perceberei os jogadores que tomam essa decisão. Independentemente das justificações apresentadas não aceito que se possa renunciar a representar o país, a envergar a camisola do país. Não aceito e não respeito, o escudo e as quinas acima de tudo e de todos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por bolaseletras às 22:23


3 comentários

De Teresa a 30.04.2014 às 23:33

Ontem e hoje ganhou quem trabalhou e lutou em campo.
Os que o tentaram fazer na secretaria, com graçolas de desprezo e desconsideração pessoal e desportiva, perderam. Simples!

Mourinho como Pep acha(va)m-se deuses e não percebem que sem Santos - e mártires da opinião pública, como CR e Messi - não lhes serve de nada.

Ancelotti e Simeone não o querem ser. E a diferença está à vista. Mourinho e Pep perderam a graça. Os outros aceitam-na com a naturalidade de quem nunca será - nem quer ser - deus mas Senhor. Y Lo Són

Uma vez li que durante os internamentos de Tito, Guardiola nunca o visitou. Vi as imagens de "La vida de Tito" e lá estava a foto de um Mourinho no início do seu descarrilamento... Yo no creo en brujas pero....

As prima donnas que acusas da destruição do Mourinho (por cierto quem lhe deu alguma coisa antes do deserto que agora vive) (Oh António ) são os que ele não conseguiu destruir como está a conseguir - e tão bem - no Chelsea.

Porque dizia há umas semanas Pellegrini que um título ao Chelsea seria mau para o futebol, fãs etc? Pela razão que ele trouxe ao Vicente Calderón na primeira mão - quem semeia ventos...


Eu começo a não entender porque tantos ainda continuam na "nossa" Selecção - só se for mesmo pelas Quinas e Escudo...

De Teresa a 01.05.2014 às 00:27

Muito pelo contrário.

Acabaram-os os joguitos e vamos ter futebol a sério. Halla Madrid... Cualquiera

Tanto frisson acaba destruindo The Game. E para isso há o Campeonato Nacional...

Ufa!!! Mais semanas de graçolas bacocas de um Mourinho que virou Fidel Castro - fato de treino incluído - e do impecável Pep eram o suficiente para me fazer virar para o Ténis. Sem som. Ou Matraquilos. Sem óleo

Que Ganhe o Melhor - que ambos foram e são

De bolaseletras a 01.05.2014 às 23:13

O que me preocupa é que este ano nunca mais tiram as patas do Marquês....;-).

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor




Flag counter (desde 15-06-2010)

free counters



links

Best of the best - Imperdíveis

Bola, livres directos & foras de jogo

Favoritos - Segunda vaga

Cool, chique & trendy

Livros, letras & afins

Cinema, fitas & curtas

Radio & Grafonolas

Top disco do Miguelinho

Política, asfixias & liberdades

Justiça & Direito

Media, jornais & pasquins

Fora de portas, estrangeirices & resto do mundo

Mulheres, amor & sexo

Humor, sorrisos & gargalhadas

Tintos, brancos & verdes

Restaurantes, tascas & petiscos

Cartoons, BD e artes várias

Fotografia & olhares

Pais & Filhos


arquivos

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

pesquisar

Pesquisar no Blog